Escolas podem agendar exibições coletivas de documentário ‘Nunca me Sonharam’ gratuitamente por plataforma on-line


Filme provoca reflexão sobre o ensino médio na rede pública no Brasil e conta com a participação da secretária Macaé Evaristo

No próximo dia 8 de junho, o documentário “Nunca me sonharam”, que estreia nos cinemas de São Paulo e Rio de Janeiro, será disponibilizado gratuitamente na plataforma Videocamp. Apresentando um panorama do ensino médio nas escolas públicas do Brasil, o filme poderá ser assistido, até 7 de junho, em primeira mão, por educadores de todo o país que se cadastrarem na plataforma. Além disso, escolas, organizações não governamentais, universidades e outras instituições interessadas em exibir o projeto também já podem fazer o agendamento pela Videocamp.

Foto: Facebook Maria Farinha Filmes.

Foto: Facebook Maria Farinha Filmes.

Dirigido por Cacau Rhoden e produzido por Maria Farinha Filmes e Instituto Unibanco, o documentário percorreu, por dois anos, as cinco regiões do país e traz relatos de estudantes, professores e especialistas em educação, dentre eles a Secretária de Estado de Educação de Minas Gerais, Macaé Evaristo, que fala sobre gestão escolar e juventudes brasileiras. “A minha maior contribuição foi tentar desmistificar uma série de narrativas que buscam desqualificar as escolas públicas e seus profissionais e, também, desfazer uma narrativa de um suposto desinteresse dos jovens pela educação”, conta a secretária.

Macaé foi convidada a participar em 2015, ano em que se iniciaram as ocupações estudantis em São Paulo e que a SEE lançava a campanha Virada Educação Minas Gerais (VEM), que priorizou o diálogo com a juventude por meio de rodas de conversa e o retorno dos estudantes à escola. “No começo da gestão, constatamos uma distorção entre a idade e o ano de escolaridade entre jovens de 15 a 17 anos da rede estadual, e, também, um índice de evasão escolar nessa mesma faixa etária. Neste contexto, a nossa opção foi fazer uma política considerando a participação estudantil, que é importante no processo educativo, pois é preciso reconhecer e valorizar os saberes que eles trazem para o ambiente escolar”, explica.

A Secretária convida a professores, educandos e gestores escolares a assistirem e promoverem, em diversos espaços, exibições do filme, que aborda os desafios do presente, as expectativas para o futuro e os sonhos de quem vive a realidade do Ensino Médio nas escolas públicas. “É um documentário contundente e que chama a atenção do país para a responsabilidade do setor público e da sociedade brasileira para com a juventude. Precisamos aproveitar essa oportunidade para produzir mais reflexões tanto para os jovens quanto para os educadores sobre as suas práticas, pois percebemos que, mesmo em condições adversas, professores, diretores e estudantes estão construindo experiências educativas exitosas, humanistas e formadoras”, destaca.

Para assistirem ao filme antecipadamente, os professores devem acessar o endereço http://www.videocamp.com/nms_educadores e se cadastrarem como educadores. O agendamento para exibição do filme pode ser feito pelo http://www.videocamp.com.

Confira o trailer do filme:

Por William Campos Viegas (ACS/SEEMG)

Fonte: http://www.educacao.mg.gov.br