Arquivo da tag: NOTÍCIA

Prazo para retificação se encerra na próxima semana


Escolas que declararam dados incompletos ou que necessitam corrigir informações repassadas para o Censo Escolar 2017 têm até a próxima quarta-feira, 11, para fazer as alterações no Sistema Educacenso. Todos os anos, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) dá prazo de 30 dias para as escolas fazerem retificação, inclusão ou correção de informações referentes às informações declaradas. Esse prazo não será prorrogado.

O Censo Escolar é o principal instrumento de coleta de informações da educação básica, e é considerado o mais importante levantamento estatístico educacional brasileiro na área. Coordenado pelo Inep, é realizado em regime de colaboração entre as secretarias estaduais e municipais de educação e com a participação de todas as escolas públicas e privadas do país.

O levantamento abrange as diferentes etapas e modalidades da educação básica e profissional: ensino regular, educação especial, educação de jovens e adultos (EJA) e educação profissional. A coleta de dados das escolas tem caráter declaratório e é dividida em duas etapas. A primeira consiste no preenchimento da matrícula inicial, quando ocorre a coleta de informações sobre os estabelecimentos de ensino, turmas, alunos e profissionais escolares em sala de aula. A segunda é o preenchimento de informações sobre a situação do aluno, e considera os dados sobre o movimento e rendimento escolar dos alunos, ao final do ano letivo.

Os dados coletados são fundamentais para a elaboração de diagnósticos sobre a educação brasileira e para a implementação de políticas públicas na área. Além disso, as matrículas e informações escolares declaradas servem de base para o repasse de recursos do governo federal e para o planejamento e divulgação das avaliações realizadas pelo Inep.

Assessoria de Comunicação Social, com informações do Inep

Anúncios

Publicado edital para seleção de municípios que queiram executar o Geração Esporte


Serão selecionados 200 municípios para executarem o programa na gestão 2017/2019. Inscrições começam no dia 18 de setembro

Seesp

A Secretaria de Estado de Esportes (Seesp) e a Secretaria de Estado de Educação (SEE) publicaram, nesta sexta-feira (1/9), o edital 01/2017 para seleção dos municípios interessados em executarem o programa Minas Esportiva Geração Esporte na gestão 2017/2019. Quando forem iniciadas as atividades, a previsão é de que cerca de 20 mil crianças e adolescentes sejam atendidos.

Serão selecionadas pelo edital até 200 cidades, sendo que a distribuição de 180 vagas será de acordo com a territorialidade, e as 20 demais serão direcionadas aos cinco territórios prioritários do Programa Novos Encontros – Estratégia de Enfrentamento à Pobreza no Campo, ação coordenada pela Secretaria de Estado de Trabalho e Desenvolvimento Social (Sedese).

O núcleo esportivo deverá atender pelo menos 100 estudantes e o quantitativo estabelecido dever estar em conformidade com a capacidade física do equipamento e a disponibilidade de profissionais da escola para o desenvolvimento das atividades.

O Minas Esportiva Geração Esporte é uma ação Seesp, em parceria com a SEE, que objetiva educar pelo esporte, promovendo a cultura esportiva, a atividade física e o lazer, contribuindo para o desenvolvimento integral do indivíduo.

O público-alvo é formado por crianças e adolescentes de ambos os sexos, comprovadamente matriculados e frequentes em escolas públicas de ensino fundamental, médio ou profissionalizante, preferencialmente pertencentes a famílias de baixa renda ou em situação de vulnerabilidade social.

Suas ações acontecem no contraturno escolar e o educando comparece três vezes por semana, com carga horária de 1h20 por dia.

Como participar

Os municípios interessados em executar o Geração Esporte podem realizar a inscrição do dia 18 de setembro até as 17h do dia 30 de outubro de 2017, acessando o Sistema de Informação Minas Esportiva Geração Esporte, onde deverá ser inserida a documentação solicitada no edital.

Poderão participar os municípios mineiros que, entre outros critérios estabelecidos pelo edital, possuam estrutura física mínima e adequada disponível para a execução das atividades, como quadra de esportes coberta com equipamentos e marcações para o mínimo de três modalidades esportivas coletivas; vestiários, bebedouro, sala para a coordenação com infraestrutura e disponibilidade para receber pais e educandos para reuniões; e que possam confeccionar e manter afixada no local da execução do núcleo a placa de identificação padrão da Seesp. Continuar lendo Publicado edital para seleção de municípios que queiram executar o Geração Esporte

Alunos do 3º ano do Ensino Médio serão avaliados no Saeb 2017


O Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica (Saeb) passará a avaliar, em 2017, todas as escolas brasileiras que ofereçam terceiro ano do Ensino Médio e que cumpram determinados critérios. Até a última edição do Saeb, a etapa final do Ensino Médio era avaliada por amostragem, permitindo a produção de resultados agregados por estado, região e Brasil.

Com a mudança, não só as escolas públicas do Ensino Fundamental, mas também as de Ensino Médio, públicas e privadas, terão resultados individuais no Saeb e, consequentemente, no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Com a ampliação, é prevista a participação de mais de 7,5 milhões de estudantes no Saeb, a maior edição da história do sistema. Desses, 2,4 milhões são alunos do 3º no do Ensino Médio público e privado. Os demais 5,1 milhões são alunos do 5º e 9º ano do Ensino Fundamental público.

Em 2017, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) aplicará duas das três avaliações do Saeb: a Avaliação Nacional da Educação Básica (Aneb) e a Avaliação Nacional do Rendimento Escolar (Anresc). Mais conhecida como Prova Brasil, é essa última que fornece parte dos dados para cálculo do Ideb, que considera ainda dados do Censo Escolar. As avaliações serão aplicadas no segundo semestre.

Assessoria de Comunicação Social do INEP

Inscrições para o prêmio Professores do Brasil encerram nesta sexta-feira (25/8)


Podem de candidatar, professores da Educação Básica das redes públicas de ensino ou de instituições comunitárias, filantrópicas e confessionais, conveniadas aos sistemas públicos

a661efbe87a3238bb281a4448fd93046-professores do Brasil

Os educadores interessados em concorrer ao prêmio Professores do Brasil 2017 têm até esta sexta-feira (25/8) para se inscreverem. A premiação busca reconhecer, divulgar e premiar o trabalho de docentes de instituições públicas que contribuem para a melhoria dos processos de ensino e aprendizagem desenvolvidos nas salas de aula. Poderão candidatar-se ao Prêmio, professores da Educação Básica no exercício da atividade docente em estabelecimentos de ensino das redes públicas federal, estaduais e municipais e, ainda, de instituições educacionais comunitárias, filantrópicas e confessionais, conveniadas aos sistemas públicos de ensino. A inscrição deve ser feita pela internet, no site do PrêmioContinuar lendo Inscrições para o prêmio Professores do Brasil encerram nesta sexta-feira (25/8)

Prêmio Respostas para o Amanhã tem inscrições prorrogadas até o dia 31 de agosto


Programa incentiva estudantes do ensino médio de escolas públicas a aplicarem conceitos de Ciências da Natureza e Matemática em propostas de melhoria das comunidades onde vivem

98835cb1799cf6da3c6e21c679bc4eea-inscries prorrogadas box

Foi prorrogado o prazo das inscrições para a quarta edição do Prêmio Respostas para o Amanhã. Alunos do ensino médio de escolas públicas de todo o Brasil têm agora até o dia 31 de agosto para inscrever seus projetos para melhoria das comunidades em que estão inseridos. A proposta do concurso é incentivar professores e estudantes a aplicar na prática conceitos de Ciências da Natureza e Matemática, por meio do desenvolvimento de projetos que realmente possam ajudar as regiões em que vivem, buscando identificar, estimular e difundir práticas educativas com impactos positivos no dia a dia.

De acordo com o regulamento, para inscrever os projetos, os professores na condição de orientadores, coordenadores e representantes de turma devem acessar o portal do prêmio e informar os seus dados cadastrais, da escola e da turma participante. Em seguida, ler e aceitar o regulamento e clicar no botão “CONFIRMAR INSCRIÇÃO” para que o sistema gere um código, que será enviado por e-mail e servirá de comprovante de inscrição. Podem concorrer professores de Biologia, Física, Química e Matemática ou outras disciplinas relacionadas às áreas das Ciências da Natureza e da Matemática e suas Tecnologias, que lecionem no Ensino Médio, em escolas públicas das redes municipais, estaduais e federal. Os projetos inscritos poderão ser detalhados e enviados até dia 13 de setembro.

A comissão julgadora, constituída por especialistas em educação, selecionará os melhores trabalhos apresentados. Todos os classificados receberão um certificado de participação no prêmio. Os 25 projetos de destaque serão contemplados com um notebook para a escola e um selo de vencedor regional da edição do prêmio. Para os cinco vencedores eleitos pelo público, um de cada região, será entregue um troféu “Projeto Vencedor pelo Júri Popular”. Já os cinco vencedores nacionais, selecionados pela banca julgadora, receberão dois notebooks Samsung – um para o professor e outro para o diretor – e tablets da marca para cada aluno da sala, além de troféu de Vencedor Nacional e medalha.

A premiação é promovida pela Samsung, conta com a coordenação geral do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec) e o apoio da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), da Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI), do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e da Rede Latino-americana de Organizações Sociais para a Educação (Reduca).

Na edição de 2016, mais de 2.100 inscrições foram realizadas, envolvendo cerca de 37 mil alunos, sob a orientação de aproximadamente 1.700 professores de todo o Brasil. Mais informações sobre o prêmio podem ser obtidas no site oficial www.respostasparaoamanha.com.br.

Fonte: http://www.educacao.mg.gov.br

Servidores públicos federais e professores estaduais e municipais podem se inscrever para a Rede Nacional de Certificadores do Enem até 7 de agosto


Servidores públicos do Poder Executivo Federal e professores da rede pública estadual e municipal poderão atuar no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2017 por meio da Rede Nacional de Certificadores (RNC). O período de inscrições vai 17 de julho a 7 de agosto, às 23h59. As inscrições podem ser feitas no portal do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) ou no aplicativo da RNC, disponível para download nas lojas Google Play, para Android, e App Store, para IOS. Antes de realizar a inscrição é preciso fazer um cadastro prévio.

Podem se inscrever servidores públicos do Poder Executivo Federal desde que não estejam em gozo de licenças, afastamentos legais ou inativos; e os docentes das redes públicas estaduais e municipais, efetivos e devidamente registrados no Censo Escolar. A formação mínima exigida é o Ensino Médio. Os servidores também não podem estar, ou ter parentes de até 3ª grau, inscritos no Enem 2017. Continuar lendo Servidores públicos federais e professores estaduais e municipais podem se inscrever para a Rede Nacional de Certificadores do Enem até 7 de agosto

Parcerias revitalizam escola de Ipatinga


Polícia Militar de Minas Gerais é a principal parceira da Escola Estadual Manoela Soares Bicalho

download

Assista à reportagem: 

http://g1.globo.com/mg/vales-mg/videos/t/todos-os-videos/v/parcerias-revitaliza-e-evita-o-fechamento-de-escola-em-vale-do-sol-em-ipatinga/6015806/

Veja as fotos:

EE Manoela Soares Bicalho 

EndereçoRua Ganso, 80 – Vale do Sol
                      Ipatinga – MG      35162-500

Feneis abre inscrições para curso de Libras


Inscrições podem ser feitas até o dia 24

A Federação Nacional de Educação e Integração dos Surdos (Feneis) oferece vagas para o curso de Libras (Língua Brasileira de Sinais), no nível básico e intermediário. Com carga horária total de 180 horas, o curso de nível básico é oferecido em três módulos de 60 horas/aula cada. Já o de nível intermediário tem carga horária total de 120 horas e é divido em dois módulos de 60 horas/aula. As inscrições podem ser feitas até o dia 24 de julho e os interessados devem preencher a ficha de pré-inscrição no link.

cea838a41d760868a8080e4fb0caab4e-curso-feneis

A capacitação tem por objetivo proporcionar ao aluno conhecimentos básicos da Língua Brasileira de Sinais. O curso de nível básico tem como público alvo surdos, pais e amigos de surdos, profissionais diversos e professores. Já o curso de nível intermediário tem o objetivo de proporcionar ao aluno conhecimento mais amplo de Libras, expandindo suas habilidades na comunicação. As aulas têm início em agosto e serão ofertadas em Belo Horizonte e Região Metropolitana. Mais informações podem ser obtidas no site da Feneis. http://www.feneis.org.br

A Feneis é uma entidade filantrópica, sem fins lucrativos, que tem por finalidade a defesa de políticas linguísticas, educação, cultura, saúde e assistência social, em favor da comunidade surda brasileira, bem como a defesa de seus direitos.

Desenvolve ações de educação informal e permanente, com intuito de valorizar o ser humano e estimular a autonomia pessoal, a interação e o contato com expressões e modos diversos de pensar, agir e sentir. Oferece, também, atividades de ação social, programas de saúde e de educação, programas especiais para crianças e terceira idade, dentre outros.

Fonte: http://www.educacao.mg.gov.br

MEC poderá pedir empréstimo ao Bird para reforma do ensino médio


Sabrina Craide – Repórter da Agência Brasil

O Ministério da Educação (MEC) poderá pedir um empréstimo de US$ 250 milhões ao Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (Bird) para implementação da reforma do ensino médio nos estados. O empréstimo foi autorizado pelo Ministério do Planejamento.

Entre as principais ações previstas estão a formação de técnicos educacionais para adaptação dos currículos e elaboração dos itinerários formativos e o repasse de recursos para reprodução de material de apoio e para incentivar a implementação dos novos currículos. Também está previsto o apoio às secretarias para a transferência de recursos às escolas para implementação do tempo integral.

Além disso, os recursos servirão para capacitação de gestores e técnicos para o planejamento das mudanças. A assistência técnica apoiada pelo banco deverá oferecer serviços de consultoria especializados, de alto nível, para apoiar o MEC e as secretarias estaduais.

O projeto de reforma no ensino médio foi apresentado em março deste ano pelo ministro da Educação, Mendonça Filho, a representantes do Banco Mundial, em Washington. O valor total estimado pelo MEC para as ações a serem realizadas é de US$ 1,577 bilhão.

novo ensino médio é uma mudança do sistema atual de ensino. Com a flexibilização da grade curricular, o novo modelo permitirá que o estudante escolha uma área de conhecimento para aprofundar seus estudos.

Edição: Nádia Franco
Fonte: Agência Brasil

Emenda que implementa o Adveb para os servidores da Educação de Minas é promulgada na ALMG


Benefício concedido ao servidor a cada cinco anos de efetivo exercício é um dos itens do acordo assinado entre Governo do Estado e representantes dos trabalhadores

O Governo de Minas Gerais avança na valorização dos profissionais da Educação. Foi promulgada, na manhã desta terça-feira (11/07), a Emenda à Constituição 95, de 2017, que implementa e regulamenta o Adicional de Desenvolvimento da Educação Básica (Adveb). O beneficio deverá ser atribuído mensalmente e corresponde a 5% do vencimento do servidor, a cada cinco anos de efetivo exercício, contados a partir de 1º de janeiro de 2012. Inicialmente, cerca de 41 mil profissionais da Educação já terão direito ao benefício. A promulgação foi assinada pelo presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), deputado Adalclever Lopes; pelo 3° vice-presidente, deputado Inácio Franco; e pelo 1° secretário, deputado Rogério Correia, em um ato público no Salão Nobre.

Durante a solenidade, a secretária de Estado de Educação, Macaé Evaristo, ressaltou que o benefício abre um novo momento da educação no estado e empenho do Governo de Minas Gerais em avançar no reconhecimento e na valorização dos trabalhadores da Educação. “Temos um desafio muito grande a cumprir com os educadores de Minas Gerais e vejo o Adveb como um importante avanço dentro da valorização dos profissionais da Educação, assim como a agenda que nos comprometemos. O tempo de serviço e os anos de dedicação dos professores precisam ser considerados para efeito da sua remuneração”, declara.

promolugacao-macae-capa
Macaé Evaristo ressaltou que o Adveb abre um novo momento da educação no estado. Foto: Guilherme Dardanhan /ALMG.

Continuar lendo Emenda que implementa o Adveb para os servidores da Educação de Minas é promulgada na ALMG