Arquivo da tag: Censo Escolar 2017

Ensino Médio brasileiro tem média de 30 alunos por sala


Em 2017, a média de alunos por turma foi de 30,4 no Ensino Médio; de 23, no Ensino Fundamental; e de 16,3, na Educação Infantil. As turmas da rede pública são maiores que as da rede privada para todas as etapas de ensino. Os dados são do Indicador Educacional “Média de Alunos por Turma”, derivado do Censo Escolar 2017, um dos oito divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) nesta segunda-feira, 2 de julho.

A “Média de Alunos por Turma” permite avaliar o tamanho médio das turmas em diferentes etapas de ensino, redes de ensino e níveis territoriais (escolas, municípios, unidades da federação, etc.). Assim como os outros Indicadores Educacionais do Censo Escolar 2017, estão disponíveis para consulta no Portal do Inep, na seção Dados. Ao selecionar o indicador de interesse, serão listados todos os anos em que ele foi divulgado. É possível fazer download dos dados por Brasil, regiões e unidades da federação; municípios e escolas.

Este ano o Inep divulgará dez Indicadores Educacionais: Média de alunos por turma, Média de horas-aula diária, Taxa de Distorção idade-série, Percentual de docentes com curso superior, Adequação da formação docente, Regularidade do corpo docente, Esforço docente, Complexidade da gestão da escola, Taxa de Rendimento e Taxa de Transição. Esses dois últimos – com informações sobre aprovação, reprovação e abandono; e promoção, repetência, evasão e migração para a Educação de Jovens e Adultos (EJA) – serão divulgados ainda neste segundo semestre.

Indicadores Educacionais – Capazes de agregar valor analítico e avaliativo às estatísticas, os Indicadores Educacionais do Censo Escolar permitem conhecer não apenas o desempenho dos alunos, mas também o contexto socioeconômico e as condições de em que se dá o processo ensino/aprendizagem no qual os resultados foram obtidos. Os Indicadores são úteis principalmente para o monitoramento dos sistemas educacionais, considerando o acesso, a permanência e a aprendizagem de todos os alunos. Dessa forma, contribuem para a criação e o acompanhamento de políticas públicas voltadas para a melhoria da qualidade da educação e dos serviços oferecidos à sociedade pela escola.

Acesse aqui os Indicadores Educacionais

Fonte: INEP (editado)

Anúncios

Indicadores Educacionais do Censo Escolar 2017 estão disponíveis para consulta


Oito Indicadores Educacionais derivados dos dados do Censo Escolar 2017 foram divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) nesta segunda-feira, 2, São eles: Média de alunos por turma, Média de horas-aula diária, Taxa de Distorção idade-série, Percentual de docentes com curso superior, Adequação da formação docente, Regularidade do corpo docente, Esforço docente, Complexidade da gestão da escola. Os indicadores Taxa de Rendimento e Taxa de Transição, com informações sobre aprovação, reprovação e abandono; e promoção, repetência, evasão e migração para a Educação de Jovens e Adultos (EJA) serão divulgados ainda neste segundo semestre.

O Inep calcula e disponibiliza essa série de indicadores anualmente, já que são importantes instrumentos para o acompanhamento e o monitoramento de aspectos importantes dos sistemas educacionais, como o atraso escolar, revelado pelas taxas de distorção idade-série; e as condições de ensino, reveladas em indicadores como a média de alunos por turma e a adequação da formação docente. Esse último avalia a relação entre a formação de nível superior do docente e a disciplina que leciona. Outras dimensões reveladas pelos indicadores divulgados dizem respeito ao esforço e regularidade do corpo docentes das escolas e a complexidade de gestão das escolas, calculados a partir dos dados referentes ao número de matrículas, número de etapas de ensino ofertada, número de turno de funcionamento da escola e outras características.

Indicadores Educacionais – Capazes de agregar valor analítico e avaliativo às estatísticas, os Indicadores Educacionais do Censo Escolar permitem conhecer não apenas o desempenho dos alunos, mas também o contexto socioeconômico e as condições de em que se dá o processo ensino/aprendizagem no qual os resultados foram obtidos. Os Indicadores são úteis principalmente para o monitoramento dos sistemas educacionais, considerando o acesso, a permanência e a aprendizagem de todos os alunos. Dessa forma, contribuem para a criação e o acompanhamento de políticas públicas voltadas para a melhoria da qualidade da educação e dos serviços oferecidos à sociedade pela escola.

Acesse aqui os Indicadores Educacionais

Sinopse Estatística dá acesso a dados do Censo Escolar


Sinopse Estatística da Educação Básica de 2017 já está disponível para download no portal do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Elaborada anualmente pela Diretoria de Estatísticas Educacionais (Deed), a Sinopse Estatística traz um resumo dos principais dados coletados no Censo Escolar. Em um único documento são listadas informações educacionais que permitem uma visão geral dos dados da educação básica no país. A Sinopse Estatística é uma importante referência para a disseminação ativa de informações educacionais de forma organizada e estável ao longo do tempo.

 O Inep, autarquia do Ministério da Educação, vem implantando melhorias no documento com o objetivo de ampliar o escopo de dados ofertados e atender as demandas por informações educacionais de forma rápida e descomplicada. Essas melhorias visam auxiliar a formulação, o monitoramento e a avaliação das políticas públicas, além de subsidiar estudos e pesquisas sobre a realidade da educação brasileira. Além da Sinopse da Educação Básica 2017, o Inep publicou, em janeiro de deste ano, os microdados do Censo Escolar 2017.

Nessa edição da Sinopse, foi incluído o código dos municípios, um pedido antigo dos pesquisadores da área educacional. Isso permitirá, de acordo com o interesse do usuário, o cruzamento de informações em âmbito municipal com outras bases de dados. Foram realizadas também algumas alterações na forma de apresentação das etapas de ensino, para facilitar a leitura dos dados. Ao longo de 2018, as sinopses de anos anteriores serão atualizadas para seguir o mesmo padrão da Sinopse Estatística de 2017.

Organização dos dados – A Sinopse é composta por tabelas, em sua maioria bidimensionais, organizadas por etapas e modalidades de ensino. Elas trazem a distribuição de matrículas, docentes, escolas e turmas em todos os municípios brasileiros, além de mostrar estatísticas gerais das regiões geográficas, unidades da federação e dados consolidados do Brasil. O documento é elaborado nos formatos adotados e recomendados de dados abertos, e está disponível em duas versões: um arquivo em formato Excel® (.xlsx) e um arquivo no formato aberto de planilha eletrônica (.ODS), que pode ser lido em softwares de diferentes pacotes, inclusive livres.

Censo – Produzido pelo Inep, o Censo Escolar é a mais completa fonte de informações sobre a educação básica brasileira e embasa a formulação de políticas públicas. É a partir dele que podem ser executados os programas federais que preveem assistência e transferência de recursos, como o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), a distribuição de livros didáticos, a alimentação e o transporte escolares.

O Inep produz ainda o Censo da Educação Superior e realiza as avaliações de qualidade da educação básica e superior. Com essas iniciativas, colabora para subsidiar decisões e estudos dos formuladores de políticas públicas, gestores dos sistemas de ensino, especialistas, pesquisadores, instituições e todos aqueles que contribuem para o enfrentamento dos desafios da educação no país.

Acesse a Sinopse da Educação Básica 2017

Acesse os Microdados do Censo Escolar 2017

Assessoria de Comunicação Social do MEC

Sistema do Inep mostra escolas que já concluíram envio de dados


O Mapa das Escolas do Censo Escolar 2017 já está disponível no portal do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). O sistema mostra a quantidade de escolas em atividade no ano corrente, assim como as unidades que já enviaram todos os dados para o censo do ano corrente.

A ferramenta apresenta o número de escolas que já completaram o preenchimento do censo em números absolutos e em percentual, nos níveis nacional, estadual e municipal. O quantitativo aparece em formato de tabela e agrupado por dependência administrativa. O sistema permite ainda imprimir e exportar os dados.

O prazo para repasse dos dados da matrícula inicial ao sistema Educacenso, a primeira etapa do levantamento, termina próxima segunda-feira, 31.

O Mapa das Escolas está disponível no portal do Inep.

Assessoria de Comunicação Social do MEC, com informações do Inep

Divulgação de indicadores inéditos de fluxo escolar e remuneração média de docentes da Educação Básica serão transmitidos ao vivo do Seminário dos Censos Educacionais


O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgará dados inéditos durante o Seminário 10 Anos da Metodologia de Coleta de Dados Individualizados dos Censos Educacionais. Nesta terça-feira, 20, às 16h30, serão apresentados os Indicadores de Fluxo Escolar baseados no acompanhamento longitudinal de alunos do período 2007-2015, que revelam, pela primeira vez, as taxas de evasão escolar e migração para Educação de Jovens e Adultos (EJA). Também será a primeira vez que o Inep divulgará os dados de promoção e repetência por município.

Na quarta-feira, 21, às 10h, serão apresentados dados, também inéditos, sobre a remuneração média dos docentes em exercício na educação básica. As duas divulgações terão transmissão ao vivo no portal do Ministério da Educação (portal.mec.gov.br). Os dados são novos atributos do Censo Escolar e representam um grande avanço no monitoramento da educação e na condução das políticas públicas. Eles só são possíveis pela metodologia de coleta de dados individualizados, que permite um acompanhamento de toda trajetória escolar do estudante.

Seminário – A mesa de abertura do seminário, com o tema “A efetivação do pacto federativo brasileiro na realização dos Censos Educacionais”, reuniu o diretor de Estatísticas Educacionais do Inep, Carlos Eduardo Moreno Sampaio; o secretário estadual de Educação do Sergipe, Jorge Carvalho do Nascimento, representando o Consed; a presidente do Inep, Maria Inês Fini; e a representante da Undime, Manuelina Martins, da Secretaria Municipal de Educação de Costa Rica (MS).

Maria Inês Fini destacou a importância de celebrar o método que permitiu um avanço na produção de indicadores da educação. “Esse seminário comemora dez anos de uma metodologia absolutamente inédita e muito propícia para gestores da educação e pesquisadores. Os dados inéditos que iremos conhecer mudam a forma como discutimos  inúmeras políticas,  com base em uma reflexão teórica. Agora teremos a visão de dados específicos para amparar nossas decisões. Deixamos para trás o ‘eu acho’, ‘eu acredito’, para dizer ‘eu explico baseado em dados reais’”, comemorou a presidente do Inep.

O “Seminário 10 Anos da Metodologia de Coleta de Dados Individualizados dos Censos Educacionais” faz parte das comemorações dos 80 anos de fundação do Inep e é realizado das 8h30 às 18h, na Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio (CNTC), em Brasília (DF).  A programação envolve debates sobre os ganhos informacionais com a mudança da metodologia de coleta de dados, a potencialidade de uso das bases de dados estatísticas e os desafios futuros.

O seminário reúne parceiros do Censo Escolar e do Censo da Educação Superior, Secretarias Estaduais de Ensino e Pesquisadores Institucionais, institutos de pesquisa, organizações da sociedade civil, instituições governamentais, associações científicas, além de técnicos e pesquisadores interessados na produção, disseminação e utilização das informações produzidas pelos Censos Educacionais. O seminário é fechado àqueles que fizeram inscrição prévia pelo portal do Inep. Todas as 220 vagas disponibilizadas foram preenchidas.

Dados de Matrícula Inicial serão coletados até 31 de julho


O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) prossegue com a coleta de dados do Censo Escolar 2017. O sistema Educacenso ficará disponível até 31 de julho para a primeira etapa, que reúne os dados da Matrícula Inicial. No início de 2018, ocorre a coleta da segunda etapa, referente à Situação do Aluno.

A Matrícula Inicial coleta dados de escolas, turmas, alunos e profissionais escolares em sala de aula de todos os estabelecimentos públicos e privados de educação básica e educação profissional, de acordo com a data de referência do Censo Escolar, sempre na última quarta-feira do mês de maio. Essa data, que este ano será 31 de maio, é considerada o Dia Nacional do Censo da Educação Básica.

As informações do Censo são preenchidas pelo diretor ou responsável pela escola, com apoio das secretarias municipais e estaduais de educação, diretamente no sistema Educacenso. Na página do Censo Escolar no portal do Inep, na seção Matrícula Inicial, é possível conferir informações detalhadas da coleta do Censo, assim como ter acesso aos documentos orientadores de preenchimento, às perguntas frequentes, à navegação guiada, aos vídeos tutoriais e aos documentos da migração.

As informações declaradas no Censo Escolar devem ser precisas, pois são elas que dão subsídios para o repasse de recursos do governo federal, além de guiarem as políticas públicas de educação.

Especialmente nos anos ímpares, como 2017, os dados preliminares também são  utilizados no planejamento e aplicação do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), por meio de um de seus instrumentos, a Prova Brasil. As médias de desempenho dos estudantes no Saeb, juntamente com as taxas de aprovação obtidas por meio dos dados do Censo, irão compor o próximo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

Censo Escolar – Principal instrumento de coleta de informações da educação básica e o mais importante levantamento estatístico educacional brasileiro na área, o Censo Escolar é coordenado pelo Inep e realizado em colaboração com as secretarias estaduais e municipais de educação e com a participação de todas as escolas públicas e privadas do país.

O Censo abrange as diferentes etapas e modalidades da educação básica e profissional e a coleta de dados tem caráter declaratório. O levantamento permite compreender a situação educacional do país, das unidades federativas, municípios e escolas, permitindo o acompanhamento da efetividade das políticas públicas.

Clique aqui para acessar o Educacenso

Clique aqui para acessar a seção Matrícula Inicial no portal do Inep

Portal INEP