Arquivo da categoria: NOTÍCIA

SRE de Coronel Fabriciano abre inscrições para cursos do Programa Formação pela Escola


O Programa Formação pela Escola oferece cursos a distância de programas e ações educacionais financiados pelo FNDE.

No período de março a abril de 2020 serão oferecidos os cursos:

“Censo Escolar (Educacenso)”, para Assistentes Técnicos da Educação Básica (ATB), principalmente aos profissionais que trabalham diretamente com o programa.

“Controle Social de Conselheiros”, para membros do Colegiado Escolar.

Atenção!

Para ambos os cursos, todos os servidores e membros da comunidade interessados poderão se inscrever. Sugere-se que as Equipes Diretiva e Pedagógica das escolas também participem.

Para a inscrição, os interessados deverão preencher o formulário acessando o link abaixo até o dia 25/02/2020; deverão aguardar contato para confirmação de matrícula, que será feito posteriormente no e-mail pessoal informado.

Tutora responsável pelo programa na Superintendência Regional de Ensino de Coronel Fabriciano: Flávia Nunes Peron

Superintendência Regional de Ensino de Coronel Fabriciano
Rua Guarapari, 1.163, Bairro Belvedere – Coronel Fabriciano/MG – CEP: 35170-102  

(31) 3841 9486  e  3841 9474

MEC REGULAMENTA REGISTRO E EMISSÃO DE DIPLOMA DIGITAL


O Ministério da Educação publicou em 12/03/2019 a Portaria nº 554, que regulamenta o registro e a emissão de diploma digital pelas instituições de ensino superior que compõem o Sistema Federal de Ensino. Esta é a segunda portaria que trata sobre o diploma digital e visa proporcionar às mais de 2,4 mil instituições o passo a passo para implementar o novo formato. Continuar lendo MEC REGULAMENTA REGISTRO E EMISSÃO DE DIPLOMA DIGITAL

Curso “Currículo Referência de Minas Gerais: conhecê-lo para implementá-lo” está com inscrições abertas


Interessados podem se inscrever até o próximo dia 20/01

A Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG), por meio da Escola de Formação e Desenvolvimento Profissional de Educadores de Minas Gerais, está divulgando nova turma para o curso “Currículo Referência de Minas Gerais: conhecê-lo para implementá-lo ”. Continuar lendo Curso “Currículo Referência de Minas Gerais: conhecê-lo para implementá-lo” está com inscrições abertas

Educação Especial ganha novas diretrizes na rede pública estadual de Minas Gerais


Pela primeira vez, as orientações para normatização e organização da Educação Especial na Perspectiva Inclusiva nas escolas estaduais foram publicadas por meio de resolução

A Educação Especial ofertada pela Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG) ganhou mais força este ano. É que nesta sexta-feira (10/1) foi publicada, no Diário Oficial Minas Gerais, a Resolução SEE n 4.256/2020, que institui as diretrizes para normatização e organização da Educação Especial na rede estadual de ensino. Continuar lendo Educação Especial ganha novas diretrizes na rede pública estadual de Minas Gerais

Publicada resolução que apresenta critérios e diretrizes para a designação 2020 nas escolas estaduais de Minas Gerais


Designação será realizada em duas modalidades: de 18 a 21 de janeiro acontece a designação on-line. Já a presencial será de 22 a 31 do mesmo mês

A Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE) publicou no Diário Oficial desta terça-feira (7/1) a Resolução nº 4.257, que estabelece os critérios e diretrizes para a designação 2020. De acordo com o documento, a designação on-line acontecerá no período de 18 a 21 de janeiro. Já a presencial será de 22 a 31 do mesmo mês.

Participam da designação on-line candidatos às seguintes funções: Professor de Educação Básica – PEB Anos Iniciais Regente de Turma/Eventual e Professor para o Ensino do Uso da Biblioteca; Analista de Educação Básica – AEB; Assistente Técnico de Educação Básica – ATB; Especialista em Educação Básica – EEB e Inspetor Escolar.

A escolha de vagas para a designação on-line será em processo único com a atribuição de vagas realizada em duas etapas. Na primeira, ocorrerá a disponibilização e preenchimento das vagas, de acordo com o Comporta da escola e a manifestação de preferência do candidato. O resultado da primeira rodada será divulgado no dia 28 de janeiro.

Já a segunda etapa ocorrerá quando a vaga ofertada na primeira rodada não for preenchida, em decorrência da não comprovação das informações pelo candidato ou não comparecimento em tempo hábil. Ao servidor designado no processo de designação on-line e dispensado da função, em decorrência de provimento da vaga, será assegurada nova participação na segunda etapa de atribuição de vagas. O resultado da segunda etapa será divulgado no dia 04 de fevereiro.

Designação presencial

A designação presencial será realizada no período de 22 a 31 de janeiro em polos ou micropolos. É responsabilidade das Superintendências Regionais de Ensino (SREs) organizar e gerenciar a designação presencial. Essas vagas serão destinadas para os candidatos às seguintes funções: Professor de Educação Básica – PEB Regente de Aulas e para o Auxiliar de Serviços de Educação Básica – ASB.

As vagas destinadas à designação presencial deverão ser divulgadas, por meio do site controlequadropessoal.educacao.mg.gov.br/divulgacao, de editais afixados na própria escola, na SRE e em locais públicos previamente definidos, com a antecedência mínima de 48 horas do horário previsto para seleção dos candidatos na chamada inicial para designação.

A orientação da Secretaria é que as SREs organizem as designações de modo que um mesmo componente curricular aconteça em horários distintos para que mais candidatos possam participar do processo.

Listagens com a classificação definitiva

As listagens com a classificação definitiva dos candidatos inscritos para participar do processo de designação 2020 podem ser consultadas no site www.designaeducacao.mg.gov.br. A relação com todos os nomes será utilizada para as designações, na modalidade on-line e na modalidade presencial, ao longo de todo ano letivo de 2020.

Fonte: http://www2.educacao.mg.gov.br/ (editado)

MEC investe mais de R$ 300 milhões em escolas com vulnerabilidade social


Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) atende demandas de instituições com carências no abastecimento de água, em acessibilidade e localizadas no campo

Garantia de qualidade de vida a estudantes em vulnerabilidade social. Esse é o objetivo da parte do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) sob o guarda-chuva da Secretaria de Modalidades Especializadas de Educação (Semesp) do Ministério da Educação (MEC). Neste ano, mais de R$ 300 milhões foram destinados para levar água, melhorar a estrutura e a acessibilidade em escolas urbanas e rurais que participam da iniciativa.

Como o próprio nome revela, o programa destina dinheiro diretamente às escolas, sem intermediários. O objetivo da iniciativa é dar assistência financeira às escolas da educação básica das redes estaduais, municipais e do Distrito Federal e às escolas privadas de educação especial mantidas por entidades sem fins lucrativos. Os recursos são investidos em melhoria da infraestrutura física e pedagógica, em reforço da autogestão escolar e em elevação dos índices de desempenho da educação básica.

Cabe à Semesp três modalidades das chamadas ações agregadas do PDDE. A primeira repassa dinheiro a escolas com problemas no abastecimento de água. Neste ano, o governo federal, por meio do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), liberou R$ 32,04 milhões, dinheiro para atender 1.206 escolas, o que representa cerca de 86 mil alunos.

Direcionado às instituições localizadas em áreas rurais, o PDDE Campo teve aporte de R$ 203,89 milhões. Os recursos vão para 19.210 escolas, beneficiando cerca de 2 milhões de alunos.

A terceira modalidade visa tornar as escolas mais acessíveis a pessoas com deficiências físicas. Foram investidos R$ 109,2 milhões neste ano para atender 4.252.915 estudantes.

Na avaliação da secretária de Modalidades Especializadas de Educação, Ilda Peliz, o programa diminui burocracias ao repassar recursos diretamente para a escola. “A dinâmica da iniciativa agiliza o processo. Além disso, proporciona qualidade de vida e dignidade aos alunos”, frisou.

As escolas são escolhidas pelo MEC com base nas informações fornecidas no Censo Escolar, base de dados oficial da educação coordenada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). As instituições precisam se cadastrar no Sistema do PDDE Interativo e, após serem escolhidas, devem fazer um plano de ação em que indiquem quais são melhorias, reparos e reformas necessárias.

É feita uma análise da viabilidade de cada pedido e, assim, o valor é repassado de acordo com o número de alunos. Para que as necessidades sejam atendidas, a escola precisa estar regularizada e possuir prédio próprio.

PDDE Água na Escola – A modalidade prevê a garantia de abastecimento contínuo de água adequada ao consumo. Entre as ações previstas, estão a aquisição de equipamentos, instalações hidráulicas e contratação de mão de obra voltada à construção de poços, cisternas ou outras formas e meios de abastecimento de água.

PDDE Campo – Estes recursos devem ser utilizados na adequação e na benfeitoria da estrutura física das escolas rurais, por meio da contratação de mão de obra para realização de reparos ou pequenas ampliações e cobertura de outras despesas. A escola pode solicitar, por exemplo, consertos no sistema elétrico, paredes, portas, calçamento e telhado.

PDDE Acessibilidade – As escolas participantes utilizam o recurso para tornar mais acessíveis a estrutura física e pedagógica da escola. Com o repasse, é possível solicitar cadeira de rodas, rampas, sanitários, vias de acesso, corrimão, recursos de tecnologia assistida, e sinalização tátil e sonora, por exemplo.

Larissa Lima, do Portal MEC

http://portal.mec.gov.br

Ano letivo na rede estadual de ensino de Minas Gerais começa no dia 10 de fevereiro


A Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG) publicou no Diário Oficial em 19/12 a Resolução nº 4.254/2019 que estabelece o Calendário Escolar 2020. O documento define os procedimentos de ensino, diretrizes administrativas e pedagógicas para a rede estadual de ensino no próximo ano. O Calendário Escolar prevê o mínimo de 200 dias letivos e a carga horária legalmente estabelecida.

De acordo com o documento, o ano escolar na rede estadual, que é quando os professores e demais servidores retomam as atividades, terá início no dia 03 de fevereiro. O ano letivo, que é marcado pelo retorno dos alunos às unidades de ensino, começará no dia 10 de fevereiro. Já o recesso escolar do mês de julho será de 13 a 25. O fim do ano letivo está previsto para o dia 16 de dezembro e do ano escolar para o dia 18 do mesmo mês.

Datas importantes para a organização e gestão das unidades escolares também constam no calendário, como período de duração dos bimestres, de realização dos conselhos de classe e reuniões com os responsáveis, além de datas para lançamento de resultados bimestrais pelos diretores e professores, por exemplo.

Confira aqui o Calendário Escolar 

Continuar lendo Ano letivo na rede estadual de ensino de Minas Gerais começa no dia 10 de fevereiro

Governador e secretária de Educação de Minas Gerais apresentam novo modelo do ensino médio integral


Serão criadas, no próximo ano, 16 mil novas vagas para a educação integral e profissional no estado, com investimentos de R$ 151 milhões

O governador Romeu Zema e a secretária de Educação Julia Sant’Anna presentaram nesta quinta-feira (21/11), no Palácio da Liberdade, o novo modelo do Ensino Médio Integral e Ensino Médio Integral Profissional em Minas Gerais para cerca de 220 alunos da rede estadual de ensino. Os estudantes do 9º ano do ensino fundamental tiveram a oportunidade de discutir sobre mercado de trabalho e o papel da educação integral na vida dos jovens, por meio do seminário “Construindo seu Futuro – Itinerários do Ensino Médio Integral em Minas Gerais”.

Em outubro deste ano, o Governo de Minas anunciou a criação de 16 mil novas vagas, a partir do próximo ano, para a educação integral e profissional no estado, alcançando 281 escolas de todas as regiões mineiras. Ao todo, serão investidos R$ 151 milhões em equipamentos, obras, alimentação e folha de pessoal.

seminario
Foto: Pedro Gontijo / Imprensa MG

Continuar lendo Governador e secretária de Educação de Minas Gerais apresentam novo modelo do ensino médio integral

MEC lança concurso de desenho da Bandeira Nacional para estudantes de escolas públicas


O “1º Concurso Sua Arte no Livro Didático” foi lançado nesta terça-feira, 19 de novembro, no Palácio do Planalto

Os livros didáticos do Ensino Médio de 2021 serão estampados com artes da Bandeira Nacional produzidas por estudantes de escolas públicas. As ilustrações serão escolhidas no “1º Concurso Sua Arte no Livro Didático”, lançado nesta terça-feira, 19 de novembro, no Palácio do Planalto, pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), vinculado ao Ministério da Educação (MEC) e principal financiador da educação básica do Brasil.

As melhores artes da Bandeira Nacional serão impressas na quarta capa dos livros didáticos, que fazem parte do Programa Nacional do Livro e Material Didático (PNLD), responsável pela distribuição de obras didáticas, literárias e pedagógicas para alunos e professores das escolas públicas de educação básica.

Durante a cerimônia de anúncio do concurso, com a presença do presidente da República, Jair Bolsonaro, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, lembrou que o lançamento do concurso coincidiu com a comemoração do Dia da Bandeira. “A bandeira não é um pedaço de pano. […] Ela é um pacto das gerações passadas para levarmos ao futuro e não existe futuro sem educação”, afirmou o ministro.

O presidente do FNDE, Rodrigo Dias, disse que a iniciativa faz parte de mudanças que o governo do presidente Jair Bolsonaro tem realizado por meio do MEC e seu braço executivo, o FNDE. “Esse é mais um motivo de orgulho e motivação para retomar a admiração pela nossa bandeira, a bandeira do Brasil”, afirmou.

Como vai funcionar — Os cinco primeiros colocados no concurso — um de cada região do país — vão ganhar um computador, uma viagem para a cidade de São Paulo para a premiação do concurso que será realizada na Bienal do Internacional do Livro e ainda a inserção da arte no Livro Didático de 2021. Já os cinco segundos colocados — também um de cada região — serão premiados com tablet e viagem para a capital paulista. Os diretores e escolas dos estudantes vencedores recebem uma placa de participação.

Os resultados serão divulgados em 30 de julho de 2020. A cerimônia de premiação será realizada na Bienal do Internacional do Livro.

Inscrição – Os diretores das escolas públicas devem indicar a participação dos alunos do ensino médio, pelo site do FNDE, de 1° de dezembro de 2019 a 17 de abril de 2020.

A Comissão de Avaliação será composta por um aluno da rede pública maior de 12 anos que não esteja participando do concurso, um ilustrador profissional e três representantes do FNDE. Entre os critérios que serão considerados estão criatividade, contemporaneidade, harmonia estética, autenticidade e expressividade.

Larissa Lima e Dyelle Menezes, do Portal MEC

Educadores destacam a importância da participação na consulta pública para a construção do Currículo Referência do Ensino Médio


Versão preliminar do documento foi elaborada em consonância com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e recebe contribuições até 17 de novembro

Até o próximo domingo (17/11), toda a sociedade civil pode participar da construção do Currículo Referência do Ensino Médio de Minas Gerais por meio de uma consulta pública à versão preliminar. O documento foi elaborado por uma equipe de educadores a partir de estudos de currículos vigentes e está em consonância com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

Professor de sociologia há 13 anos, Uriel Mortimer, destaca a importância da participação dos educadores na construção do documento. “Eu vi nessa consulta pública uma oportunidade de apresentar minhas considerações no que se refere à disciplina. Nós, como educadores, precisamos aproveitar esse momento para participar e contribuir”, destaca o educador que dá aula na Escola Estadual Interventor Alcides Lins e na Escola Estadual Padre Augusto Horta, no município de Curvelo.

A professora de Língua Portuguesa e supervisora da Escola Estadual José Caetano Ribeiro, em São Gotardo, Keny de Melo Souza, fala sobre a mobilização que está sendo feita em sua escola para que os professores participem da consulta. “Se queremos mudança temos que colaborar. Não adianta criticar sem contribuir. Já falei com todos os professores da escola sobre a importância de participar. Encaminhei o link e também vamos discutir na nossa reunião de módulo”. A educadora participou na área de Linguagens e suas tecnologias e destacou que “o documento está muito relevante e traz novidades muito interessantes para área”, ressalta Keny.

O professor de sociologia da Escola Estadual Cônego Joaquim Monteiro, em Matias Barbosa, Claudinei dos Santos Lima, pontuou que é importante que os educadores conheçam bem o documento já que, futuramente, estará em sala de aula. “Conhecer o documento é fundamental para que possamos concordar ou sugerir contribuições. É dever de ofício participar dessa construção”.

Consulta Pública

Para participar da consulta pública é necessário realizar um cadastro na plataforma e acessar os links para cada área de conhecimento: Matemática e suas tecnologiasLinguagens e suas tecnologiasCiências Humanas e Sociais Aplicadas e Ciências da Natureza e suas tecnologias.

Os participantes da consulta pública poderão sugerir retirada ou acréscimo de conteúdo. As indicações aditivas deverão ter como objetivo o acréscimo de novas habilidades ou de modificações nos descritores das habilidades. Já as supressivas (parciais ou totais) terão como objetivo sugerir a exclusão de habilidades ou descritores de habilidades, desde que não estejam previstos na BNCC.

A partir das novas contribuições coletadas, será elaborada a versão final a ser encaminhada para validação e normatização no Conselho Estadual de Educação (CEE).

Fonte: http://www2.educacao.mg.gov.br

GUILHERME INFANTE HOJE (13/11) NA ESCOLA ESTADUAL ALBERTO GIOVANNINI


Cartunista mineiro Guilherme Infante fará apresentação aos alunos do ensino médio; evento faz parte do projeto cultural da escola

guilherme infante
Guilherme Infante apresenta na EE Alberto Giovannini. Hoje (13/11), a partir das 8h.               Foto: divulgação escola

 

 

ESCOLA ESTADUAL ALBERTO GIOVANNINI

EndereçoR. Itaparica, 394 – Giovanini, Cel. Fabriciano – MG, 35170-101

MEC lança Sistema Educacional Brasileiro, banco de dados nacional de estudantes


Dispositivo reunirá informações a serem utilizadas para a emissão da carteira ID Estudantil

O Ministério da Educação (MEC) lançou nesta segunda-feira, 21 de outubro, o Sistema Educacional Brasileiro (SEB). Inédita, a iniciativa cria um banco de dados nacional dos estudantes. As informações vão subsidiar a emissão da ID Estudantil, a carteirinha digital ou física gratuita.

A criação do SEB foi formalizada por meio da portaria publicada na edição de hoje do Diário Oficial da União (DOU).

Agora, é a vez das instituições de ensino — da educação básica, profissional e tecnológica e superior — indicarem um representante para abastecer o sistema. Eles prestarão as seguintes informações:

  • dados pessoais do corpo docente e discente dos estabelecimentos de ensino;
  • matrícula e a frequência do aluno;
  • histórico escolar do estudante;
  • e outras informações relacionadas com a formulação, a implementação, a execução, a avaliação e o monitoramento de políticas públicas.

O MEC será o gestor dos dados e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o custodiante.

ID Estudantil – A ID Estudantil deverá conter nome completo, foto recente, número do CPF, data de nascimento do aluno, nível e modalidade de educação e ensino, além do prazo de validade — este, para as carteiras físicas.

As carteiras digitais do MEC, que serão disponibilizadas em lojas virtuais pelo celular, vão valer enquanto o estudante tiver vínculo com a instituição de ensino. As físicas, de outras entidades, serão válidas até 31 de março do ano seguinte.

Manuais – A portaria também cria dois manuais operacionais: um do Sistema Educacional Brasileiro e outro da ID Estudantil. Ambos terão portais na internet com todas as informações.

Guilherme Pera, do Portal MEC

http://portal.mec.gov.br

 

Ensino Médio Integral da rede estadual de Minas Gerais será ampliado e educação profissional ganhará cerca de 13 mil novas vagas


Mais 203 escolas estaduais mineiras terão o ensino médio integral. Em 36 delas será integrado à educação profissional. Secretaria também vai ofertar vagas para cursos técnicos e profissionalizantes

Coletiva-EM-Integral 2
A Secretária de Estado de Educação, Julia Sant’Anna, concedeu entrevista coletiva na tarde desta quarta-feira. Foto: Eric Abreu

No próximo ano, a rede estadual de ensino mineira ampliará a oferta da educação integral para o ensino médio e contará com cerca de 16 mil novas vagas nessa modalidade de ensino. A partir do constante esforço de gestão e organização financeira realizados pela Secretaria de Estado de Educação (SEE/MG), a iniciativa, que até este ano contempla 78 unidades de ensino, será expandida para mais 203 escolas estaduais.

Atualmente, o Ensino Médio Integral atende a cerca de 12 mil alunos de 78 escolas que integram o programa. Com a ampliação, a rede estadual contará, em 2020, com aproximadamente 28 mil estudantes do ensino médio na educação integral, em 281 escolas, contemplando todas as 47 Superintendências Regionais de Ensino (SRE).

“Estamos muito felizes em conseguir fazer esse anúncio de que, efetivamente, agora o estado cria uma política de atenção ao ensino médio, iniciando também uma expressiva expansão do ensino médio de tempo integral. Fortalecendo o aprofundamento pedagógico do aluno e viabilizando escolhas para esse estudante”, afirmou a secretária de Estado de Educação, Julia Sant’Anna.

Com a ampliação de escolas em tempo integral e o aumento da carga horária desses estudantes para 9 horas diárias, Minas Gerais dá mais um importante passo em direção ao que dispõe a legislação do novo ensino médio, determinada pelo governo federal. “O aluno agora, tendo mais tempo de estudar, poderá fazer as escolhas dele que o deixarão mais seguro para o seu futuro imediato. Gerará, também, condições para uma maior empregabilidade com essa expansão das vagas da educação de tempo integral ou integrada à educação profissional”, completou a secretária.

A SEE também reestruturou a Política de Educação Profissional no Estado com a ampliação de vagas e de cursos oferecidos. Serão 13.300 vagas para Cursos Técnicos, de Formação Inicial e Continuada (FIC) e o Normal de Nível Médio.

O investimento total é de, aproximadamente, R$303 milhões, sendo que 50% deste é referente a recursos que estavam parados e não foram utilizados nas gestões passadas. Deste total, R$80 milhões são referentes ao Programa de Fomento às Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral do Ministério da Educação (MEC) que estavam parados no caixa do Estado desde 2017 e outros R$72 milhões, aproximadamente, referentes ao Pronatec. Já R$ 151 milhões são recursos do Governo de Minas.

Ensino Médio Integral Profissional

Do total de escolas contempladas na expansão, 36 ofertarão o ensino médio integrado à educação profissional. Para a definição das escolas, foram priorizadas unidades de ensino com maior vulnerabilidade e municípios sem oferta da educação integral para estudantes do ensino médio. Entre as 78 escolas que já ofertam a educação integral, 7 contam com cursos técnicos no contraturno. Com a ampliação, em 2020 serão 43 escolas com a oferta de Ensino Médio Integral Profissional, com cerca de 5 mil novas vagas. Continuar lendo Ensino Médio Integral da rede estadual de Minas Gerais será ampliado e educação profissional ganhará cerca de 13 mil novas vagas

Minas Gerais apresenta proposta para qualificação profissional


Cerca de R$ 550 milhões do Bolsa Formação estão parados nas contas dos estados

Minas Gerais é a primeira unidade da Federação a propor uma maneira de utilizar recursos do Bolsa Formação sob os moldes do Novos Caminhos. A unidade da Federação será uma das beneficiárias da repactuação de R$ 550 milhões do Bolsa Formação parados nas contas estaduais, um dos principais pontos do programa para educação profissional e tecnológica.

A proposta foi apresentada nesta quinta-feira, 17 de outubro, para o secretário de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação (MEC), Ariosto Culau. Ele reuniu-se com a secretária de Educação de Minas Gerais, Julia Sant’Anna, na sede do MEC, em Brasília.

“Foi feito um trabalho, uma oficina anterior em Minas Gerais, no qual foram identificados os principais setores que demandam a formação profissional e técnica. A ideia é que nós possamos analisar essa proposta que Minas Gerais está nos trazendo e possamos ter, dentro dos prazos que estão previstos para a repactuação, a análise mais rápida possível para que essa oferta possa ser materializada”, afirmou Culau.

Com esse dinheiro, o Ministério da Educação (MEC) prevê a criação de 100 mil vagas em todo o país para a qualificação profissional de jovens e adultos. No lançamento do programa, em 8 de outubro, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, assinou portaria para liberar a repactuação dos recursos.

Segundo a secretária mineira, a medida será importante para alavancar a educação profissional e tecnológica no estado. “Conseguimos organizar esses recursos financeiros dentro da lógica de criação dos cursos de acordo com as perspectivas econômicas dos setores produtivos locais, o que está totalmente em consonância com o programa Novos Caminhos “, disse.

Novos Caminhos – Mais recente programa lançado pelo MEC, o Novos Caminhos visa ao aumento de 80% nas matrículas na educação profissional e tecnológica. O objetivo é aumentar, até 2023, do atual 1,9 milhão para 3,4 milhões — crescimento de 1,5 milhão.

Para isso estão previstas uma série de ações divididas em três eixos: Gestão e Resultados, Articulação e Fortalecimento, e Inovação e Empreendedorismo. As iniciativas vão desde melhorias na regulação da oferta de cursos técnicos, formação de professores bem como a ampliação da oferta de cursos profissionais e técnicos.

Giulliano Fernandes, do Portal MEC

PRODUÇÃO TEXTUAL DE ESTUDANTE DO MUNICÍPIO DE ANTÔNIO DIAS É SEMIFINALISTA DA OLIMPÍADA DE LÍNGUA PORTUGUESA


Artigo de Opinião do estudante Jhonata Lima Roque foi classificado na etapa estadual da Olimpíada de Língua Portuguesa (OLP); professora Elga Christiany Amarante Rangel Campos conduziu os trabalhos na Escola Estadual Vicente Inácio Bispo
Número da Olimpíada de Língua Portuguesa em Minas Gerais:
607 Secretarias Municipais aderiram;
3.563 escolas públicas de Minas Gerais se inscreveram;
7.241 Professores inscritos;
15.431 inscrições nos diferentes gêneros.
Confira o resultado da Comissão Julgadora Estadual, os professores e estudantes que participaram dos textos selecionados para a etapa semifinal da Olimpíada:
Artigo de Opinião:
Professor(a) e Estudante Escola Munícipio
Professora: Alaide Maria de Castro Andrade Oliveira
Aluno: MATEUS GABRIEL CABRAL LOPES
EE LUIZ GONZAGA BASTOS Conselheiro Pena
Professora: Carolina Nassar Gouvêa
Estudante: Ana Paula Comuni
EE PROVEDOR THEOFILO TAVARES PAES Monte Sião
Professora: Elga Christiany Amarante Rangel Campos
Estudante:  JHONATA LIMA ROQUE
ESCOLA ESTADUAL VICENTE INÁCIO BISPO Antônio Dias
Professora: Paloma Carlean de Figueiredo Souza
Estudante: Tainan Gomes Xavier
EE PROFESSORA EDITE GOMES Turmalina
Professora: Rosana Cristina Ferreira Silva
Estudante: Pedro Henrique Oliveira Santos
EE VIRGÍNIO PERILLO Lagoa da Prata
Memórias Literárias
Professora: Lucimar Aparecida Pimenta
Estudante: LUDMILA GABRIELLE CORRÊA
ESCOLA ESTADUAL DOUTOR ADIRON GONCALVES BOAVENTURA Rio Paranaíba
Professora: Roberta Mara Resende
Aluno(a): Tiago Maia de Guadalupe
EE CORONEL XAVIER CHAVES Coronel Xavier Chaves
Professora: Rosa Maria Mendes de Lima
Estudante: LAVINIA SOARES CARDOSO BASTOS
EE DONA INDA Alpinópolis
Professora: SILVANIA PAULINA GOMES TEIXEIRA
Estudante: Daila Geralda Belmiro de Melo
EE Monsenhor Rocha Santa Bárbara do Leste
Professora: THÁBATTA RAMOS CÂNDIDO
Estudante: VALQUÍRIA APARECIDA VALENTIM
EE SEBASTIAO PEREIRA MACHADO Piranguinho
Crônica
Professor(a) e Estudante Escola Munícipio
Professora: Aline Cristina Robadel Nobre
Aluno (a ): Camila Lopes de Aguiar
EE CARLOS NOGUEIRA DA GAMA Reduto
Professora: Claudileny Augusta da Rosa
Estudante: Nathália Heloísa da Silva
EE SECRETARIO OLINTO ORSINI Bueno Brandão
Professora: Eliane Andrade Lage Alves
Estudante: ÁUREA ANDRADE LAGE ALVES
EE PONCIANO PEREIRA DA COSTA Ferros
Professor: José Adalberto de Moura
Estudante: LETÍCIA MACHADO DE OLIVEIRA
EE JOAQUIM NABUCO Divinópolis
Professora: Márcia Cristina de Oliveira Lourenço
Estudante: Miguel Augusto da Silva
EE PADRE JOSÉ ANTÔNIO PANUCCI Conceição da Aparecida
Professora: SILVANIA PAULINA GOMES TEIXEIRA
Estudante: Aytan Belmiro Melo
EE Monsenhor Rocha Santa Bárbara do Leste
Professora: Vanda Ferreira Borges
Estudante: AMANDA LARA SANTOS
EE DOUTOR ADIRON GONCALVES BOAVENTURA Rio Paranaíba
Documentário:
Professor(a) e Estudantes Escola Munícipio
Professora: Maria Cristina de Oliveira Ribeiro
Estudantes: Laura de Almeida Cândido Vargas, Maria Eduarda de Assis Campos e Ana Beatriz Ricardo Silva
EE Adalgisa de Paula Duque Lima Duarte
Professora: Shantynett Souza Ferreira Magalhães Alves
Estudantes:  Aluno(a): Davison Alves Rocha, Steffane Catherine Alves Santos e André Felipe Tolentino da Silva
EE BETANIA TOLENTINO SILVEIRA Espinosa
Professora: Simone de Araújo Valente Ferreira
Estudantes: Jamile Aparecida Santos Dornelas, Pedro Lucas Modesto e Sabrina Heloísa dos Santos
EE Monsenhor Rocha Santa Bárbara do Leste
Professor: WEBER LUIZ RIBEIRO
Estudantes:  HUGO EDUARDO NUNES DA COSTA, WEYDA PHIDELIS MORAES RIBEIRO e RAFAEL FERREIRA DOS SANTOS
EE PADRE CLEMENTE DE MALETO Campos Altos

Fonte: Portal Escrevendo o Futuro

SRE DE CORONEL FABRICIANO E PARCEIROS REALIZAM CERIMÔNIA DE PREMIAÇÃO DOS ESTUDANTES CLASSIFICADOS NO CONCURSO “SEGURANÇA NO TRÂNSITO É DAR SENTIDO À VIDA”


Evento foi realizado nas dependências da Faculdade Doctum em Ipatinga; concurso integra atividades do Movimento Maio Amarelo

3.PNG

Confira a lista de classificados por categoria:

classificação concurso maio amarelo

O concurso literário “Segurança no trânsito é dar sentido à vida” é uma realização da Superintendência Regional de Ensino de Coronel Fabriciano. Participam professores e estudantes das escolas públicas e privadas da circunscrição.

São parceiros:

Faculdades Doctum

Fundação Aperam Acesita

Movimento Trânsito Mais Seguro

Polícia Militar de Minas Gerais – PMMG

Superintendência Regional de Saúde de Coronel Fabriciano – SRS

Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais – DEER/MG

Veja mais fotos:

Continuar lendo SRE DE CORONEL FABRICIANO E PARCEIROS REALIZAM CERIMÔNIA DE PREMIAÇÃO DOS ESTUDANTES CLASSIFICADOS NO CONCURSO “SEGURANÇA NO TRÂNSITO É DAR SENTIDO À VIDA”

CEFET Timóteo realiza English Teaching Conference (EnTeCon) – Vale do Aço


Divulgação – CEFET Timóteo
“Diante de uma sociedade cada vez mais global, diversificada e atravessada por múltiplas construções de sentido, identidades e, por conseguinte, desafios crescentes e cambiantes, o 1º EnTeCon – Vale do Aço busca acolher os professores de Língua Inglesa das escolas públicas municipais e estaduais da região do Vale do Aço e das demais cidades ao redor, propondo um encontro que alinhe teorias e práticas que possibilitam e compõem o nosso fazer docente.
Esse interesse surge devido ao desejo de contribuir e fortalecer os processos de formação continuada desses professores, pois entendemos a importância desses profissionais para a educação pública, gratuita e de qualidade. Fazemos questão, também, da participação de professores de cursos livres e da rede particular para o enriquecimento do diálogo e a expansão das redes de informação conhecimento e compartilhamento.
Nesse evento, serão apresentadas, por meio de palestras e minicursos, atividades práticas embasadas em pesquisas desenvolvidas na área da Linguística Aplicada com o intuito de compartilhar experiências que têm dado certo, discutir novas propostas e oportunizar um espaço para a reflexão crítica, aplicação e (co)criação de novos instrumentos e saberes.
O evento nasce da parceria entre professores pesquisadores das seguintes universidades: Universidade Federal de Lavras (UFLA), Universidade Federal de São João Del Rey (UFSJ), Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Instituto Federal de Minas Gerais (IFMG), Instituto Federal de São Paulo (IFSP) e Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET MG – Timóteo), anfitrião que sediará o encontro. 
As inscrições gratuitas são limitadas e estão disponíveis até o dia 15 de Outubro.”
Link do evento: 
Link das inscrições: 
Assista:

Inep divulga gabarito do Encceja 2019


Os participantes do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) já podem conferir os gabaritos oficiais da edição de 2019. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou em seu portal os cadernos com as respostas na tarde desta terça-feira, 3 de setembro.

A edição de 2019 do Encceja teve recorde de participantes presentes: 1.185.945, aumento de 45% em comparação com 2018. O objetivo do exame é facilitar a obtenção do diploma de ensino fundamental e ensino médio a jovens e adultos que não se formaram na idade adequada. A prova foi aplicada em 25 de agosto, em 613 municípios brasileiros.

A novidade desta edição foi a adição, no caderno de provas, de uma folha destacável para anotar as respostas. Com o acesso ao gabarito, o participante pôde ter uma ideia de desempenho nas provas objetivas. O resultado oficial, incluindo a nota da redação, só será divulgado em dezembro.

Exame – Para participar do exame o candidato precisa ter 15 anos completos no dia da prova, no caso de querer o certificado do ensino fundamental. Para o médio, a idade mínima é de 18 anos. O exame é aplicado pelo Inep, também responsável por encaminhar os resultados individuais às instituições certificadoras.

Certificado – As 27 secretarias estaduais de educação são responsáveis por emitir os certificados de conclusão do ensino fundamental e do ensino médio. Se o participante não atingir a pontuação mínima em alguma área de conhecimento, pode requerer a Declaração Parcial de Proficiência, sempre junto aos certificadores. Alguns Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia também assinaram o Termo de Adesão ao Encceja para certificação apenas para o ensino médio.

Exterior e PPL – Para brasileiros que moram fora do Brasil há o Encceja Exterior. O exame está confirmado para 15 de setembro. Para residentes no exterior que estão privados de liberdade ou cumprem medidas socioeducativas, o Encceja Exterior Para Pessoas Privadas de Liberdade (PPL) será aplicado entre 16 e 27 de setembro. No Brasil, o Encceja PPL ocorrerá em 8 e 9 de outubro.

Leia o edital do Encceja 2019

Saiba mais sobre o Encceja

Assessoria de Comunicação Social do MEC, com informações do Inep

Disponível em:http://portal.mec.gov.br

Desafio Inova Escola anuncia prorrogação das inscrições


Ótima notícia para os educadores que desejam repensar a prática, o currículo, os tempos, os espaços e/ou as relações em sua escola. O Desafio Inova Escola prorrogou as inscrições até o dia 26 de agosto.

Significa que ainda há tempo para você formar e inscrever a sua equipe com 02 a 08 educadores para participar de uma Trilha Formativa on-line e gratuita. Nesta formação, serão apresentadas ferramentas que o auxiliarão a construir um plano de inovação para a sua escola. O processo formativo inclui elementos como a escuta e a participação da comunidade escolar, entre outros conteúdos relevantes.

E mais: os melhores planos de inovação serão premiados em nível nacional!

Você participa do Desafio Inova Escola e quem ganha é a comunidade escolar!

Dúvidas sobre o Desafio?

Equipe Desafio Inova Escola

SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DE MINAS GERAIS PUBLICA “MANUAL DE CONDUTA NAS REDES SOCIAIS”


Elaborado pela Assessoria de Comunicação Social da Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE), o Manual de Conduta nas Redes Sociais orienta a conduta de gestores da educação, responsáveis por alimentar as redes sociais das escolas, superintendências regionais de ensino e demais instituições. Visa também o uso adequado de informações e posicionamentos no universo da internet, bem como os seus impactos no cotidiano da gestão pública.

Tudo o que é postado, comentado, curtido e compartilhado reflete a imagem institucional do governo e exige cuidados e esforços para dar o foco adequado ao que é positivo, além de evitar exposições desnecessárias. O entendimento de que cada escola/superintendência faz parte de uma estrutura maior (SEE), com eixos estratégicos, missão e valores próprios, é fundamental para a construção de uma imagem sólida da educação pública mineira.

Fonte: Manual de Conduta nas Redes Sociais SEEMG 2019

Acesse o documento:

MANUAL DE CONDUTA NAS REDES SOCIAIS – SEEMG – 2019

 

Educadores do Vale do Aço participam de encontro para discutir o Currículo Referência Minas Gerais


Ação é promovida pela “Agenda de Convergência do Vale do Aço – Eixo Educação”, que conta com a participação SER de Coronel Fabriciano

Professores, gestores e especialistas dos 11 municípios que compõem a Superintendência Regional de Ensino (SRE) de Coronel Fabriciano participaram, nesta quarta-feira (10/7), de encontro promovido pela “Agenda de Convergência do Vale do Aço – Eixo Educação”.

Com o tema “Currículo Na Prática”, o encontro é uma das iniciativas para formação de professores para implementação do Currículo Referência de Minas Gerais. Ele reúne a SRE, a Secretaria de Governança Educacional de Coronel Fabriciano, Secretaria Municipal de Educação de Ipatinga, Secretaria Municipal de Educação de Timóteo e a Faculdade Unileste.

“Estamos trabalhando para instrumentalizar nossos educadores para a implementação do currículo. É uma ação articulada entre as diferentes redes e que está em consonância com o que é proposto pela Secretaria de Estado de Educação”, destaca a Superintendente Regional de Ensino, Edvânia de Lana Morais de Andrade. A reunião aconteceu em Timóteo, no Vale do Aço.

coronelfabriciano
Foto: Divulgação SRE Coronel Fabriciano

Vice-diretora da Escola Estadual Dom Helvécio, no município de Itatinga, Rachel da Silva Ramalho, foi uma das participantes do encontro e conta como sua escola está se apropriando do Currículo Referência Minas Gerais. “Estamos estudando o conteúdo a fundo. O Currículo trouxe a inovação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), mas muitas coisas já existiam e outras foram aprimoradas. O nosso objetivo é compreendê-lo e torná-lo ativo na nossa escola”, conta. A unidade atende 780 alunos dos anos iniciais e finais do ensino fundamental.

Currículo
Currículo Referência de Minas Gerais é resultado de um ano de intenso trabalho em regime de colaboração entre a SEE e a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação, Seccional Minas Gerais (Undime-MG). Ele foi homologado no final do ano passado.

O documento foi elaborado a partir da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e é o resultado da revisão dos currículos de todas as redes educacionais mineiras. O ano de 2019 será de transição e dedicado à formação dos profissionais da educação e estudo do Currículo Referência. Já em 2020 ele estará efetivamente nas escolas.

Fonte: http://www.educacao.mg.gov.br

 

IFMG abre processo seletivo de estagiários para o campus de Ipatinga


foto ifmg

IFMG Campus Avançado Ipatinga está com o processo seletivo aberto para seleção de estagiário na área Administrativa. A seleção está regida pelo Edital nº 003/2019. O período de inscrições vai até 01/07/2019. 

Os candidatos deverão estar matriculados e frequentes no curso de Graduação, referentes as áreas de conhecimento abaixo:

Sistemas de informação: Graduação em Sistemas de Informação, Licenciatura em Computação, Engenharia da Computação, Ciência da Computação ou cursos de graduação em áreas afins. (a partir do 2º período).

Administração:  Graduação em Administração, Tecnologia em Processos Gerenciais, Tecnologia em Gestão Pública, Engenharia de Produção, Administração Pública, Ciências Contábeis ou cursos de graduação em áreas afins. (a partir do 2º período).

Mais informações podem ser consultadas na página da Instituição:

www.ifmg.edu.br/portal/concursos

DIVEP ENCERRA 1º CICLO DE ESTUDOS SOBRE O CURRÍCULO REFERÊNCIA DE MINAS GERAIS


Analistas da Divep discutem os vídeos do I Ciclo de Webconferências do Currículo Referência de Minas Gerais, com ênfase no conjunto de competências e habilidades dos componentes curriculares do ensino fundamental e da educação infantil. Os trabalhos se encerraram nessa segunda-feira, 17/6 (veja fotos).

Dando prosseguimento às Trilhas Formativas, a equipe já se mobiliza para iniciar as discussões do II Ciclo de Webconferências iniciado no dia 13.

O objetivo das webconferências é introduzir o Currículo Referência de Minas aos profissionais da educação, entender as principais demandas das redes e oferecer um panorama de como se dará a frente de formação continuada ao longo do ano de 2019, considerado o ano de transição para implantação do novo currículo. O ProBNCC prevê um percurso formativo aos profissionais que atuam na educação infantil e no ensino fundamental, também preparando-os para a reelaboração do Projeto Político Pedagógico da escola e formulação de planos de aula para 2020.

As Webconferências ficarão gravadas e poderão ser assistidas novamente através dos links e do nosso novo site:

https://curriculoreferencia.educacao.mg.gov.br

LOGOTIPO CURRÍCULO REFERENCIA

I CICLO DE ESTUDOS – DIVEP (fotos de encerramento)

 

Educação profissional terá mais de 5,4 mil novas vagas no segundo semestre de 2019 em Minas Gerais


Secretaria de Estado de Educação ofertará as oportunidades em 106 escolas estaduais distribuídas pelas 47 Superintendências Regionais de Ensino; na regional de Coronel Fabriciano são mais 80 vagas 

A Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE) vai ofertar, a partir do mês de julho, 5.480 novas vagas na Rede Estadual de Educação Profissional. Para concorrer às vagas, o candidato deverá realizar sua inscrição na escola estadual onde será ofertado o curso de seu interesse. Podem participar estudantes ou demais membros da comunidade escolar. As aulas terão início no dia 29 de julho.

Podem participar estudantes que estão matriculados a partir do 1° ano do ensino médio, incluindo a Educação de Jovens e Adultos (EJA) na rede pública estadual ou, ainda, os estudantes que concluíram essa modalidade de ensino ou equivalente. Continuar lendo Educação profissional terá mais de 5,4 mil novas vagas no segundo semestre de 2019 em Minas Gerais

BOLETIM SEMANAL – PORTAL ESCREVENDO O FUTURO


13/05/2019

Último dia para inscrição na Olimpíada de Língua Portuguesa

Professores têm apenas até hoje, 13/05, segunda-feira, para fazer sua inscrição na 6ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa. Inscreva-se já!

➜ Saiba mais


Confira sua inscrição na Olimpíada de Língua Portuguesa

No “Mapa das inscrições”, basta clicar em seu estado, selecionar a lista de professores inscritos no seu município e encontrar seu nome.

➜ Saiba mais

Olimpíada de Língua Portuguesa é divulgada em todo o Brasil

Encontros de divulgação continuam acontecendo em todas as regiões, com participação de professores, estudantes e gestores.

➜ Saiba mais

Memórias literárias: por um aprendizado lúdico

Em diálogo com professora de Alagoas, Olímpia propõe a exploração de atividades do Caderno virtual “Se bem me lembro”.

➜ Saiba mais

WWW.ESCREVENDOOFUTURO.ORG.BR

Abertas as inscrições para o Prêmio Professores do Brasil


Educadores podem inscrever até 31 de maio

Estão abertas as inscrições para o 12º Prêmio Professores do Brasil. Podem participar professores da educação básica da rede pública de todo o país. A premiação nacional será em novembro e os interessados podem se inscrever até o dia 31 de maio, pelo site www.premioprofessoresdobrasil.mec.gov.br.

O prêmio é uma iniciativa do Ministério da Educação (MEC) e instituições parceiras, e tem o objetivo de reconhecer, divulgar e destacar o trabalho de professores das mais de 140 mil escolas públicas de todo o país, que contribuem para a melhoria dos processos de ensino e aprendizagem desenvolvidos nas salas de aula. Além disso, procura dar visibilidade às boas experiências pedagógicas conduzidas pelos professores, oferecer uma reflexão sobre a prática pedagógica e orientar a sistematização de experiências educacionais.

A iniciativa também procura estimular a participação dos professores como sujeitos ativos na implementação do Plano Nacional de Educação (PNE) e da Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Para se inscrever, os professores devem enviar um relato da prática pedagógica desenvolvida com seus alunos.

O Professores do Brasil é dividido em três etapas: estadual, regional e nacional. Os participantes vão concorrer nas categorias creche e educação infantil; pré-escola e educação infantil; ciclo de alfabetização primeiro, segundo e terceiro anos; anos iniciais do ensino fundamental; quarto e quinto anos; anos finais do ensino fundamental; sexto ao nono ano, e ensino médio. A expectativa é receber aproximadamente 4,6 mil inscrições.

Vencedores

Serão seis premiados na etapa nacional – um de cada categoria. Cada um receberá, além dos R$ 5 mil da premiação regional e uma medalha, mais R$ 8 mil e troféu. Para os 6 premiados regionais do ensino médio, uma viagem. Na etapa estadual serão 486 agraciados com certificados e medalhas.

Além das categorias gerais, os professores podem concorrer em uma das cinco temáticas especiais: esporte como estratégia de aprendizagem; uso de tecnologias de informação e comunicação no processo de inovação educacional; boas práticas no uso de linguagens de mídia para as diferentes áreas do conhecimento no ensino fundamental e médio; práticas inovadoras de educação científica, e educação empreendedora. A premiação para as temáticas especiais inclui R$ 5 mil para os professores vencedores, viagens e participação na programação da TV Escola.

A novidade este ano é que os professores vencedores da edição anterior não poderão participar. O objetivo é permitir que eles se dediquem aos estudos durante a viagem de premiação, além de dar a oportunidade para outros professores.

Fonte: Ministério da Educação

Disponível em: http://www.educacao.mg.gov.br

ESTUDANTE DE 10 ANOS LANÇA LIVRO EM CORONEL FABRICIANO


livro

Luíza Faria Beraldino, adorável criança de 10 anos, lança no dia 11 de maio o livro de história infantil “O Mundo ao redor do Caracol” (Editora DaVinci). A manhã de autógrafos será realizada na Escola Estadual Professor Francisco Letro, em Coronel Fabriciano, instituição de ensino fundamental em que autora mirim está matriculada. 

“O Mundo ao Redor do Caracol” foi escrito e ilustrado pela jovem estreante em 2018. Em 30 páginas de deliciosa leitura, a autora nos leva à reflexão sobre o modo de vida apressado das pessoas e como, de forma oposta, o caracol é lento, mas, determinado.

Luíza Faria Beraldino tem 10 anos e nasceu em 3 de janeiro de 2009, em Ipatinga/MG. É filha de Graziela Pereira Faria e André Beraldino. Luzia estuda no 5º ano do ensino fundamental.

Capturar livro 1
Luíza, autografando o seu livro para doação à biblioteca da DIVEP; ao seu lado, Elis Regina, Analista da SRE e sua mãe, Graziela.
Capturar 3
Elis Regina, Luíza e Rosane Dutra, Supervisora da DIVEP.

EE Professor Francisco Letro

EndereçoR. Nova Almeida, 90 – Giovanini, Cel. Fabriciano – MG

 

Prêmio Professores do Brasil recebe inscrições para as experiências de sucesso nas escolas


Estão abertas as inscrições para o 12º Prêmio Professores do Brasil. O anúncio foi feito durante solenidade realizada no Ministério da Educação nesta segunda-feira, 15, em Brasília. Podem participar professores da educação básica da rede pública de todo o país. A premiação nacional será em novembro e os interessados podem se inscrever até o dia 31 de maio pela internet.

O prêmio é uma iniciativa do MEC e instituições parceiras, e tem o objetivo de reconhecer, divulgar e destacar o trabalho de professores das mais de 140 mil escolas públicas de todo o país, que contribuem para a melhoria dos processos de ensino e aprendizagem desenvolvidos nas salas de aula. Além disso, procura dar visibilidade às boas experiências pedagógicas conduzidas pelos professores, oferecer uma reflexão sobre a prática pedagógica e orientar a sistematização de experiências educacionais.

O prêmio também procura estimular a participação dos professores como sujeitos ativos na implementação do Plano Nacional de Educação (PNE) e da Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Para se inscrever, os professores devem enviar um relato da prática pedagógica desenvolvida com seus alunos.

O Prêmio Professores do Brasil é dividido em três etapas: estadual, regional e nacional. Os participantes vão concorrer nas categorias creche e educação infantil; pré-escola e educação infantil; ciclo de alfabetização primeiro, segundo e terceiro anos; anos iniciais do ensino fundamental; quarto e quinto anos; anos finais do ensino fundamental; sexto ao nono ano, e ensino médio. A expectativa é receber aproximadamente 4,6 mil inscrições.

“A cada ano o prêmio tem evoluído para acompanhar as necessidades de acesso à informação dos professores, de efetividade das escolas públicas e de visibilidade dos resultados que são tangíveis na aprendizagem dos alunos. Certamente, o compartilhamento das práticas educativas, possibilitadas pelas informações trazidas pelo prêmio, trará mais conhecimento aos professores, contribuindo para a melhoria do ensino e aprendizagem”, ressalta o secretário de Alfabetização do MEC, Carlos Nadalim.

Vencedores – Serão seis premiados na etapa nacional – um de cada categoria. Cada um receberá, além dos R$ 5 mil da premiação regional e uma medalha, mais R$ 8 mil e troféu. Para os 6 premiados regionais do ensino médio, uma viagem. Na etapa estadual serão 486 agraciados com certificados e medalhas.

Além das categorias gerais, os professores podem concorrer em uma das cinco temáticas especiais: esporte como estratégia de aprendizagem; uso de tecnologias de informação e comunicação no processo de inovação educacional; boas práticas no uso de linguagens de mídia para as diferentes áreas do conhecimento no ensino fundamental e médio; práticas inovadoras de educação científica, e educação empreendedora. A premiação para as temáticas especiais inclui R$ 5 mil para os professores vencedores, viagens e participação na programação da TV Escola.

A novidade este ano é que os professores vencedores da edição anterior não poderão participar. O objetivo é permitir que eles se dediquem aos estudos durante a viagem de premiação, além de dar a oportunidade para outros professores.

“É um divisor de águas na vida do professor. Aquele profissional que ganha o prêmio ganha muito mais. Ele vai além”, define Mara Ewbank, coordenadora geral de valorização, saúde e bem-estar dos profissionais da educação do MEC.

Incentivo – Umas das vencedoras da edição do ano passado, a professora Vandete Pereira Lima, da Escola Classe 08 Cruzeiro, no Distrito Federal, acredita que o prêmio é um incentivo aos professores. “Iniciativas como essa valorizam o nosso trabalho. O prêmio Professores do Brasil é uma vitrine de projetos bem-sucedidos. Temos a oportunidade, através do prêmio, de divulgar essas ideias e de colocar para outros professores que as ideias que você tem em sala de aula podem ser maravilhosas. Mas a única maneira de divulgar é participar de uma iniciativa como essa”, afirma.

Ela desenvolveu o projeto Uma mensagem para você, de alfabetização utilizando o Whatsapp. “Eu brinco com as crianças de mandar mensagens de WhatsApp. É isso que os motiva para ler e escrever. Foi um salto maravilhoso. As crianças precisam estar motivadas para aprender. E os resultados foram estupendos”, conta.

Confira o regulamento do prêmio

Inscreva-se no Prêmio Professores do Brasil

Assessoria de Comunicação Social do MEC

Municípios da circunscrição da Superintendência Regional de Ensino de Coronel Fabriciano confirmam sua adesão à 6ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa (OLP)


Confira os representantes municipais:

Município

Secretário(a)

Representante

Antônio Dias JOÃO SOARES BATISTA SANDRA CRISTINA SILVA
Belo Oriente Lilian de Lima Carvalho dos Anjos Tatiana Ferreira de Oliveira
Braúnas Selene Maria de Miranda Maria Aparecida de França Pinho
Coronel Fabriciano CARLOS ALBERTO SERRA NEGRA Neuza Oliveira Viana
Ipatinga Eva Sônia Rodrigues Silva Maria do Carmo Rocha Matos
Jaguaraçu ELIANE SOARES DIAS Gisele Aparecida Teodoro
Joanésia NIVALDO PAULO DA SILVEIRA MARIA DE LOURDES DA SILVA ALVARENGA
Marliéria Orli Moreira Araújo Castro VALÉRIA BORGES DE CASTRO
Mesquita LIDIANE ANDRADE SILVA MAIA Cristiane Aparecida da Silva Amorim Queiroga
Santana do Paraíso MARIA LENICE DE OLIVEIRA SÁ RITA DE CASSIA CERQUEIRA SANTANA
Timóteo Jose Vespasiano Cassemiro Sirlaine Aparecida Castro Araújo

Confira as escolas da SRE de Coronel Fabriciano inscritas até o momento:

https://olimpiada.escrevendoofuturo.org.br/mapa/escolas_inscritas_detalhe.php

Confira os municípios mineiros que já aderiram à OLP (posição em 15/04/2019 às 09h36min):

https://olimpiada.escrevendoofuturo.org.br/mapa/municipios_aderiram.php?gera=pdf&uf=MG&ajax=true

Fonte: Portal Escrevendo o Futuro

PREFEITURA DE SANTANA DO PARAÍSO E SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DE ENSINO DE CORONEL FABRICIANO APOIAM CONTINUIDADE DO PROJETO UBUNTU/NUPEAAS “TERREIRO E ANCESTRALIDADE”


Programa de Iniciação Científica desenvolvido na Escola Estadual Joaquim Eliziário da Silva integra ações do Núcleo de Pesquisas e Estudos Africanos, Afrobrasileiros e da Diáspora (Ubuntu/Nupeaas) 

ubuntu 3

Em reunião na sede da prefeitura de Santana do Paraíso, dia 02/4, representantes da escola, da SRE de Coronel Fabriciano e da Secretaria Municipal de Educação e Cultura foram recebidos pela prefeita Luzia de Melo. Naquela oportunidade, foram discutidas as condições necessárias à continuidade do projeto “Terreiro e Ancestralidade”, sua importância para a escola e como os dados resultantes da pesquisa podem contribuir para a formulação de políticas públicas de inclusão da população de descendência africana do município.

No encontro, registrou-se a presença da diretora da SRE de Coronel Fabriciano, Edvania Andrade e da equipe de ensino médio da DIVEP. Participaram também Maria Lenice Sá, da seção de Educação do município e Thaysler Cruz, da Cultura. Ainda presentes, a diretora da EE Joaquim Eliziário da Silva, Maria das Neves e Willian Godoi, professor coordenador do projeto.

 “Terreiro e Ancestralidade” – Projeto UBUNTU/NUPEAAS 2019

Iniciativa da Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE), o Programa de Iniciação Científica no Ensino Médio, no eixo Núcleos de Pesquisas e Estudos Africanos, Afro-Brasileiros e da Diáspora (UBUNTU/NUPEAAS), selecionou projetos de 94 escolas estaduais mineiras para desenvolvimento de ações pedagógicas e desenvolvimento de metodologia de pesquisa na área. Continuar lendo PREFEITURA DE SANTANA DO PARAÍSO E SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DE ENSINO DE CORONEL FABRICIANO APOIAM CONTINUIDADE DO PROJETO UBUNTU/NUPEAAS “TERREIRO E ANCESTRALIDADE”

SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DE ENSINO DE CORONEL FABRICIANO AGENDA 2ª REUNIÃO COM DIRETORES E ESPECIALISTAS EM EDUCAÇÃO BÁSICA


Estão na pauta de reuniões a construção dos Itinerários Avaliativos de Minas Gerais e a reformulação do Projeto Político Pedagógico das escolas estaduais

Lançado em sua 2ª edição pela Secretaria de Estado de Educação (SEE), os Itinerários Avaliativos compõem o Programa de Desenvolvimento Profissional de Gestores das Escolas do Estado de Minas Gerais. As páginas de acesso foram disponibilizadas às escolas no dia 18 de março. Para visualização e preenchimento dos formulários basta acessar o endereço eletrônico: http://itinerariosmg.caeddigital.net .

Conheça o Programa:

Documento Orientador para Escolas Estaduais – Itinerários Avaliativos 2019

Ofício Circular SB-SAE-DAAP nº 01-2019

Assista ao vídeo:

Confira o cronograma de reuniões:

Polo Coronel Fabriciano (Escolas Estaduais de Coronel Fabriciano)

 

Data

Horário

Local

Especialistas do turno matutino

21/03

 (Quinta-feira)

das 7h30 às 11h30

Polo Universitário Estácio de Sá

Rua São José, 42  Bairro Santo Elói Coronel FabricianoPróximo ao Supermercado Bretas do distrito de Melo Viana)
Especialistas do turno vespertino

 

21/03

 (Quinta-feira)  

das 13h às 17h

Especialistas do noturno e Diretores

21/03

 (Quinta-feira)  

das 7h30 às 11h30 ou das 13h às 17h

Polo Timóteo (Escolas Estaduais de Antônio Dias, Jaguaraçu, Marliéria e Timóteo)

 

Data

Horário

Local

Especialistas do turno matutino

21/03

(Quinta-feira)

das 7h30 às 11h30

EE Antônio Silva

Rua Dezenove de Novembro, 321  Centro – Timóteo

Especialistas do turno vespertino

 

21/03

(Quinta-feira)  

das 13h às 17h

Especialistas do noturno e Diretores

21/03

(Quinta-feira)  

das 7h30 às 11h30 ou das 13h às 17h

Polo Ipatinga (Escolas Estaduais de Belo Oriente, Ipatinga e Santana do Paraíso)

 

Data

Horário

Local

Especialistas do turno matutino

21/03

(Quinta-feira)

das 7h30 às 11h30

FACULDADE FADIPA

Rua João Patrício Araújo, 195 – Bairro Veneza, Ipatinga

Próximo à Churrascaria Encantado do bairro Veneza

Especialistas do turno vespertino

 

21/03

(Quinta-feira)  

das 13h às 17h

Especialistas do noturno e Diretores

21/03

(Quinta-feira)  

das 7h30 às 11h30 ou das 13h às 17h

Polo Joanésia (Escolas Estaduais de Braúnas, Joanésia e Mesquita)

 

Data

Horário

Local

Especialistas do turno matutino

27/03

 (Quarta-feira)

das 8h às 12h

EE Professor Antônio Marciano

Rua Deusdedit Assis Morais, s/n Joanésia

Especialistas do turno vespertino

 

27/03

 (Quarta-feira)  

das 13h às 17h

Especialistas do noturno e Diretores

27/03

 (Quarta-feira)  

das 8h às 12h ou das 13h às 17h

Com informações da Divisão de Equipe Pedagógica

Inep libera espelhos da redação do Enem 2018


Os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 já podem ter acesso à correção da redação para fins pedagógicos. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio (Inep) divulgou na manhã de hoje (19) os espelhos da redação na Página do Participante do exame.

Com o espelho, os estudantes podem conferir o que erraram e o que acertaram na prova. A correção tem função apenas pedagógica e não é possível interpor recurso. O tema da edição do ano passado foi Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet.

Na última edição, ao todo, 55 candidatos obtiveram a nota máxima, 1 mil, e 112.559, o equivalente a 2,73% dos candidatos, zeraram a prova de redação.

Treineiros

O Inep divulgou também nesta terça-feira (19), as notas em todas as provas do Enem dos treineiros, ou seja, participantes que não concluíram o ensino médio e eram menores de 18 anos quando foram aplicadas as provas. Como esses resultados não podem ser usados para acesso à educação superior, são tradicionalmente divulgados 60 dias depois dos resultados dos participantes regulares. Dos 6.731.203 inscritos para o Enem 2017, 8,9% eram treineiros.

Enem 2019

Neste ano, o Enem será aplicado nos dias 3 e 10 de novembro. As inscrições estarão abertas de 6 a 17 de maio. Entre 1º e 10 de abril, os estudantes poderão pedir isenção da taxa de inscrição. Nesse mesmo período, o Inep vai receber as justificativas dos que faltaram às provas em 2018.

Edição: Fernando Fraga
Fonte: Agência Brasil

 

SALA VERDE NAS ÁGUAS DO IPANEMA – IPATINGA


Espaço de educação ambiental está aberto à visitação; agendamento pode ser feito no Instituto Interagir

51489733_2403627919648269_5268092578119382457_n

Localizada no povoado rural de Ipaneminha, em Ipatinga, a Sala Verde está com agenda aberta para visitação de estudantes. O agendamento pode ser feito para estudantes de todos os níveis. Na sala verde estudantes e professores podem ter contato com informações acerca da biodiversidade local, maquete educativa, animais taxidermizados, estudo das nascentes em Ipatinga, a história do Congado do Ipaneminha e participar de atividades lúdicas.

A Sala Verde Águas do Ipanema foi implantada em Ipatinga graças a parcerias. Com o objetivo de incentivar a criação de espaços socioambientais para atuarem como centros de informação e formação ambiental, o Departamento de Educação do Ministério do Meio Ambiente criou o Projeto Sala Verde Espaço Interativo de Informação Socioambiental, no qual o Instituto Interagir foi contemplado no ano de 2018.

mn_20190318160726_2FANTKY8XB

Nomeado como Sala Verde Águas do Ipanema, o projeto foi instalado na Casa do Congado, tombada como patrimônio cultural, situada no povoado do Ipaneminha.Para a aproximação da comunidade são promovidas atividades periodicamente, como o turismo pedagógico, projetos, programas educativos, cursos, palestras, oficinas, eventos e encontros.

Numa perspectiva articuladora e integradora, a Sala Verde Águas do Ipanema está de portas abertas para uma participação mais presente da sociedade na gestão ambiental, explicam os coordenadores do projeto.

As escolas e instituições que tiverem interesse em promover a visita com seus alunos o contato para agendamento pode ser feito pelo salaverde.aguasipanema@gmail.com .

Fonte: Diário do Aço

JEMG 2019 tem 98% dos municípios mineiros inscritos


Participantes dos Jogos Escolares de Minas Gerais representam 839 cidades mineiras

JEMG se consolida como maior competio escolar do pas. Crdito Tiago Ciccarini
Inscritos no JEMG representam 98% dos municípios mineiros. Foto: Tiago Ciccarini

A edição de 2019 dos Jogos Escolares de Minas Gerais (JEMG) bateu o recorde de municípios inscritos. Neste ano, 839 cidades estarão representadas para participar da maior competição esportiva escolar do país. O número representa 98% do total dos municípios de Minas Gerais.

Já considerado um tradicional evento do calendário esportivo escolar, o JEMG é uma ação realizada pelo Governo do Estado de Minas Gerais e executada pela Federação de Esportes Estudantis de Minas Gerais (FEEMG). Há muitos anos, competição reúne milhares de escolas e estudantes-atletas de todo o estado que compartilham aprendizado, amadurecimento, superação, valorização e conquistas.

Em 2019, quase a totalidade de municípios mineiros das regiões Centro, Norte, Sul, Triângulo, Vale do Aço e Zona da Mata estarão presentes. Os Jogos Escolares de Minas Gerais atuam na construção da cidadania dos jovens estudantes-atletas. É o esporte como instrumento da educação global dos alunos, contribuindo na diminuição da evasão escolar, além de possibilitar a identificação de novas joias e talentos esportivos.

Cidades-sede da etapa microrregional

Já estão definidos quais os municípios serão sedes e as datas de execução de cada etapa microrregional dos Jogos Escolares de Minas Gerais (JEMG) de 2019. Essa etapa acontece no âmbito das 47 Superintendências Regionais de Ensino do estado. Confira a lista e as datas das competições no site www.jogosescolares.esportes.mg.gov.br.

Fonte: http://www.educacao.mg.gov.br

Encceja 2019 será em 4 de agosto, e inscrições de 20 a 31 de maio


A edição 2019 do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) está confirmada. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou o cronograma na manhã desta sexta-feira, 1º de março. As inscrições serão de 20 a 31 de maio. Quem se inscreveu para o Encceja 2018, não compareceu e quiser participar em 2019 terá que justificar ausência entre 15 e 24 de abril, anexando documentos que comprovem motivo justo.

Os detalhes estarão no edital, previsto para abril. As provas do Encceja Nacional serão aplicadas em 4 de agosto, tanto para o ensino fundamental, quanto para o ensino médio. O cronograma das aplicações no exterior e para pessoas privadas de liberdade serão divulgadas posteriormente.

O Encceja é direcionado aos jovens e adultos que não tiveram a oportunidade de concluir seus estudos na idade apropriada para cada nível de ensino. A participação é voluntária e gratuita, mas existe uma idade mínima exigida. Quem visa a Certificação de Conclusão do Ensino Fundamental precisa ter 15 anos completos na data de realização do exame. Quem visa a Certificação de Conclusão do Ensino Médio precisa ter 18 anos completos.

Certificado – Os resultados individuais do Encceja permitem a emissão de dois documentos distintos: a Certificação de Conclusão de Ensino Fundamental ou do Ensino Médio, para o participante que conseguir a nota mínima exigida nas quatro provas objetivas e na redação; e a Declaração Parcial de Proficiência, para o participante que conseguir a nota mínima exigida em uma das quatro provas, ou em mais de uma, mas não em todas.

A inscrição e a realização das provas não garantem a certificação. Será certificado apenas o participante que atingir o mínimo de 100 pontos em cada uma das áreas de conhecimento do Encceja e que atingir, adicionalmente, no caso de língua portuguesa, língua estrangeira moderna, artes e educação física no ensino fundamental; e de linguagens e códigos e suas tecnologias no ensino médio, proficiência de pelo menos cinco pontos na prova de redação.

Estudos – Materiais para estudo, tanto para o ensino fundamental quanto para o ensino médio, além de orientações aos professores que atuam na preparação de estudantes da Educação de Jovens e Adultos (EJA), estão disponíveis no Portal do Inep. Também podem ser acessados os cadernos de questões de todas as áreas do conhecimento do Encceja 2017, juntamente com os gabaritos. Consultá-los é uma ótima maneira de se preparar para o Exame, pois permite conhecer o formato e o nível de dificuldade das provas. O Encceja tem quatro provas objetivas, com 30 questões cada, e uma redação.

Encceja – O Inep é responsável pela aplicação do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja), no Brasil e no exterior, desde 2002. O exame visa aferir competências, habilidades e saberes de jovens e adultos que não concluíram o ensino fundamental ou o ensino médio na idade adequada. O Encceja Exterior é aplicado em parceria com o Ministério das Relações Exteriores. A aplicação para pessoas privadas de liberdade ocorre tanto no Brasil como em outros países.

Acesse os materiais de estudo para ensino fundamental e médio

Acesse os cadernos de questões e gabaritos do Encceja 2017

Assessoria de Comunicação Social, com informações do Inep

FONTE: MEC

CEFET TIMÓTEO CONVIDA


cefet
O Grupo de Estudos e Pesquisa em Engenharia Didática (GEPED) do CEFET-MG Campus Timóteo, o Pro-grama de Pós-Graduação em Estudos de Linguagens (POSLING) do CEFET-MG e a Fundação Aperam convidam professores da educação básica, pesquisadores, gestores educacionais, pedagogos, psicólogos, alunos de graduação e de pós-graduação, além dos demais atores que constituem a comunidade escolar, para participarem da 2ª LiTE — Jornada de Linguagens, Tecnologia e Ensino
 
Inscrições: 01/02/2019 a 15/03/2019 (modalidades: ouvintes e apresentação de comunicação).
Datas do evento: 05/07/19 (das 18h às 22h) e 06/07/19 (das 7h30 às 17h30)
Local: CEFET-MG Campus Timóteo
Tema: “Práticas pedagógicas: cenários e tendências da educação contemporânea”.
Objetivo: criar espaços para reflexão e debate sobre cenários e tendências da educação contemporânea, bem como sobre direcionamentos que possam contribuir para a construção de uma educação holística e transformadora.
Proposta: organizar um evento multi e transdisciplinar, que reúna educadores e estudiosos de diferentes áreas de formação, interessados na difusão, incorporação, efetivação de práticas e condições favoráveis à construção de uma educação que atenda aos interesses daqueles que constituem a sociedade deste novo milênio.
Eixos Temáticos:
1. O uso de tecnologias digitais no processo de ensino e aprendizagem;
2. Propostas pedagógicas inter, multi e transdisciplinares na educação;
3. Propostas de avaliação escolar como processo de construção do conhecimento;
4. O lúdico no processo de ensino e aprendizagem.

CEFET (Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais, Campus Timóteo)

EndereçoR. Dezenove de Novembro, 121 – Centro, Timóteo – MG

Telefone(31) 3845-4600

SRE de Coronel Fabriciano divulga classificação dos candidatos à designação para os cargos de PEB na Educação Profissional das escolas de Ensino Médio Integral e Integrado


Confira:

EE Maurílio Albanese Novaes

EndereçoRua Itabirito, s/n – Bela Vista, Ipatinga fone(31) 3823-2510

EE Professora Haydeé de Souza Abreu

EndereçoRua das Tuias, 101 – Limoeiro, Timóteo fone(31) 3847-8646

 

 

Boletim semanal – Lançamento da 6ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa


Lançamento da 6ª edição da Olimpíada

O evento contou com a participação da escritora homenageada Conceição Evaristo.

➜ Saiba mais


A Olimpíada de Língua Portuguesa começou

Estão abertas as inscrições e adesões para a 6ª edição da Olimpíada. Inscreva-se até 30 de abril!

➜ Saiba mais

Escrevendo o Futuro lança websérie

Estudantes e professores são protagonistas da série “Meu lugar tem histórias – Olimpíada de Língua Portuguesa: uma escrita coletiva sobre o Brasil”.
➜ Saiba mais

O encontro da sala de aula com a Olimpíada

Olímpia fala sobre o diálogo entre as diretrizes curriculares e a “proposta olímpica” de trabalho com gêneros discursivos.

➜ Saiba mais

WWW.ESCREVENDOOFUTURO.ORG.BR

SRE DE CORONEL FABRICIANO DIVULGA OS RESULTADOS FINAIS DAS BANCAS EXAMINADORAS DOS CANDIDATOS À DESIGNAÇÃO PARA O CARGO DE PEB – COMPONENTES CURRICULARES DOS CAMPOS DE INTEGRAÇÃO CURRICULAR – ESCOLAS DE ENSINO MÉDIO INTEGRAL E INTEGRADO


Confira:

Resultado das Bancas EMII – EE Alberto Giovannini

Resultado das Bancas EMII – EE Maurílio Albanese Novaes

Resultado das bancas EMII – EE Professora Haydee de Souza Abreu

 

 

 

SRE de Coronel Fabriciano divulga cronograma para inscrição, classificação e designação de candidatos ao cargo de PEB Educação Profissional nas escolas de Ensino Médio Integral e Integrado


Inscrições podem ser feitas diretamente nas escolas:

EE Alberto GiovanniniEndereçoRua Itaparica, 394 – Bairro Giovannini, Coronel Fabriciano 

EE Maurílio Albanese NovaesEndereçoRua Itabirito, s/n – Bairro Bela Vista, Ipatinga

EE Profª Haydeé de Souza AbreuEndereçoRua das Tuias, 101 – Limoeiro, Timóteo

Confira o calendário:

28/02 e 01/03/2019 – Inscrição
07/03- Classificação 
08/03 – Designação
11/03- Início das aulas

SRE de Coronel Fabriciano divulga classificação de candidatos à designação para o cargo de PEB – COMPONENTES CURRICULARES DOS CAMPOS DE INTEGRAÇÃO CURRICULAR – Escolas de Ensino Médio Integral e Integrado


Confira os horários de realização das Bancas por escola:

EE. Maurílio Albanese Novaes Acesse aqui …
EE. Alberto Giovannini Acesse aqui …
EE. Professora Haydeé de Souza Abreu Acesse aqui …

SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DE MINAS GERAIS PUBLICA RESOLUÇÃO QUE NORMATIZA A CONTRATAÇÃO DE PROFISSIONAIS PARA ATUAÇÃO NAS ESCOLAS DE ENSINO MÉDIO INTEGRAL


A Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE) publicou no dia 22 de fevereiro a Resolução nº 4.121/2019 que dispõe sobre critérios e define procedimentos para inscrição, classificação e designação de candidatos para o exercício de função pública de Professor de Educação Básica nos componentes curriculares dos Campos de Integração Curricular para as escolas da Rede Estadual de Ensino que ofertam o Ensino Médio Integral e Integrado.

Na Superintendência Regional de Ensino de Coronel Fabriciano (SRE) são 3 escolas que ofertam a Educação Integral e Integrada no Ensino Médio. Confira os endereços e os componentes curriculares em oferta:

1 – Escola Estadual Alberto Giovannini – EndereçoRua Itaparica, 394 – Bairro Giovanini, Coronel Fabriciano

Campo de Integração Curricular (CIC) – Cultura, Arte e Cidadania

Aprofundamento para o ENEM em Ciências Humanas e Sociais, Educação para a Cidadania e Projeto de Vida, Esportes

CIC – Múltiplas Linguagens, Comunicação e Mídias

Redação em Temáticas Atuais, Conversação em Língua Estrangeira – Espanhol, Dança

CIC – Pesquisa e Inovação Tecnológica

Aprofundamento para o ENEM em Ciências da Natureza, Aprofundamento para o ENEM em Matemática, Empreendedorismo, Pesquisa e Intervenção

2 – Escola Estadual Maurílio Albanese Novaes – EndereçoRua Itabirito, s/n – Bairro Bela Vista, Ipatinga

CIC – Cultura, Arte e Cidadania

Aprofundamento para o ENEM em Ciências Humanas e Sociais, Educação para a Cidadania e Projeto de Vida

CIC – Múltiplas Linguagens, Comunicação e Mídias

Redação em Temáticas Atuais

CIC – Pesquisa e Inovação Tecnológica

Aprofundamento para o ENEM em Ciências da Natureza, Aprofundamento para o ENEM em Matemática, Pesquisa e Intervenção

3 – Escola Estadual Professora Haydeé de Souza Abreu – EndereçoRua das Tuias, 101 – Limoeiro, Timóteo

CIC – Cultura, Arte e Cidadania

Aprofundamento para o ENEM em Ciências Humanas e Sociais, Educação para a Cidadania e Projeto de Vida, Esportes, Música – Iniciação Violão

CIC – Múltiplas Linguagens, Comunicação e Mídias

Redação em Temáticas Atuais, Informática Básica, Introdução ao Jornalismo

CIC – Pesquisa e Inovação Tecnológica

Aprofundamento para o ENEM em Ciências da Natureza, Aprofundamento para o ENEM em Matemática, Pesquisa e Intervenção, Desenvolvimento de Aplicativos e Softwares

O candidato deverá realizar sua inscrição, pessoalmente ou por procuração, diretamente nas escolas, podendo se inscrever em até 03 (três) componentes curriculares dos Campos de Integração, observadas a habilitação e a experiência para o componente a que se propõe.

A inscrição efetivada pelo candidato lhe permitirá concorrer à designação para a função de Professor de Educação Básica (PEB), regente de aulas, nos componentes curriculares dos Campos de Integração Curricular somente nas escolas onde se inscrever.

Confira a resolução na íntegra:

RESOLUÇÃO SEE Nº 4.121 de 2019

Secretaria de Educação apresenta planejamento de 2019 para implementação do Currículo Referência de Minas Gerais


VideoConferncia

A Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE) realizou, nesta terça-feira (19/02), uma videoconferência com representantes das Superintendências Regionais de Ensino da rede estadual de ensino e também das redes de educação de centenas de municípios mineiros para apresentar o planejamento da implementação do Currículo Referência de Minas Gerais a partir de 2020 nas escolas públicas de Minas Gerais. A apresentação online em tempo real durou cerca de uma hora e contou com a participação de cerca de 500 profissionais da educação.

A subsecretária de Desenvolvimento de Educação Básica, Geniana Guimarães Faria, participou da transmissão e reforçou a importância do envolvimento de todos em mais uma etapa necessária para a consolidação do Currículo Referência de Minas Gerais. “Este é um momento muito importante para todos nós. Temos o grande desafio de iniciar o processo de implementação do Currículo, então peço que tenhamos o mesmo esforço que foi feito na sua elaboração, que resultou em um documento tão representativo para a educação em toda Minas Gerais. Este é o momento de conhecer o planejamento para 2019 e as quatro frentes de atuação que vão orientar esse processo. Um ótima oportunidade, das muitas que virão, de interação, troca de ideias, respostas a questionamentos, ou seja, de muito diálogo”, explicou Geniana.

Continuar lendo Secretaria de Educação apresenta planejamento de 2019 para implementação do Currículo Referência de Minas Gerais

Profissionais da rede estadual de ensino de Minas Gerais podem se inscrever para participar de cursos ofertados pela Escola de Formação


Inscrições devem ser feitas até o dia 01 de março

Escola de Formação e Desenvolvimento Profissional de Educadores de Minas Gerais está com inscrições abertas para cinco cursos na modalidade a distância. Os cursos são gratuitos e dedicados aos educadores da rede estadual de ensino. As inscrições podem ser feitas até o dia 01 de março.

Para se inscrever é necessário que o interessado utilize o seu e-mail institucional/nominal de servidor da educação (não pode ser o da escola): seunome@educacao.mg.gov.br. Caso não possua o e-mail do domínio educação ou tenha esquecido a senha, é necessário fazer a solicitação junto à Superintendência Regional de Ensino (SRE).

Cursos

Educação e Patrimônio Cultural

A formação tem por objetivo propor reflexões sobre as potencialidades educativas dos temas relacionados ao Patrimônio Cultural. Serão abordados conceitos e metodologias para a prática educativa com Patrimônio Cultural Material e Imaterial considerando os distintos territórios de Minas Gerais.

A carga horária é de 20 horas, o tempo de duração é de até 6 semanas e cada oferta do curso terá 1000 vagas.

Público-alvo: Todos os Educadores da rede SEE/MG.
Período de Inscrição: 08/02/2019 a 01/03/2019
Período do curso: 15/03/2019 a 15/04/2019
Inscreva-se aqui

Continuar lendo Profissionais da rede estadual de ensino de Minas Gerais podem se inscrever para participar de cursos ofertados pela Escola de Formação

Secretaria de Educação e Undime entregam Currículo Referência de Minas Gerais


Educadores celebram finalização do documento; próximas etapas envolvem normatização e formação de profissionais da Educação

Currculo 01
Currículo Referência de Minas Gerais é entregue pela Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais e Undime-MG ao Conselho Estadual de Educação de Minas Gerais. Foto: Franciele Xavier (SEE/MG)

A Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE) realizou no dia 11/12, no Hotel Dayrell, em Belo Horizonte, o Encontro Estadual do Currículo Referência de Minas Gerais para apresentar o documento final discutido ao longo de 2018 e entregá-lo ao Conselho Estadual de Educação, bem como à União dos Conselhos Estaduais de Educação.

O ato de entrega representa um marco histórico para a Educação em Minas Gerais, pois significa a finalização de um documento pensado, elaborado e redigido por milhares de pessoas, no primeiro regime de colaboração entre a SEE e a União dos Dirigentes Municipais de Educação em Minas Gerais (Undime-MG) e que contou, também, com a participação de dezenas de outras entidades. Cerca de 350 pessoas que estiveram envolvidas no processo de discussão do documento estavam presentes na cerimônia. Continuar lendo Secretaria de Educação e Undime entregam Currículo Referência de Minas Gerais

Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais divulga lista de classificação preliminar dos candidatos inscritos no processo de designação 2019


Interessados em fazer correção ou alteração dos dados informados na primeira etapa têm do dia 21 a 27 de novembro. Número de inscrições passa de 960 mil

Secretaria de Estado de Educação (SEE) divulgou nesta terça-feira (20/11) as listagens de classificação preliminares dos candidatos inscritos no processo de designação 2019. Os candidatos estão listados por ordem de classificação, para cada cargo e localidade distintos, a partir das informações prestadas na inscrição e dos critérios de prioridade definidos pela Resolução SEE nº 3.995/2018.

O candidato já inscrito que desejar fazer alguma correção ou alteração dos dados informados na primeira etapa tem do dia 21 a 27 de novembro para fazê-lo no site www.designaeducacao.mg.gov.br.

O candidato deverá conferir na listagem de classificação preliminar, os dados pessoais, o tempo de serviço e a habilitação/ escolaridade ou formação especializada, podendo alterá-los, se necessário, durante o período previsto no cronograma.

“Essa é a primeira vez que a secretaria adota como parte do aprimoramento do processo de inscrição para designação a publicação de uma listagem preliminar. O que vai possibilitar, dentro do prazo previsto, a correção das informações anteriormente prestadas pelo próprio candidato, exceto CPF, cargo/modalidade e localidade indicados, as demais informações podem ser objeto de eventuais ajustes ou alterações”, destaca a subsecretário de Gestão de Recursos Humanos, Antonio David de Sousa Junior.

A cada alteração será emitido um novo comprovante, com as alterações processadas. Após o fim do período de correção não será permitida a alteração de dados e será divulgada a listagem de classificação definitiva.

A listagem definitiva está prevista para ser divulgada no dia 4 de dezembro, no endereço eletrônico www.designaeducacao.mg.gov.br, nas Superintendências Regionais de Ensino e nas escolas estaduais. As listagens serão utilizadas para as designações na modalidade online e na modalidade presencial, ao longo de todo o ano letivo de 2019.

Para a designação 2019, o sistema da SEE recebeu um total de 437.704 cadastros e 963.301 inscrições, uma média de 2,2 inscrições por candidato, uma vez que cada candidato poderia realizar até três inscrições.

Designações 2019

As datas para a designação propriamente dita não estão definidas na Resolução SEE nº 3.995/2018. Tanto o cronograma quanto eventuais orientações complementares sobre a designação serão divulgados oportunamente nos canais oficiais de comunicação da SEE e no Diário Oficial Minas Gerais.

A designação é uma forma de preencher interinamente os cargos para garantir o funcionamento das escolas estaduais, conforme o artigo 10 da Lei nº 10254/1990. O processo é essencial na preparação da rede pública para o início do ano letivo.

Fonte: Agência Minas

CORONEL FABRICIANO REALIZA SEGUNDO ENCONTRO DE PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS


Evento foi realizado no dia 10/11 pela Superintendência Regional de Ensino de Coronel Fabriciano e Secretarias Municipais de Educação de Coronel Fabriciano, Ipatinga e Timóteo;  avaliação, metodologia e prática pedagógica foram temáticas abordadas no seminário

Confira as fotos do evento

261

Assista