Instituto Cultural Usiminas e CSFX abrem inscrições para curso técnico em teatro


unnamed

Veja notícia em:

https://www.diariodoaco.com.br/ler_noticia.php?id=59625&t=curso-tecnico-em-teatro

Anúncios

MEC libera sistema para consulta de vagas referentes ao ProUni 2018


Estudantes interessados em se candidatar ao segundo processo seletivo de 2018 do Programa Universidade para Todos (ProUni) já podem consultar as vagas disponíveis na página do programa. As inscrições abrem no dia 26 de junho, terça-feira. Serão ofertadas 174.289 vagas, sendo 68.884 integrais e 105.405 parciais, em 1.460 instituições de ensino superior.

Para se candidatar, é necessário ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2017, com um mínimo de 450 pontos e nota superior a zero na redação. Importante lembrar que as notas de outras edições do Enem não valem para pleitear uma bolsa. Além disso, só podem participar alunos brasileiros que não possuem curso superior e que tenham cursado o ensino médio completo na rede pública ou como bolsista integral na rede privada. Também podem solicitar uma bolsa os alunos que fizeram parte do ensino médio na rede pública e a outra parte na rede privada na condição de bolsista ou que sejam deficientes físicos ou professores da rede pública.

O candidato que quiser uma bolsa integral deve ter uma renda familiar per capita de até um salário mínimo e meio. As bolsas parciais de 50% são destinadas aos alunos que têm uma renda familiar per capita de até três salários mínimos. Quem conseguir uma bolsa parcial, e não tiver condições financeiras de arcar com a outra metade do valor da mensalidade, pode utilizar o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Os resultados com a lista dos candidatos pré-selecionados estarão disponíveis na página do ProUni na internet, a partir do dia 2 de julho, para a primeira chamada, e de 16 de julho, para a segunda.

Programa – O ProUni é um programa do Ministério da Educação que concede bolsas integrais e parciais de 50% em cursos de graduação e sequenciais de formação específica em instituições de ensino superior privadas. As instituições que participam do programa têm isenção de alguns tributos.

Na primeira edição do ProUni desse ano, foram ofertadas 242.987 bolsas, sendo 113.863 integrais e 129.124, parciais. Desde que foi criado, em 2004, o ProUni já atendeu 2,5 milhões de estudantes, sendo que 70% com bolsas integrais.

Clique aqui para conhecer mais detalhes do programa.

Confira, nesta página, o número de vagas disponíveis.

Assessoria de Comunicação Social do MEC

TRE e Educação renovam parceria do projeto Eleitor do Futuro


Objetivo é conscientizar o jovem eleitor sobre a importância do voto

O secretário de Estado de Educação de Minas Gerais, Wieland Silberschneider; o presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), desembargador Edgard Penna Amorim; e o procurador Regional Eleitoral, Ângelo Giardini de Oliveira, assinaram, na tarde desta quarta-feira (20/6), um termo de cooperação técnica para mais uma edição do projeto Eleitor do Futuro.

Com foco na formação dos professores para atuarem como multiplicadores – novidade deste ano –, o projeto prevê visitas de juízes e promotores eleitorais e chefes de cartório a escolas do ensino médio para propagar informações aos estudantes sobre democracia, cidadania, partidos políticos, as eleições e o voto. O que se espera é que o jovem eleitor compreenda criticamente o valor e o significado de seu voto no processo democrático, aprimorando continuamente sua forma de participação social e política.
 IMG_2622
Para o presidente do TRE, desembargador Edgard Penna Amorim, é muito importante para a Justiça Eleitoral a celebração dessa parceria para a formação cidadã do jovem eleitor. “O quadro político atual necessita de reafirmarmos que a política é uma atividade imprescindível na democracia. A Justiça Eleitoral tem o papel de ser um catalisador para essa capacitação do jovem, em uma iniciativa pioneira no país”, destacou.
Na opinião do secretário de Educação, Wieland Silberschneider, o Eleitor do Futuro é um projeto importantíssimo para a construção dessa temática da formação cidadã, fundamental em todas as dimensões da educação.
O procurador Regional Eleitoral, Ângelo Giardini, ressaltou que o projeto “já nasce com um selo inegável de qualidade”, referindo-se à Escola Judiciária Eleitoral (Ejemg) – executora do Eleitor do Futuro no âmbito do TRE – e ao diretor de Ensino Médio da Secretaria de Educação, Renato Lopes, que acompanhou a assinatura da parceria. Estiveram presentes também o vice-presidente e corregedor eleitoral, desembargador Pedro Bernardes; o diretor-executivo da Ejemg e juiz auxiliar da Presidência, Luis Fernando Benfatti, e o diretor-geral do TRE, Adriano Denardi.
A parceria foi um dos últimos atos do desembargador Edgard Amorim à frente do TRE, já que nesta quinta-feira (21), o desembargador Pedro Bernardes assume a Presidência do Tribunal.

Com informações da Assessoria de Comunicação do TRE-MG 

Disponível em: http://www.educacao.mg.gov.br

Concurso “Desconstruindo Práticas Machistas No Cotidiano das Escolas” divulga os 10 vídeos vencedores


Votação para escolha da melhor produção será pelo Facebook da Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais até dia 1º/07

08383ede664c7940ab362b918e2d5afd-campanha2

Neste 21 de junho, Dia de luta por uma educação não-sexista e sem discriminação, a Secretaria de Estado de Educação, em parceira com a Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Participação Social e Cidadania de Minas Gerais (SEDPAC), anuncia os 10 vídeos vencedores do concurso pedagógico de vídeos “Desconstruindo práticas machistas no cotidiano da escola” (veja lista abaixo). São produções de estudantes de anos finais do Ensino Fundamental e do Ensino Médio de escolas estaduais de diversas regiões do Estado que se destacam pela criatividade e sensibilidade para com o tema (veja lista abaixo).

O objetivo do concurso foi debater o machismo e a importância da desconstrução dessa prática dentro das escolas. Cada escola estadual pôde enviar dois vídeos, um sobre cada eixo: “Empoderamento de Jovens Meninas”, que trata do reconhecimento das mulheres na sociedade, do seu valor, de suas conquistas e de suas lutas por direitos; e “Meninos Pelo Fim da Violência”, que pretende mostrar os jovens adolescentes como não como protagonistas dos atos violentos, e sim da luta pelo fim deles.

Os vídeos foram totalmente produzidos pelos estudantes, do roteiro à edição, e realizados com celulares, câmeras digitais ou outros equipamentos de filmagem. As inscrições ocorreram entre 08/03 a 18/05 e a seleção foi feita pela equipe de Coordenação de Direitos Humanos e Cidadania da Secretaria de Estado de Educação e da Subsecretaria de Políticas para as Mulheres, da SEDPAC.

Agora, os 10 vídeos selecionados serão exibidos na Página da Secretaria de Estado de Educação no Facebook e, até o dia 1º/07, os internautas poderão votar na melhor produção – a produção que tiver maior número de “likes” será a vencedora.
Todos os vídeos vencedores serão veiculados também na programação da Rede Minas a partir de novembro, após a vedação do período eleitoral, e os estudantes produtores ganharão uma visita ao Plug Minas, em Belo Horizonte, para conhecerem mais sobre o espaço onde o foco é o protagonismo juvenil. Continuar lendo Concurso “Desconstruindo Práticas Machistas No Cotidiano das Escolas” divulga os 10 vídeos vencedores

Boletim semanal – Copa dos livros


Escrevendo o Futuro
21 de junho de 2018
Copa dos livros

Escrevendo o Futuro preparou um campeonato diferente: a Copa dos livros. Selecione obras dos países participantes da Copa do Mundo até chegar ao seu vencedor.

Eu, a leitura e a escrita

Em um relato produzido para o curso Caminhos da Escrita, professora Ildene Carmem Paiva Fernandes, de Bonito (BA), conta como a leitura a acompanhou durante toda a vida.

Uma aposta na formação de professores

Olímpia conversa com professores a respeito do relato de prática, um valioso recurso que possibilita o compartilhamento de estratégias para superar os desafios e de resultados alcançados.

Defensoria Pública da União divulga 4º Concurso de Redação


Estão abertas as inscrições do 4º Concurso de Redação da Defensoria Pública da União – DPU. O tema em 2018 é “Promoção dos Direitos Humanos e Garantia do Acesso à Justiça”, que foi escolhido para celebrar os 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos.

Serão distribuídos tablets para os primeiros colocados em cada estado e três prêmios de R$ 10 mil para as escolas que apresentarem os melhores planos de mobilização.

As Redações e os Planos de Mobilização deverão ser inseridos na Plataforma do Concurso  até o dia 12 de outubro de 2018.

Acesse: https://concursoderedacao.dpu.def.br.

Leia Mais…

cartaz DPU

Capturar

Professores podem se inscrever para participar de oficinas gratuitas sobre saúde e meio ambiente


Atividades são ofertadas pela Olimpíada Brasileira de Saúde e Meio Ambiente (Obsma)

obsma

Professores dos anos finais do Ensino Fundamental e do Ensino Médio podem se inscrever para participar das oficinas gratuitas da Olimpíada Brasileira de Saúde e Meio Ambiente (Obsma). As inscrições devem ser feitas no site www.olimpiada.fiocruz.br/oficinas/inscricao/minas-sul.

As atividades serão realizadas em Belo Horizonte no dia 29 de junho, das 9h às 17h, no Auditório do Instituto René Rachou – Fiocruz Minas, que fica na Av. Augusto de Lima, nº 1.715, no Barro Preto.

As Oficinas Pedagógicas da Obsma são atividades gratuitas de capacitação voltadas a professores da educação básica, que abordam os temas transversais saúde e meio ambiente a partir dos formatos Produção de Texto, Projeto de Ciências e Produção Audiovisual. O objetivo é abrir um espaço de diálogo e troca entre os educadores e a Fiocruz sobre como trabalhar a temática em salas de aula

A competição

A Olimpíada Brasileira de Saúde e Meio Ambiente (Obsma) é um projeto educativo bienal promovido pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) para estimular o desenvolvimento de atividades interdisciplinares nas escolas públicas e privadas de todo o país. Dentre os principais objetivos da Obsma, destacam-se o reconhecimento do trabalho desenvolvido por professores e alunos nas escolas e a cooperação com a divulgação de ações governamentais criadas em prol da educação, da saúde e do meio ambiente.

Fonte: http://www.educacao.mg.gov.br

MEC libera sistema para consulta de vagas referentes ao ProUni 2018


Estudantes interessados em se candidatar ao segundo processo seletivo de 2018 do Programa Universidade para Todos (ProUni) já podem consultar as vagas disponíveis na página do programa. As inscrições abrem no dia 26 de junho, terça-feira. Serão ofertadas 174.289 vagas, sendo 68.884 integrais e 105.405 parciais, em 1.460 instituições de ensino superior. Continuar lendo MEC libera sistema para consulta de vagas referentes ao ProUni 2018

Iniciativa que premia projetos de impacto social de escolas de Ensino Médio recebe inscrições até o dia 25 de junho


Premiação é aberta a professores e alunos de escolas públicas de Ensino Médio de todo o país

d81eccf37f3da11f6c8ddb58d37d2e66-respostasparaoamanha

Professores de Ensino Médio de escolas públicas de todo o país têm até o dia 25 de junho para se inscreverem na 5ª Edição do Prêmio Respostas para o Amanhã, iniciativa da Samsung com coordenação geral do CENPEC – Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária. A proposta é selecionar os melhores projetos desenvolvidos por docentes com seus alunos que mobilizem os conhecimentos das disciplinas de Ciências, Matemática, Física, Química e Biologia para solucionar problemas reais das comunidades onde vivem. Continuar lendo Iniciativa que premia projetos de impacto social de escolas de Ensino Médio recebe inscrições até o dia 25 de junho

Plataforma gratuita relaciona conteúdos aprendidos em sala de aula e noções de programação


CodeLife é uma iniciativa da Fapemig, que tem como parceiros a Secretaria de Educação e o Massachusetts Institute of Technology (MIT)

CodeLife é uma plataforma on-line direcionada a jovens que desejam aprender ou aprimorar habilidades relacionadas à linguagem do futuro: a programação. Gratuita, a iniciativa é resultado de uma parceria entre a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig), a Secretaria de Estado de Educação (SEE) e o Massachusetts Institute of Technology (MIT). Além de ter como foco o ensino e na inserção do jovem no mercado de trabalho, a plataforma relaciona conteúdos aprendidos em sala de aula às noções de programação.

“Tentamos abrir o leque do jovem e demonstrar a importância do conteúdo que ele aprende na escola. Ele vai ter uma visão da programação. Vai poder usar o Inglês, a Matemática, o Português e outras disciplinas. Com esse curso, eles vão ter possibilidades melhores, já que sabemos que o futuro das profissões vai estar ligado à programação”, destaca o assessor da presidência da Fapemig e coordenador da iniciativa, Thiago Borges.

Continuar lendo Plataforma gratuita relaciona conteúdos aprendidos em sala de aula e noções de programação

Aplicativo Censo Localiza já está disponível para Iphones e Androids


O aplicativo Censo Localiza, lançado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) para aprimorar a coleta de dados de localização geográfica das escolas no Censo Escolar 2018, já está disponível na Play Store, para celulares Androids, e na App Store, para Iphones. O app deve ser utilizado pelos usuários do Sistema Educacenso, responsáveis pela declaração de suas escolas.

O objetivo da Diretoria de Estatísticas Educacionais (DEED) com o aplicativo é melhorar as informações sobre a localização das escolas. Isso possibilitará o desenvolvimento de estudos e o acompanhamento de políticas públicas levando em consideração também a análise do território.

O aplicativo registra as informações de localização do GPS dos dispositivos. Para utilizar o app é necessário um celular smartphone com GPS e conexão com a internet. A marcação dos pontos da escola pode ser realizada sem acesso à internet, permitindo que o aplicativo seja usado mesmo em escolas situadas em áreas remotas ou com rede de telefonia móvel indisponível ou precária. De todo modo, os dados salvos no celular devem ser enviados ao Inep assim que o usuário tiver acesso à internet.

No momento da marcação do ponto, é fundamental que o usuário esteja em um local aberto e preferencialmente central da escola para um melhor funcionamento do GPS e precisão da informação. O Inep recomenda que sejam marcados pelo menos quatro pontos por escola para melhorar a consistência da informação. Essas marcações podem ser realizadas em dias e em condições de tempo diferentes.

Clique aqui para ver o tutorial do Censo Localiza

Resultados preliminares do Saeb 2017 já podem ser acessados pelos diretores escolares


O Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) 2017 teve seus resultados preliminares disponibilizados para diretores escolares. Nessa etapa da divulgação, as escolas que participaram e que cumpriram os critérios estabelecidos pela Portaria Inep nº 447/2017terão a oportunidade de conhecer os seus resultados preliminares e  interpor recursos caso não estejam de acordo. Apenas os diretores escolares terão acesso ao sistema de resultados preliminares e mediante cadastro no sistema. Os resultados preliminares estarão disponíveis até 13h59 (Horário de Brasília-DF) de 27 de junho.

Já os resultados finais estão previstos para agosto de 2018. Apenas as escolas e as redes de ensino que cumprirem os critérios estabelecidos pela mesma portaria terão acesso aos seus resultados finais por meio do Boletim da Escola e do Painel Educacional. Todo o conteúdo poderá ser acessado pelo Portal do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Em 2017, cerca de 73 mil escolas participaram do Saeb. A novidade da edição foi a participação, de modo censitário, dos estudantes da 3ª série do Ensino Médio de escolas públicas. As escolas privadas também tiveram a oportunidade de serem avaliadas, mediante adesão. O relatório do SAEB 2017 com informações e dados dos testes e questionários aplicados está previsto para ser divulgado em dezembro deste ano.

Saeb – O Sistema de Avaliação da Educação Básica é realizado periodicamente pelo Inep avaliar a qualidade da educação ofertada no país, oferecendo subsídios para a elaboração, o monitoramento e o aprimoramento de políticas educacionais baseadas em evidências.

Clique aqui para acessar os resultados preliminares

Fonte: INEP (editado)

Resultado do Sisu pode ser consultado pela internet


O Ministério da Educação (MEC) liberou o resultado do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Nesta edição, o programa oferece 57.271 vagas em 68 instituições públicas de ensino superior em todo o país. O resultado pode ser consultado na página do programa na internet.

Os estudantes selecionados deverão fazer a matrícula nas instituições de ensino entre 22 e 28 de junho. Aqueles que não foram selecionados poderão participar da lista de espera que estará aberta de 22 a 27 de junho. A convocação dos candidatos em lista de espera será de 3 de julho a 21 de agosto.

As vagas foram oferecidas em oito instituições públicas estaduais, uma faculdade pública municipal e 59 instituições públicas federais, com dois centros de Educação Tecnológica, 27 institutos federais de Educação, Ciência e Tecnologia e 30 universidades.

Edição: Lílian Beraldo
Agência Brasil

Escolas mineiras iniciam participação na etapa regional do Jemg 2018


A etapa regional será realizada em seis cidades-sede. A regional de Montes Claros teve início nesta segunda-feira (18/06)

Basquete1
Foto: Divulgação Jemg

Os Jogos Escolares de Minas Gerais (Jemg) 2018 chega à etapa regional. Cerca de 14 mil estudantes-atletas em sete modalidades esportivas irão disputar uma vaga para a etapa estadual da competição, que será realizada em Uberaba. Por todo o Estado, os mineiros de escolas públicas e particulares se encontram em seis cidades-sede para as disputas no basquete, futsal, handebol, peteca, vôlei, vôlei de praia e xadrez.

Os municípios de Além Paraíba, Arcos, Formiga, Monte Carmelo e Teófilo Otoni já estão preparados para receber os jovens de 12 a 14 anos no módulo I e de 15 a 17 anos, no módulo II, no período de 25 a 30 de junho. No município de Montes Claros, a etapa regional já começa nesta segunda-feira (18/06) e será realizada até o dia 23 de junho.

Continuar lendo Escolas mineiras iniciam participação na etapa regional do Jemg 2018

Termina hoje o prazo de inscrições para o Sisu


Hoje (15) é o último dia para participar do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Nesta edição, o programa oferece 57.271 vagas em 68 instituições públicas de ensino superior em todo o país. Pode concorrer às vagas quem fez o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2017 e obteve nota acima de zero na redação.

As inscrições são feitas apenas pela internet. O sistema fica aberto até as 23 horas e 59 minutos, no horário de Brasília.

Ao entrar no sistema, o candidato deverá escolher, por ordem de preferência, até duas opções de curso entre as vagas ofertadas. É possível alterar essas opções durante todo o período de inscrição. A última modificação confirmada é a considerada válida.

Hoje também os estudantes podem consultar a última divulgação das notas de corte, ou seja, a nota mínima para ingressar no curso, na modalidade pleiteada. Para calcular a nota de corte dos cursos, por modalidade de concorrência, o Sisu considera o número de vagas disponíveis e o de inscritos até ontem (14). O Ministério da Educação alerta que a nota de corte é, portanto, apenas uma referência e não assegura a classificação final.

As vagas serão oferecidas em oito instituições públicas estaduais, uma faculdade pública municipal e 59 instituições públicas federais, com dois centros de Educação Tecnológica, 27 institutos federais de Educação, Ciência e Tecnologia e 30 universidades.

O resultado da chamada regular está previsto para o dia 18 de junho. O período de matrícula vai de 22 a 28 de junho e o prazo para participar da lista de espera é de 22 a 27 de junho.

Edição: Graça Adjuto
Agência Brasil

Boletim semanal – Perifobia, “a periferia é sempre mais distante”


Escrevendo o Futuro
14 de junho de 2018
Perifobia, “a periferia é sempre
mais distante”

Lilia Guerra, paulistana moradora de Cidade Tiradentes, conta sobre sua formação como leitora e escritora, e reflete a respeito de seu livro de estreia nos contos, o “Perifobia”.

“Dia de Graça”, de Lilia Guerra

Confira o conto “Dia de Graça”, da escritora paulistana Lilia Guerra. O texto faz parte do livro “Perifobia”, lançado em fevereiro de 2018.

III Olimpíada Piauiense de
Língua Portuguesa

Lançada no dia 13/06, iniciativa da Universidade Estadual do Piauí, em parceria com o Consed e a Undime, valoriza a cultura local e aprimora o ensino e a aprendizagem da língua portuguesa.

Cinco dicas para a alimentação temática

Para o estudante “ter o que dizer” no momento de produção de texto, Olímpia dá dicas para o trabalho com a alimentação temática, foco de dúvidas por parte de muitos professores.

Prorrogadas as inscrições para o edital Videocamp de Filmes


unnamed (2)

Desde o lançamento do Edital, que patrocinará em até 400 mil dólares a produção de um filme com o tema “Educação Inclusiva”, o site recebeu mais de uma centena de inscrições, vindas de diversos lugares do mundo – de todos os continentes.

A nova data atende às solicitações de produtores e realizadores, que pediram uma ampliação do prazo inicial (21 de junho) para finalizar seus projetos.

As inscrições seguem disponíveis no site do edital (link aqui). A página reúne, além de informações sobre como se inscrever, amplo material sobre o tema “Educação Inclusiva” – a ideia de que uma educação que integra pessoas com e sem deficiência em um mesmo ambiente de aprendizado é boa para todos (acesse aqui).

Inscreva-se aqui!

Fonte: http://editalcocacola.videocamp.com/

Último mês de inscrições para a 5ª edição do Prêmio Respostas para o Amanhã


banner_rpa_ultimo_mes (2)

Prêmio Respostas para o Amanhã, uma iniciativa da Samsung com coordenação geral do CENPEC – Centro de Estudos e Pesquisa em Educação, Cultura e Ação Comunitária, tem o apoio da UNESCO, Reduca, OEI, Consed e outras instituições comprometidas com a educação de qualidade para todas as crianças, adolescentes e jovens brasileiros.

A proposta é estimular e difundir projetos desenvolvidos por alunos do Ensino Médio da rede pública de ensino, sob coordenação de um professor das áreas das Ciências da Natureza e da Matemática, acessando os conteúdos curriculares na busca de soluções capazes de resolver os problemas identificados nas comunidades onde vivem.

Realizado desde 2014 em vários países da América Latina, o Prêmio Respostas para o Amanhã já mobilizou mais de 106 mil estudantes, 7.300 professores de cerca de 3.321 escolas de todo o Brasil.

Sua proposta pedagógica tem enfatizado a importância de trabalhar o conceito da sustentabilidade na escola; o desenvolvimento da pesquisa no campo científico, articulando conteúdos curriculares com as questões cotidianas, teoria e prática; e o engajamento das turmas em sua totalidade, valorizando o trabalho colaborativo e em coautoria com toda a classe e articulando escola e comunidade.

Nesta edição, temos algumas novidades em relação à premiação dos projetos vencedores:

• Entrega de 1 (um) notebook e um Selo Digital de Vencedor Regional para as respectivas escolas vencedoras regionais; 
• Ampliação da visibilidade dos projetos Vencedores Regionais com a inclusão dos 25 vídeos concorrentes na votação pelo Júri Popular e dos relatos de prática dos Vencedores Regionais de 2018 em um e-book, a ser disponibilizado no site do Prêmio;
• Premiação dos 5 (cinco) projetos Vencedores pelo Júri Popular com 01 (um) troféu pelo título de “Projeto Vencedor pelo Júri Popular”, destinados às Instituições de Ensino a que pertencem os Professores e Alunos e um Selo Digital como Vencedor pelo Júri Popular;
• Valorização dos 3 (três) projetos Vencedores Nacionais com a maior premiação: um Intercâmbio Científico – Cultural de 03 (três) dias para os professores e alunos responsáveis dos Projetos a ser realizada na Cidade de São Paulo, no mês de outubro de 2018 e um Selo Digital de Vencedor Nacional.

As inscrições vão até o dia 25 de junho e devem ser feitas pelos professores através do site do Prêmio Respostas para o Amanhã (www.respostasparaoamanha.com.br).

(Divulgação Cenpec)

Disponível em: http://www.abc.org.br

SRE DE CORONEL FABRICIANO LANÇA CONCURSO LITERÁRIO INSPIRADO NO MOVIMENTO MAIO AMARELO


Podem participar estudantes das escolas das redes pública e privada da regional

Com o tema Segurança no Trânsito. Todos somos responsáveis!”, a Superintendência Regional de Ensino de Coronel Fabriciano promove o Concurso de frases, poemas, notícias, produções de textos dissertativos, crônicas e memórias, envolvendo estudantes do Ensino Fundamental, Ensino Médio, Cursos Profissionalizantes e EJA, abrangendo as escolas públicas e privadas da jurisdição.

Pautado no Movimento Maio Amarelo o Concurso tem o objetivo de trabalhar a concepção de trânsito muito além do mero conhecimento de leis e regras, mas proporcionar aos estudantes momentos de análise reflexiva sobre a realidade. Estimulando o exercício da cidadania, da ética e da democracia, possibilita-se que as mudanças de postura se concretizem e resultem num trânsito mais seguro e humanizado, contribuindo para a preservação da vida.

Poderão participar estudantes do Ensino Fundamental (1º ao 9º ano de escolaridade), Ensino Médio, Cursos Profissionalizantes e EJA, abrangendo as escolas das redes pública e privada da regional, orientados por um professor de Língua Portuguesa (Professor Orientador), de acordo com as categorias:

a) Categoria I – Estudantes do 1º ao 3º ano do Ensino Fundamental (Frase).

b) Categoria II – Estudantes do 4º e 5º anos do Ensino Fundamental (Poema).

c) Categoria III – Estudantes do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental (Notícia).

d) Categoria IV – Estudantes do Ensino Médio – 1º ao 3º ano (Texto Dissertativo).

e) Categoria V – Estudantes de Cursos Profissionalizantes: Rede Estadual de Educação Profissional (REDE), Mediotec, Pronatec e Curso Normal – Professor de Educação Infantil (Crônica).

f) Categoria VI – Estudantes da Educação de Jovens e Adultos do Ensino Fundamental e Ensino Médio – EJA (Memória).

Cada Instituição de Ensino poderá enviar somente 01 (um) trabalho por modalidade, de acordo com o tema estabelecido. Os trabalhos selecionados deverão ser protocolados na SRE de Coronel Fabriciano até o dia 17 de julho.

Confira o Regulamento na íntegra:

CONCURSO “Segurança No Trânsito. Todos somos responsáveis!”

 

Concurso literário Caminhos do Mercosul recebe inscrições


Trabalhos podem ser enviados até o dia 02 de julho

Que tal viver uma experiência de aprendizagem expandindo os conhecimentos entre os povos do Mercosul? Se você é estudante do ensino médio de escola pública ou privada, está regularmente matriculado e tem a curiosidade como combustível para aprender mais, chegou a hora de testar suas habilidades na 14ª edição do Concurso Histórico Literário Caminhos do Mercosul.

A competição, cujas inscrições estão abertas, é uma iniciativa do Setor Educacional do Mercosul e tem como objetivo fortalecer a identidade dos jovens dos países-membros, ampliando os conhecimentos, desenvolvendo a integração regional, respeitando e promovendo a diversidade cultural e a cultura de paz entre os povos. Promovido pelo Ministério da Educação da Argentina, no Brasil ele é gerenciado pela Assessoria Internacional do Ministério da Educação.

Neste ano, a organização escolheu o tema “100 anos da Reforma Universitária: o movimento que transformou a educação universitária na América Latina”. Haverá o desenvolvimento de subtemas relacionados a movimentos estudantis surgidos a partir da reforma de 1918, atuação de líderes estudantis na América Latina, alcance e influências do movimento estudantil nas universidades argentinas e latino-americanas, e compromisso da universidade na América Latina em defesa da democracia.

Regulamento

Para concorrer, o estudante deve escolher um dos subtemas apresentados e elaborar um trabalho original em algum dos seguintes formatos: investigação histórica, monografia, ensaio ou texto literário (narração, contos curtos). O material deverá respeitar os requisitos exigidos no regulamento e ser redigido em português ou espanhol. A comissão julgadora avaliará, entre outros pontos, pertinência ao tema, criatividade do trabalho, desenvolvimento das ideias e correção ortográfica e gramatical.

Além de estar devidamente matriculados no ensino médio de escolas públicas ou privadas, os estudantes também devem ter nascido, exclusivamente, entre os anos de 2001 e 2002. É necessário ter boa atuação escolar, avaliada pela frequência, conduta e rendimento, e capacidade para conviver com jovens de diferentes culturas e crenças religiosas.

Os interessados na disputa devem reunir todos os documentos exigidos digitalizados, em formato PDF, preencher o formulário de inscrição com as informações requeridas e enviar, preferencialmente por mensagem eletrônica. No assunto da mensagem, o aluno deve escrever apenas o texto “Inscrição Concurso Caminhos do Mercosul 2018 – pseudônimo”. O prazo final para ter o envio dos trabalhos e a inscrição validados é até as 23h59min (horário de Brasília), de 2 de julho. Os vencedores serão conhecidos no dia 27 do mesmo mês.

Os autores dos três melhores trabalhos serão premiados com uma viagem acadêmica e cultural à Argentina, que será realizada no mês de outubro de 2018, e um certificado de participação emitido pelo MEC, além da publicação e divulgação do trabalho nos meios de comunicação.

Acesse o regulamento do prêmio 

Obtenha outras informações pelos telefones: (61) 2022-7885 ou 2022-7813.

Com informações da Assessoria de Comunicação Social do Ministério da Educação

Disponível em: http://www.educacao.mg.gov.br

Inscrições para Jovem Aprendiz dos Correios terminam hoje


Termina hoje (11) o prazo para se inscrever no Programa Jovem Aprendiz dos Correios. Estão sendo ofertadas, ao todo, 4.983 vagas em todo o país, além da formação de cadastro reserva.

Para concorrer, o candidato deve ter entre 14 e 22 anos – com exceção para pessoas com deficiência, quando não há limite de idade. Também é preciso estar matriculado na escola e cursando, no mínimo, o 9º ano do ensino fundamental.

A seleção, de acordo com os Correios, será simplificada, realizada por meio da comprovação de requisitos referentes a renda familiar, aprovação escolar, série atual e participação em projetos sociais, a partir de pontuação detalhada no edital.

Mais informações sobre o Programa Jovem Aprendiz, além do edital e do link para inscrições, estão disponíveis no site dos Correios.

Agência Brasil

Lista de vagas do Sisu está disponível; inscrições começam amanhã


Os estudantes que querem concorrer a um lugar no ensino superior em instituições públicas podem consultar as vagas disponíveis no Sistema de Seleção Unificada (Sisu). É possível fazer consultas por curso, por instituição de ensino e por município. As inscrições para o segundo semestre começam amanhã (12) e vão até o dia 15.

Neste processo seletivo, o Sisu vai oferecer 57.271 vagas em 68 instituições públicas de ensino superior, segundo o Ministério da Educação.

Pode concorrer às vagas quem fez o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2017 e obteve nota acima de zero em redação. Todo o processo de inscrição é feito exclusivamente pela internet, na página do Sisu.

Ao ingressar no sistema, o candidato deverá escolher, por ordem de preferência, até duas opções de curso entre as vagas ofertadas. É possível alterar essas opções durante todo o período de inscrição. A última modificação confirmada é a considerada válida.

As vagas serão oferecidas em oito instituições públicas estaduais, uma faculdade pública municipal e 59 instituições públicas federais, com dois centros de educação tecnológica, 27 institutos federais de educação, ciência e tecnologia e 30 universidades.

O resultado da chamada regular está previsto para o dia 18 de junho. O período de matrícula vai de 22 até 28 de junho e o prazo para participar da lista de espera é de 22 a 27 de junho.

Edição: Graça Adjuto
Fonte: Agência Brasil

Estão abertas as inscrições para curso de Engenharia Metalúrgica do CEFET-MG em Timóteo


Encontram-se abertas inscrições para 40 vagas no curso superior de Engenharia Metalúrgica, com aulas no turno noturno. O curso inicia sua primeira turma no segundo semestre de 2018, na unidade de Timóteo.

O processo seletivo está aberto aos candidatos que concluíram o ensino médio ou equivalente e que realizaram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), edição 2017, obtendo uma nota mínima de 500 pontos na Redação e 450 pontos em cada uma das demais provas. Não há cobrança de taxa de inscrição ou de mensalidades.

O curso de Engenharia Metalúrgica é uma proposta antiga do CEFET-MG para a região, tendo sido anunciado pela primeira vez no ano de 2011.

Leitura do edital é fundamental

As primeiras vagas são destinadas apenas a quem já fez o Enem do ano anterior. “A decisão considerou o pouco tempo que tínhamos para iniciar o curso neste ano e de 2018 ser um ano eleitoral”, explicou Evaldo Sérgio de Souza, diretor-adjunto do CEFET-MG Campus Timóteo.

Essas e outras informações sobre o ingresso no curso encontram-se disponíveis no edital 055/2018, publicado no Diário Oficial da União do dia 30 de maio. Informações e inscrições acontecem por meio da Internet no site da instituição, em www.timoteo.cefetmg.br/estudeaqui

Por Leonardo Lacerda Alves / Diretoria do CEFET-MG Campus Timóteo 

Fonte: http://www.timoteo.cefetmg.br

 

Cadastramento Escolar 2019 começa hoje (11/06)


O Cadastramento Escolar para crianças e jovens que desejam ingressar no ensino fundamental da rede pública de ensino em 2019 será realizado entre os dias 11 e 22 de junho. Unificado para as redes municipais e estadual de Minas Gerais, o cadastro é fundamental para o aluno garantir uma vaga em uma escola próxima de sua residência. O Cadastramento em todo o Estado deverá ser feito pela internet, no site da Secretaria de Estado de Educação (SEE), com exceção dos estudantes da capital, que devem se inscrever no site da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte.

Deverá ser inscrito, o candidato que completar seis anos até 30 de junho de 2019; o candidato a uma vaga nos demais anos ou ciclos do Ensino Fundamental nas redes públicas de ensino; e o candidato ao curso de Educação de Jovens e Adultos (EJA). Não deverá inscrever-se no Cadastro Escolar o aluno já matriculado no Ensino Fundamental nas redes públicas.

A inscrição do candidato deverá ser realizada pelo pai, mãe ou responsável que seja maior de 18 anos. Os jovens maiores de 18 poderão fazer a sua própria inscrição. O cadastramento para os candidatos com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades/superdotação também será realizado através de formulário eletrônico disponibilizado na Internet, no portal da SEE.

Os pais ou responsáveis poderão acessar o portal da Secretaria de Educação de qualquer computador ou dispositivos móveis com acesso à Internet para cadastrar o candidato. Aqueles que não têm acesso à Internet podem procurar a Secretaria Municipal de Educação do seu município.

Continuar lendo Cadastramento Escolar 2019 começa hoje (11/06)

Em visita a Minas Gerais, rei de Ifé conhecerá projeto desenvolvido por estudantes de escola estadual de Sabará


Agenda em Minas Gerais acontecerá entre os dias 14 e 17 de junho e prevê ainda conferência para professores com o escritor Prêmio Nobel de Literatura, Professor Wole Soyinka

rei
Rei Oba Adeyeye Enitan Ogunwusi está em Minas Gerais entre os dias 14 e 17 de junho. Foto: Divulgação

O Brasil é o segundo maior país em população negra no mundo. Estreitar laços e perceber o quanto a cultura Yorubá está presente no cotidiano do país são objetivos da delegação nigeriana que visita Minas Gerais entre os dias 14 e 17 de junho. A delegação contará com a presença do rei de Ifé, na Nigéria, Oba Adeyeye Enitan Ogunwusi, de oficiais de governo, políticos, representantes de grupos religiosos e culturais, acadêmicos e empresários do setor privado, além do escritor Prêmio Nobel de Literatura, professor Wole Soyinka.

A agenda no Estado prevê ações voltadas para a Educação. No dia 15 de junho, a comitiva visitará a Escola Estadual Professor Zoroastro Vianna Passos, em Sabará, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A instituição é uma das 94 escolas da rede estadual de ensino que participam do “Núcleo de Pesquisas e Estudos Africanos, Afro-brasileiros e da Diáspora” (Ubuntu/Nupeaa’s), iniciativa do Governo de Minas que compõe o Programa de Iniciação Científica no Ensino Médio e que tem seus projetos estruturados a partir da linha de pesquisa Cultura, História, Trajetórias Político-Sociais e Científicas dos Africanos e Descendentes em Diáspora. A ação faz parte da Campanha AfroConsciência.

Na escola, o rei Oba Adeyeye Enitan Ogunwusi conhecerá o projeto, que tem por objetivo pesquisar o empoderamento de alunos negros no mercado de trabalho. A iniciativa teve início em 2017 e envolve 11 alunos-pesquisadores. “São alunos do 3º ano do Ensino Médio. Já trabalhamos como fazer pesquisa, as condições do negro no mercado de trabalho brasileiro, dados sobre esse mercado, entre outros pontos. Agora vamos abrir as discussões e convidar mais alunos da escola. As atividades deverão ser realizadas no contraturno”, conclui o professor de História da Escola Estadual Professor Zoroastro Vianna Passos, Helder Junio de Souza. Na cidade histórica, o rei participará ainda de um Culto Ecumênico na Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos.

Já no dia 16 de junho, 300 professores da educação básica (200 estaduais e 100 da rede municipal de ensino) participarão de uma conferência, no Hotel Ouro Minas, com o escritor Prêmio Nobel de Literatura, Professor Wole Soyinka. Ele foi agraciado em 1986 e é considerado um dos dramaturgos mais notáveis da África.

Pela rede estadual de ensino, serão convidados os professores-pesquisadores que atuam no “Núcleo de Pesquisas e Estudos Africanos, Afro-brasileiros e da Diáspora” (Ubuntu/Nupeaa’s), e educadores de Belo Horizonte e Região Metropolitana.

A temática na rede estadual

Nas escolas da rede estadual de ensino, são constantes as discussões envolvendo eixos da diversidade e a valorização da cultura negra. A Secretaria de Estado de Educação (SEE) lançou no início de 2015 a Campanha AfroConsciência, que tem o objetivo de fomentar, por meio de diferentes iniciativas, ações nas unidades escolares para a superação do preconceito racial, na busca pelo reconhecimento e valorização da história e da cultura dos africanos na formação da sociedade brasileira, além de iniciativas que enfrentem o racismo e promovam a igualdade racial no âmbito educacional no Estado. A base da Campanha AfroConsciência é a Lei nº 10.639, de 9 de janeiro de 2003, que tornou obrigatório o ensino de história e cultura afrobrasileira nos estabelecimentos de ensino fundamental e médio, oficiais e particulares no Brasil. Continuar lendo Em visita a Minas Gerais, rei de Ifé conhecerá projeto desenvolvido por estudantes de escola estadual de Sabará

Inscrições prorrogadas para o dia 28 de junho


Interessados em participar da 11ª edição do Prêmio Professores do Brasil (PPB) ganharam mais um prazo: as inscrições foram prorrogadas e podem ser feitas até 28 de junho, conforme portaria publicada nesta segunda, 28, no Diário Oficial da União. Voltado para professores da educação básica da rede pública, o PPB vai selecionar práticas pedagógicas que contribuam para a melhoria dos processos de ensino e aprendizagem dos alunos em sala de aula. Os vencedores nacionais serão conhecidos em 29 de novembro, no Rio de Janeiro.

Iniciativa do Ministério da Educação com apoio de instituições parceiras, a premiação vai distribuir, este ano, R$ 305 mil aos vencedores, bem como viagens educativas pelo Brasil e pelo exterior e placas para as escolas das experiências selecionadas. “Além de ser a oferta de uma boa formação ao professor, valorizar também é mostrar aquilo de bom que os educadores fazem pelo Brasil”, destaca o ministro da Educação, Rossieli Soares.

“Pedimos que os professores evitem deixar as inscrições para os últimos dias, para não enfrentarem transtornos de dificuldades de acesso”, recomenda o coordenador-geral de apoio a certames e programas especiais do MEC, Joselino Goulart Junior. No sistema da inscrição, o professor pode participar de um curso on-line com orientações para registrar sua experiência pedagógica.

O PPB é dividido em três etapas: estadual, regional e nacional. Os participantes vão concorrer nas categorias educação/creche, educação infantil/pré-escola, anos iniciais do ensino fundamental/primeiro, segundo e terceiro anos, anos iniciais do ensino fundamental/quarto e quinto anos, anos finais do ensino fundamental/sexto ao nono ano e ensino médio.

Categorias – Na etapa estadual, os três primeiros colocados em cada categoria receberão certificados, e o vencedor, um troféu. Na regional, os vencedores ganham R$ 7 mil, troféu e viagem oferecida pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), autarquia vinculada ao MEC. Na categoria nacional, são mais R$ 5 mil e troféu.

Além dessas, os professores podem concorrer em uma das cinco categorias nas temáticas especiais: O esporte como estratégia de aprendizagem, Uso de tecnologias de informação e comunicação no processo de inovação educacional, Boas práticas no uso de linguagens de mídia para as diferentes áreas do conhecimento no ensino fundamental e médio, Práticas inovadoras de educação científica e Educação empreendedora. A premiação para as temáticas especiais destina R$ 5 mil aos professores vencedores ou s escolas, além de viagens e participação na programação da TV Escola.

Nos próximos dias 4 e 5 de junho, será realizada a formação presencial dos coordenadores estaduais do prêmio, no hotel Sesc Porto Cercado, em Poconé (MT). A divulgação dos vencedores na etapa estadual e dos 162 selecionados para a etapa regional está prevista para 21 de agosto. Os 30 selecionados para a etapa nacional e os selecionados para a premiação especial devem ser anunciados em 11 de outubro.

Histórico – Ao longo de dez edições, o PPB teve participação de 44.286 professores da educação básica de todo o país. Ao todo, 334 foram premiados. Em 2005 e 2007, participaram apenas docentes da educação infantil e dos anos iniciais do ensino fundamental. A partir de 2008, o reconhecimento foi estendido a toda a educação básica, com a inclusão dos anos finais dos ensinos fundamental e médio.

Veja aqui a relação dos vencedores da edição do PPB de 2017.

Clique aqui para fazer sua inscrição.

Confira a portaria publicada no Diário Oficial da União.

Assessoria de Comunicação Social do MEC

Boletim semanal – Literatura como direito humano


Escrevendo o Futuro
30 de maio de 2018
Literatura como direito humano

Em cartaz até 12 de agosto, em São Paulo, Ocupação Antonio Candido evidencia, por meio de documentos, vídeos e obras, pensamentos de um dos maiores intelectuais brasileiros.

Copa do Mundo: quiz literário

Vem aí o campeonato esportivo que mobiliza o mundo inteiro! E para entrar no clima, preparamos um jogo especial sobre escritores de diferentes países participantes da Copa. Confira!

Inquietações de uma vice-diretora sobre produção textual

A pergunta da semana, enviada por uma gestora, fala sobre alunos de 4º e 5º anos que apresentam muitas dificuldades, quando o assunto é produção de textos. Confira a resposta de Olímpia.

Dados da matrícula inicial começam a ser coletados


O sistema Educacenso foi aberto nesta quarta-feira, 30/5, para a coleta de dados da matrícula inicial da educação básica e ficará disponível até 31 de julho. Essa é a primeira etapa da coleta de dados do Censo Escolar, realizado anualmente pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), autarquia do Ministério da Educação, por meio de sua Diretoria de Estatísticas Educacionais (Deed) e da Coordenação Geral do Censo da Educação Básica (CGCEB). Todas as escolas brasileiras deverão informar os dados ao Censo Escolar.

Na matrícula inicial são coletados dados de escolas, turmas, alunos e profissionais escolares em sala de aula de todos os estabelecimentos públicos e privados de educação básica e educação profissional. Uma das novidades desta edição é o aplicativo Censo Localiza, que permitirá aos usuários registrar a localização geográfica das escolas. A utilização do aplicativo é restrita aos níveis de acesso Superusuário e Executor do Educacenso. O Censo Localiza poderá ser baixado no Google Play Store, para celulares Android, e na App Store, para Iphones.

As informações coletadas pelo Censo Escolar 2018 devem ser preenchidas pelo diretor ou responsável pela escola, com apoio das secretarias municipais e estaduais de educação, diretamente no sistema Educacenso. Na página do Censo Escolar no Portal do Inep é possível conferir informações detalhadas sobre a matrícula inicial, assim como ter acesso aos documentos que orientam o preenchimento dos dados. As informações declaradas no Censo Escolar devem ser precisas, pois são elas que dão subsídios para o repasse de recursos do governo federal, além de orientar as políticas públicas de educação.

Censo – Principal instrumento de coleta de informações da educação básica, coordenado pelo Inep e realizado em regime de colaboração entre as secretarias estaduais e municipais de educação e com a participação de todas as escolas públicas e privadas do país, abrange as diferentes etapas e modalidades da educação básica: ensino regular; educação especial; educação de jovens e adultos (EJA); educação profissional.

Assessoria de Comunicação Social do MEC

Matemática, geografia e fisiologia são destaques do Hora do Enem


A semana de 4 a 8 de junho do programa Hora do Enem promete muito estudo e diversão para os telespectadores. Os destaques ficarão para as disciplinas de matemática, geografia, língua portuguesa, biologia e redação, com a resolução de questões de provas de edições anteriores do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

O programa de segunda-feira, 4, será voltado para a matemática. O professor Fellipe Coelho abordará o cálculo de área, tomando como exemplo a questão 140 do caderno azul do Enem 2017, que será resolvida pelo docente. O capítulo também irá apresentar um bate-papo com a youtuber Julia Jaccoud, do canal A Matemaníaca. Graduada em matemática, a jovem falará sobre sua página, que aborda, de forma divertida e criativa, a matemática como forma de arte. Julia contará como teve a ideia de criar o canal e a forma de interagir com os mais de 40 mil seguidores.

Na terça-feira, 5, o assunto é geografia. O espaço agrário é o tema da questão 80 do caderno azul do Enem 2017, que será resolvida pelo professor Roberto Marques. O programa traz, ainda, uma entrevista com o cientista natural Roberto Greco, coordenador da Olimpíada Brasileira de Geografia.

A segunda parte do especial sobre Machado de Assis será veiculado na quarta-feira, 6. O entrevistado será, mais uma vez, Silviano Santiago, crítico, escritor e especialista no autor. O programa também trará o professor Luis Herculano.

Na quinta-feira, 7, o tema central do Hora do Enem é biologia, com foco em filogenética e fisiologia humana. O professor Eduardo Galves faz uma revisão dos principais tópicos da biologia no Enem e resolve as questões 98 e 100 do caderno azul do exame de 2017.

A semana será fechada com redação. O programa da sexta-feira, 8, vai abordar os desafios da educação na terceira idade do Brasil. O professor Marcos Machado apresentará a Land Vieira os argumentos que podem ajudar os estudantes a mandarem bem na redação.

Hora do Enem é exibido diariamente na TV Escola às 7h, com reapresentações às 13h e às 18h. Aos sábados e domingos, maratonas reexibem os episódios da semana. Todos os programas estão disponíveis no portal da TV Escola e no canal da emissora no Youtube.

Acesse a página da TV Escola na internet.

Acesse o canal da emissora no Youtube.

Assessoria de Comunicação Social do MEC

Superintendência Regional de Ensino de Coronel Fabriciano realiza reunião com representes de turma, professores e diretores


Objetivo foi discutir ações voltadas para o protagonismo juvenil

A Superintendência Regional de Ensino (SRE) de Coronel Fabriciano está estimulando os estudantes das escolas da rede estadual a criarem espaços de participação no dia a dia da vida escolar e coletivos que tenham como foco o protagonismo juvenil. Na última terça-feira (22/05), foi realizada uma reunião com professores, diretores e alunos do Ensino Médio das 44 escolas estaduais da regional.

coronelfabriciano23
Reunião foi realizada ontem (22/05). Foto: Divulgação SRE

“Foi uma reunião para divulgar as orientações referentes aos coletivos juvenis, ao grêmio estudantil, as ações de monitoramento da Proposta de Redesenho Curricular do Ensino Médio e trocar informações entre os representantes de turmas do Ensino Médio. Foi um momento também para conhecer esses representantes e para que eles possam nos conhecer também. Agora, vamos acompanhar as ações desenvolvidas por eles mais de perto”, destaca Flávia Nunes Peron, integrante do Núcleo de Ensino Médio, Educação Profissional e Juventudes da equipe pedagógica da SRE de Fabriciano. Ainda segundo Flávia, nas escolas da regional, os estudantes já se mobilizam. “Temos algumas escolas que têm grêmio organizado, mas falta instituir formalmente”, conclui.

Artur Arruda de Souza, aluno 2º ano do Ensino Médio da Escola Estadual Alberto Giovannini, em Coronel Fabriciano, ressalta a importância da aproximação com a regional. “Aqui na escola optamos por não fazer um grêmio, mas sim coletivos. Já até temos alguns funcionando. Sobre a reunião, foi muito bom ter esse espaço. A regional sempre está presente em nossas discussões”, comentou o estudante.

Fonte: http://www.educacao.mg.gov.br (título editado)

Veja mais fotos: 

 

Concurso de redação e desenho da CGU está com inscrições abertas


Inscrições devem ser feitas até o dia 31 de agosto

concurso

Com o objetivo de despertar nos estudantes o interesse por assuntos relacionados ao controle social, à ética e à cidadania, por meio do incentivo à reflexão e ao debate destes assuntos nos ambientes educacionais, na família e na comunidade, o Ministério da Transparência e a Controladoria Geral da União (CGU) promove, anualmente, o Concurso de Desenho e Redação da CGU. Na edição de 2018, que tem como tema “Ser honesto é legal!”, as inscrições podem ser feitas até o próximo dia 31 de agosto.

O concurso, realizado desde 2007, é direcionado a estudantes regularmente matriculados em escolas públicas e privadas de todo o Brasil. Assim, o público alvo são alunos da educação básica e da Educação de Jovens e Adultos (EJA). Dividida em 14 categorias, a competição já mobilizou, nesses 11 anos, mais de dois milhões de participantes.

Nas categorias do 1º ao 5º ano do ensino fundamental, os alunos poderão concorrer com trabalhos do tipo desenho. Já os trabalhos do tipo redação devem ser inscritos por candidatos das categorias do 6º ao 9º ano do ensino fundamental e 1º ao 3º ano do ensino médio, incluindo estudantes matriculados na modalidade EJA. Há ainda a categoria Escola Cidadã, pela qual as escolas poderão concorrer com trabalhos do tipo plano de mobilização, que subentende o planejamento de estratégias de mobilização para debater o tema do concurso com os alunos por meio de atividades conduzidas no ambiente escolar ou na comunidade. Continuar lendo Concurso de redação e desenho da CGU está com inscrições abertas

Banco de questões auxilia alunos na preparação para a 14ª edição da Obmep


Banco é composto por questões e soluções de todas as edições da Olimpíada

1448518cfd8d8e0533763e2e6c7a244b-OBMEPcartazmenor

Alunos inscritos na 14ª edição da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep) têm acesso a um reforço a mais na preparação para a competição. Eles podem utilizar o banco de questões oferecido pela Obmep. São provas e soluções de todas as edições da Olimpíada que estão disponíveis no site www.obmep.org.br/provas.

Outra ferramenta que pode auxiliar na preparação dos estudantes é o aplicativo “Desafios da Matemática”. Criado em comemoração ao Biênio da Matemática 2017-2018, o aplicativo estimula o raciocínio e a lógica, apresentando um problema por dia em três níveis diferentes: iniciante, intermediário e avançado. Os problemas são criados pelos professores da OBMEP (Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas), a partir do Banco de Questões da OBMEP e da OBM (Olimpíada Brasileira de Matemática), além de contribuições de pesquisadores do IMPA (Instituto de Matemática Pura e Aplicada). Confira aqui orientações para baixar o aplicativo.

As provas da primeira fase da Obmep serão aplicadas no dia 05 de junho para 18.237.996 estudantes de escolas públicas e privadas de todo o país. Em Minas Gerais, 1.882.727 alunos se inscreveram, sendo 1.496.902 de escolas estaduais, 312.963 são de escolas municipais, 25.989 de escolas federais e 46.873 de escolas particulares.

A Obmep

De acordo com o cronograma da competição, a segunda fase será realizada no dia 15 de setembro. A divulgação dos vencedores está marcada para 21 de novembro. Premiados com medalha de ouro, prata ou bronze têm garantido o ingresso em programas de iniciação científica.

A Obmep é realizada pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA), com apoio da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM). Criada em 2005, é promovida com recursos do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e do Ministério da Educação (MEC). A competição contribui para estimular o estudo da Matemática no Brasil, identificar jovens talentosos e promover a inclusão social pela difusão do conhecimento.

Participação mineira na competição

Em 2017, os estudantes mineiros colocaram o estado no lugar mais alto do pódio da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Púbicas (Obmep) 2017. Minas Gerais foi o estado com o maior número de medalhas na competição, entre as escolas públicas. Foi a 11ª vez consecutiva que Minas Gerais ficou em primeiro lugar em número de alunos medalhistas. Ao todo, foram 1.448 medalhas, sendo 119 de ouro, 381 de prata e 948 de bronze. O segundo estado com mais premiações é São Paulo, com 94 de ouro, 274 de prata, 914 de bronze.

Fonte: http://www.educacao.mg.gov.br

Conselho Nacional de Educação abre espaço para sugestões à última versão da BNCC


Órgãos, entidades, associações e interessados em contribuir com a melhoria da educação no Brasil já podem oferecer suas contribuições à última versão da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), entregue em abril ao Conselho Nacional de Educação (CNE) pelo MEC. Nesta quarta, 16, o CNE liberou uma ferramenta para que os interessados possam enviar suas sugestões: formulários virtuais, disponíveis na aba “contribuições” da página das audiências públicas na internet.

Segundo o presidente da comissão bicameral que analisa a BNCC, César Callegari, também membro da Câmara de Educação Básica, o objetivo é “sistematizar as informações e facilitar o recebimento pelo CNE, para, depois, ser utilizado pelos relatores no momento de preparar o parecer e a resolução finais”. Essa ferramenta, destaca, também “dará voz a todos interessados na discussão, em especial professores e alunos envolvidos no processo.” Continuar lendo Conselho Nacional de Educação abre espaço para sugestões à última versão da BNCC

Estudantes têm prazo até esta sexta, 18, para se inscrever


Estudantes que desejam fazer as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 devem ficar atentos. O prazo para fazer a inscrição acaba nesta sexta-feira, 18, às 23h59 (horário de Brasília). Até o momento, o monitoramento feito pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), autarquia federal vinculada ao Ministério da Educação, que aplica o exame, registrou mais de 5,5 milhões de inscritos.

O Inep lembra que a data limite para que os interessados paguem a taxa de inscrição, pela Guia de Recolhimento da União (GRU), no valor de R$ 82, termina em 23 de maio, quarta-feira da próxima semana. O órgão recomenda, no entanto, que quem pagou este valor retorne à Página do Participante para conferir a situação de sua inscrição. A confirmação do pagamento do boleto pela instituição bancária pode levar de três a cinco dias úteis.

Para a edição 2018 do Enem, 3.361.468 pessoas já estão beneficiadas com a gratuidade por se enquadrarem em um dos quatro perfis que davam direito à isenção. Neste caso, o Inep faz outro alerta: mesmo com o benefício, esses candidatos precisam se inscrever. Excepcionalmente este ano, em função da mudança no formato que separou a isenção da inscrição, todos os concluintes do ensino médio em 2018, e que estudam em escola da rede pública, estão isentos.

O Inep também reforçou que a gratuidade está garantida mesmo para aqueles concluintes que eram treineiros em 2017 e faltaram às provas, e para aqueles que, por algum motivo, não solicitaram a isenção, em abril. Os concluintes da rede pública, dessa forma, estão dispensados de pagar a taxa de inscrição do exame 2018.

Cores – Durante o procedimento de preenchimento de dados, apenas duas opções de mensagens aparecem ao final da inscrição. O participante verá a mensagem “Inscrição concluída com sucesso” ou outra constando a informação “Inscrição aguardando o pagamento da GRU”, juntamente com a imagem da GRU, que é um boleto do Banco do Brasil.

A frase “Inscrição concluída com sucesso”, em verde, aparece para todos os participantes que estão isentos do pagamento da taxa de inscrição do exame. Três tipos de participantes estão nessa situação: participante com solicitação de isenção da taxa de inscrição aprovada; concluinte do ensino médio, em 2018, em escola da rede pública, que se ausentou em 2017 e teve justificativa de ausência reprovada; e concluinte do ensino médio, em 2018, em escola da rede pública, que não solicitou isenção.

Já a mensagem “Inscrição aguardando o pagamento da GRU”, em vermelho, juntamente com um boleto do Banco do Brasil, aparece para todos os participantes que precisam pagar a taxa de inscrição do Enem 2018, até 23 de maio, por não se enquadrarem nos critérios de isenção. Dois tipos de participantes estão nessa situação: os com solicitação de isenção da taxa de inscrição reprovada; os demais no primeiro acesso ao sistema.

Assessoria de Comunicação Social do MEC

Boletim semanal – Escrevendo o Futuro e BNCC: sobre pontos de encontro


Escrevendo o Futuro
17 de maio de 2018
Escrevendo o Futuro e BNCC: sobre pontos de encontro

Conheça os materiais e recursos disponíveis no Portal Escrevendo o Futuro que dialogam com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) do Ensino Fundamental.

Vale a pena trabalhar com cartas pessoais?

Olímpia discute o trabalho com cartas pessoais, um gênero visto, por muitos, sem função nas práticas contemporâneas, mas ainda presente nas propostas curriculares.

BNCC do Ensino Médio

Conselho Nacional de Educação (CNE) promoveu, no dia 11 de maio, em Florianópolis (SC), a primeira audiência pública sobre a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) do Ensino Médio.

SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DE ENSINO DE CORONEL FABRICIANO AGENDA ENCONTRO COM JOVENS ESTUDANTIS


Encontro regional com representantes estudantis das escolas de ensino médio cumpre agenda estadual para as juventudes; evento será realizado no dia 22 em Ipatinga

download

O Encontro Regional com Representantes Estudantis das Escolas de Ensino Médio, promovido pela SRE de Coronel Fabriciano, reunirá diretores, professores de referência e estudantes representantes de 44 escolas de ensino médio da regional. Em pauta, serão discutidas as políticas nacionais voltadas ao protagonismo juvenil e as diretrizes propostas pela Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE) como princípio motivador à valorização, à participação social e política dos jovens por meio de suas representações, em consideração ao Estatuto da Juventude (2013).

Dentre elas, ressalta-se a organização dos coletivos juvenis como estímulo aos estudantes para que possam discutir, propor, executar ações e projetos relacionados às questões de seu interesse e de interesse da comunidade escolar, como também à criação e atuação dos grêmios estudantis em instância colegiada e órgão máximo de sua representação.

No evento, ainda serão discutidas a participação e contribuição dos jovens estudantes do ensino médio junto ao colegiado escolar e equipes diretiva e pedagógica, nas ações de monitoramento e avaliação dos projetos pedagógicos do ensino médio, especialmente da Proposta de Redesenho Curricular (PRC) do Programa Ensino Médio Inovador (ProEMI). Também serão abordados o processo de eleição dos representantes de turmas, do representante estudantil da escola, dos professores de referência e composição do Conselho de Representantes de Turmas, bem como as suas funções e formas de atuação.

No evento, será considerada especialmente a implementação do plano de ação a ser elaborado pelo Conselho de Representantes de Turmas, de acordo com as atividades previstas no Campo de Integração Curricular da PRC “Protagonismo Juvenil” e outras de interesse dos jovens estudantes.

Data de realização: 22 de maio de 2018
 
Horário: das 8h30 às 12h
 
LocalEscola Estadual João Walmick
            Rua Flamengo, 1 – Vila Ipanema, Ipatinga 

Concurso incentiva estudantes a discutirem segurança em eletricidade


Inscrições podem ser feitas até o dia 30 de junho

Estão abertas, até o dia 30 de junho, as inscrições para o Concurso Nacional Abracopel de Redação, Desenho e Vídeo. A iniciativa, desenvolvida pela Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade (Abracopel), tem por objetivo incentivar a participação de crianças, adolescentes e professores no desenvolvimento dos conceitos de segurança no uso da eletricidade. As inscrições são abertas para todos os alunos matriculados regularmente nas escolas públicas municipais, estaduais e federal. Também podem participar alunos de escolas pertencentes ao SISTEMA S (Sesi, Senai, Sesc, Senac) localizadas em todo o território nacional. As inscrições são gratuitas.

Poderão ser enviados trabalhos em três formatos. O formato desenho é dividido em duas categorias: Desenho 1, para alunos de 6 a 7 anos (completos até 31/12/2018); e Desenho 2, voltado a estudantes de 8 a 10 anos (completos até 31/12/2018). O desenho poderá ser elaborado de forma livre, usando quaisquer técnicas ou materiais (exceto técnicas digitais). O desenho deverá ser acompanhado por uma frase sobre o tema, preferencialmente em letra cursiva e dentro das normas ortográficas atuais. Continuar lendo Concurso incentiva estudantes a discutirem segurança em eletricidade

Educadores podem se inscrever para participar de palestra sobre Educação Financeira


Iniciativa é realizada pela Escola de Formação da SEEMG

Na próxima terça-feira (15/05), a Escola de Formação e Desenvolvimento Profissional de Educadores irá realizar uma palestra sobre Educação Financeira e os professores interessados pelo tema podem se inscrever para participar.

A palestra será realizada no campus Gameleira, de 13h30 às 17h. O evento contará com palestras da professora e especialista da Associação de Educação Financeira do Brasil (AEF-Brasil) Claudia Forte e do professor da Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI) José Luiz Medeiros. A Escola de Formação fica na Avenida Amazonas, número 5855, bairro Gameleira.

Para se inscrever, o interessado deve acessar o link: https://docs.google.com/forms/d/1R64Bj5ffEJFhmFurdOcH6EdeQYXfqJ6ASdlrktBbbsg/edit . É necessário informar o nome, profissão, contato, entre outros. Podem participar educadores de escolas públicas e privadas.

Fonte: http://www.educacao.mg.gov.br

Escolas de todo o Estado desenvolvem ações de conscientização sobre o Maio Amarelo


Movimento é realizado com foco na conscientização do respeito no trânsito; estudantes da Educação Integral e Integrada da Escola Estadual Alberto Giovannini em Coronel Fabriciano, foram às ruas em mobilização no Dia D do trânsito


Na Escola Estadual Alberto Giovanini estudantes fizeram uma blitz educativa. Foto: Arquivo da Escola

Na Escola Estadual Alberto Giovanini estudantes fizeram uma blitz educativa. Foto: Arquivo da Escola

Nas escolas da rede estadual de ensino de Minas Gerais, o mês de maio é marcado pela realização de ações que têm por objetivo chamar a atenção da comunidade sobre a importância de atitudes que favoreçam a segurança no trânsito. As atividades fazem parte das comemorações do Maio Amarelo, movimento de conscientização do respeito no trânsito.

Na Escola Estadual Doutor Osmar Bicalho, no município de Cristais, todos os alunos participaram das ações. “Os alunos do Ensino Fundamental fizeram placas de trânsito e trabalharam a importância delas. Também convidamos um policial para fazer palestras sobre acidentes de trânsito e a importância de andar na calçada. Com os alunos do Ensino Médio, fizemos uma blitz com o apoio da Polícia Militar”, conta a supervisora da escola, Sônia Neves Ribeiro.

Maria Fernanda Fernandes França é aluna do 7º ano do Ensino Fundamental e conta qual é a atitude de desrespeito ao trânsito que mais vê em sua cidade. “Aprendemos que sempre é preciso respeitar as placas de trânsito, mas na minha cidade vejo muita falta de respeito. Eles não respeitam a faixa de pedestre, por exemplo, e isso não é bacana”.

Também aluno do 7º ano do Ensino Fundamental, Rafael Paiva Fernandes ressalta que é importante seguir regras para não sofrer acidentes. “Já fiquei sabendo de acidentes na minha cidade. Penso que se as pessoas respeitassem as regras esses acidentes não aconteceriam”.

Outra escola da rede estadual que realizou ações do Maio Amarelo foi o Centro de Educação Profissional (CEP) de Caxambu. Na última segunda-feira (07/05), representantes da Polícia Rodoviária Estadual estiveram na escola e realizaram a palestra com o tema “Maio Amarelo- 2018”. Ao longo do mês, serão realizadas várias atividades dedicadas a prevenção de acidentes e redução do número de vítimas no trânsito.

Na Superintendência Regional de Ensino de Coronel Fabriciano, no último sábado (05/05), foi realizado um Dia D voltado à conscientização. Na Escola Estadual Alberto Giovannini, em Coronel Fabriciano, os alunos do Ensino Médio que participam da Educação Integral e Integrada foram para as ruas e entregaram textos motivadores e educativos para pedestres, ciclistas, motociclistas e motoristas. No município de Marliéria, alunos de escolas estaduais, municipais e representantes da sociedade civil se reuniram e participaram de uma caminhada. Uma caminhada também foi realizada pelos alunos das escolas estaduais Deolindo Coelho e Francisco Letro, ambas em Coronel Fabriciano.

O Movimento

O Movimento Maio Amarelo nasce com uma só proposta: chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo.

O objetivo do movimento é uma ação coordenada entre o Poder Público e a sociedade civil. A intenção é colocar em pauta o tema segurança viária e mobilizar toda a sociedade, envolvendo os mais diversos segmentos: órgãos de governos, empresas, entidades de classe, associações, federações e sociedade civil organizada para, fugindo das falácias cotidianas e costumeiras, efetivamente discutir o tema, engajar-se em ações e propagar o conhecimento, abordando toda a amplitude que a questão do trânsito exige, nas mais diferentes esferas.

Fonte: https://www.educacao.mg.gov.br (editado)

 

 

Boletim semanal – Milton Hatoum: memória e literatura em tempos sombrios


Escrevendo o Futuro
10 de maio de 2018
Milton Hatoum: memória e literatura em tempos sombrios

Em palestra realizada na Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP), o escritor falou sobre a construção dos livros da série O lugar mais sombrio.

Dia Internacional da Língua Portuguesa

No mês em que se comemora o Dia Internacional da Língua Portuguesa, o Programa Escrevendo o Futuro preparou um quiz com curiosidades sobre a língua.

Produção escrita e reescrita

Professora do ensino fundamental II escreve dizendo que seus alunos têm muita dificuldade na produção de textos. Confira as dicas da Olímpia.

Alunos-atletas mineiros participam de uma das maiores competições escolares do mundo: Gymnasiade/2018


Caio Felipe Matos Campos da EE Dona Canuta Rosa de Oliveira Barbosa de Ipatinga está entre eles

mn_NUGgQFotografia_TUANE_ALMEIDA_360
Caio Felipe Matos Campos – EE Dona Canuta Rosa de Oliveira Barbosa de Ipatinga

Estar presente na maior competição escolar do mundo é um sonho de milhares de alunos-atletas. Um oportunidade singular de representar o Brasil em um evento de altíssimo nível em meio a uma gigantesca diversidade cultural.

Nesse cenário, os mineiros classificados na Seletiva Nacional estão representando o estado na 17º edição da Gymnasiade. A lista conta com 16 alunos-atletas e 2 técnicos que estão em Marraquexe, em Marrocos. Para a FEEMG o evento é de grandes proporções e viabiliza a inclusão de grandes nomes do desporto escolar de Minas Gerais em competições dessa natureza. Para os alunos-atletas convocados, um salto na carreira esportiva, propiciando troca de experiências e uma chance real de voltar para casa com a medalha no peito.

 

delegacaobrasileira
Delegação brasileira é composta por ão 278 pessoas entre atletas, técnicos e dirigentes do desporto escolar.Foto: Alexandra Alves

Confira aqui a lista completa dos alunos atletas que participam da Gymnasiade.

Gymnasiade
A Gymnasiade, ou, em português, a Gimnasíada, é uma competição organizada de quatro em quatro anos pela ISF (Federação Internacional do Desporto Escolar), que foi criada em 1974, com a primeira edição realizada em Wiesbaden, na Alemanha. Inicialmente, no programa constavam apenas as modalidades de natação e ginástica, com o atletismo incluído em 1976. A prova que se realizava de dois em dois anos até 1990 conta agora com oito modalidades no programa: natação; ginástica aeróbica, artística e rítmica; atletismo; judô; karatê e xadrez.

Na Gymnasiade, prova que também é conhecida como Jogos Mundiais Escolares, participam os melhores alunos-atletas de cada país, com idades entre os 13 e os 17 anos, e que resultam do trabalho feito pelo Desporto Escolar em cada escola de cada país.

Confira a lista dos mineiros convocados para a Gymnasiade/2018:

Atletismo:

Rafaela Cristine Maciel de Souza – E.E. Francisco Escobar de Poços de Caldas;

Thaís Michele da Silva Clemente – E.E. Padre Menezes de Lagoa Santa;

Caio Felipe Matos Campos – E.E. Dona Canuta Rosa de Oliveira Barbosa de Ipatinga;

Eduardo Ribeiro Moreira – E.E. Azarias Ribeiro de Lavras;

Elton Junio dos Santos Petronilho – E.E. Benjamim Guimarães de Bonsucesso;

Marco Túlio Macedo Santana – E.E. Virgínio Perillo de Lagoa da Prata;

Raphael Antônio de Souza T. Costa – E.E.Padre Pedro Lamberti de Japaraíba.

Ginástica artística:

Camila Siqueira Almeida – Instituto Padre Machado de Belo Horizonte;

Mateus Camilo Neves da Silva – E.E. Professor Leopoldo de Miranda de Belo Horizonte.

Ginástica rítmica:

Eduarda Braga de Carvalho – Colégio Metodista Izabela Hendrix de Belo Horizonte;

Karatê

Júlio César Espínola Costa – E.E. Dr. José Marques de Oliveira de Pouso Alegre.

Natação:

Nichelly Brandão Lysy – Colégio Metodista Izabela Hendrix de Belo Horizonte;

Luisa Amaral Leste Rosa – Colégio Metodista Izabela Hendrix de Belo Horizonte;

Victor Melo Baganha – Colégio Metodista Izabela Hendrix de Belo Horizonte;

Eduardo Oliveira de Moraes – Colégio Metodista Izabela Hendrix de Belo Horizonte;

Victor Ângelo Rocha – Colégio Metodista Izabela Hendrix de Belo Horizonte.

Técnicos:

Professor Fernando Roberto de Oliveira – Atletismo – E.E. Tiradentes de Lavras;

Professor Pietro Victor Salerno Leddomado – Ginástica Artística – E.E. Professor Leopoldo de Miranda de Belo Horizonte.

Com informações:

http://www.feemg.com.br/noticia/feemg-pelo-mundo-lista-dos-convocados-para-a-gymnasiade-ja-esta-disponivel/

http://www.educacao.mg.gov.br

Etapa microrregional dos JEMG é realizada em Timóteo


Cerimônia de abertura foi organizada pela Prefeitura e realizada no Ginásio Coberto Iorque José Martins; cerca de 700 alunos atletas estão envolvidos

mn_spu0zAbertura_JEMG_Timoteo

Começaram nessa segunda-feira (07) os Jogos Escolares de Minas Gerais – JEMG 2018. A competição, organizada pela FEEMG – Federação de Esportes Estudantis de Minas Gerais tem a fase microrregional Vale do Aço em Timóteo. A cerimônia de abertura foi organizada pela Prefeitura e realizada no Ginásio Iorque José Martins. Delegações dos municípios participantes dos jogos, ligados à 9ª Superintendência Regional de Ensino de Coronel Fabriciano participaram da cerimônia de abertura. São eles: Belo Oriente, Ipatinga, Jaguaraçu, Joanésia, Marliéria, Santana do Paraíso, Coronel Fabriciano e Timóteo.

A etapa microrregional dos Jogos Escolares de Minas Gerais – JEMG 2018 é disputada nas modalidades coletivas (Basquetebol, futsal, handebol e voleibol) e da modalidade de xadrez, em dois módulos, no masculino e feminino. Os campeões de cada modalidade coletiva e os quatros primeiros colocados do xadrez se classificam para a etapa regional.

Com informações: Diário do Aço

Exame Nacional do Ensino Médio abre inscrições estreando novo formato para a edição de 2018


Após um prejuízo de R$ 962 milhões, nas últimas cinco edições, por causa de ausência de participantes, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 abriu suas inscrições nesta segunda-feira, 7, estreando novo formato. A 20ª edição do Enem, com provas marcadas para 4 e 11 de novembro, consolida uma série de melhorias implementadas pelo Ministério da Educação e pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) para frear o desperdício do dinheiro público e aumentar a segurança. Desde meados de 2016, estudos e planejamento permitiram fazer um exame mais barato e ainda mais seguro.

O ministro da Educação, Rossieli Soares, destacou que o Enem 2018 tem uma série de novidades, entre elas um processo de inscrição prévia para os candidatos que desejam manter a isenção, com a necessidade daqueles que faltaram ao exame passado justificarem a sua falta. “Isso é muito importante, pois nós temos quase R$ 1 bilhão desperdiçados quando reunimos as últimas cinco edições do Enem”, explicou o ministro. “É importante que o Brasil avance na responsabilidade desse processo para que a gente gere economia e aplique esse recurso em outras áreas da educação.”

Enquanto o período de inscrições vai até as 23h59 (horário de Brasília) de 18 de maio, o prazo para pagamento da taxa de inscrição é maior, terminando em 23 de maio. O pagamento da Guia de Recolhimento da União (GRU) pode ser feito por meio de instituições bancárias, agências dos Correios e casas lotéricas. Mesmo para os pagantes, o MEC segue subsidiando parte dos gastos. Em 2017, o custo do Enem por candidato fechou em R$ 87,54, enquanto o do Enem 2016 foi de R$ 90,64.

A inscrição posterior às solicitações de isenção e justificativas de ausência dá mais oportunidades a quem realmente tem direito à gratuidade, pois permite a criação de um período para interposição de recursos. Além disso, coíbe a reincidência dos ausentes. Ao todo, 3.361.468 pessoas já estão beneficiadas com a gratuidade, e os 88% de isenções aprovadas ao término do período de recursos revelam o sucesso da iniciativa inédita.

Este também é o Enem com a maior oportunidade de isenção, apresentando quatro perfis de beneficiados. Pela primeira vez, quem obteve nota mínima para certificação do ensino médio nas áreas para as quais se inscreveu no Encceja 2017 teve direito a não pagar. E mesmo aqueles que não têm direito à isenção podem se beneficiar de uma taxa de inscrição sem reajustes. O valor será o mesmo do ano passado: R$ 82. Todos os interessados em prestar o Enem 2018 devem se inscrever, incluídos aqueles que já solicitaram a isenção entre 2 e 15 de abril e os que entraram com recurso entre 23 e 29 de abril, independentemente do resultado.

A redução nos custos por participante é resultado de uma série de estudos e adequações do Inep visando à maior eficiência na gestão dos gastos. O dinheiro economizado, por sua vez, foi revertido na ampliação dos recursos de segurança, como a prova personalizada, o maior número de detectores de metal e a introdução dos detectores de ponto eletrônico, recursos que serão ampliados no Enem 2018. Também está mantida a parceria com a Polícia Federal, que já permitiu identificar e prender organizações criminosas e anular o resultado de participantes que fraudaram o Exame.

Em coletiva de imprensa na manhã desta segunda-feira, na sede do MEC, em Brasília, foram apresentados os dados consolidados de solicitação de isenção e justificativa de ausência. Continuar lendo Exame Nacional do Ensino Médio abre inscrições estreando novo formato para a edição de 2018

SALÃO DO LIVRO DO VALE DO AÇO – PROGRAMAÇÃO ESPECIAL DE PALESTRAS


Superintendência Regional de Ensino de Coronel Fabriciano é parceira da 11ª  Edição do Salão do Livro que traz o tema “Sustentabilidade”

salao

Há mais de uma década o projeto Salão do Livro Vale do Aço desempenha um importante papel na região, promovendo o hábito da leitura, a literatura e a arte em geral por meio de sua variada programação cultural, uma geração inteira que cresceu participando do evento.

O Salão do Livro Vale do Aço aborda a literatura de forma lúdica em sua grade de programação cultural, composta por oficinas, apresentações teatrais e musicais, exposições, bate-papos com escritores, lançamentos literários, além da Feira de Livros com as principais editoras e distribuidoras nacionais.

O 11º Salão do Livro Vale do Aço será realizado na semana de 15 a 20 de maio de 2018, no Centro Cultural Usiminas, em Ipatinga/MG. 

Para saber mais, acesse o link: www.salaodolivrovaledoaco.com.br

Conheça a programação completa:

http://www.salaodolivrovaledoaco.com.br/programacao.php

Veja a Programação Especial de Palestras:

 

Data: 17/05/18 –  Projeto Kombosa Seletiva (Palestrante: Sérgio Bispo)

Local: EM Profª Petrina Ricardo – Município de Joanésia (19h)

Data: 18/05/18 –  Podem Nossos Hábitos Alimentares Contribuir para a Sustentabilidade? (Palestrante: Ana Paula Radishai Pacífico Homem)

Local: Faculdade Pitágoras – Bairro Cidade Nobre (19h)

Semana de Museus agita Belo Horizonte


A Semana de Museus é um evento promovido pelo Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM) e conta com a participação do Museu da Escola e Museu de Ciências Naturais da Secretaria de Estado de Educação.
Várias atividades serão desenvolvidas como o Encontro de Educadores, Roda de Conversa e Visitas Mediadas entre os dias 15 e 18 de maio.
Para participar, se inscreva por meio do formulário online:
Para mais informações:

Programacao

CapturarCapturar 1

Este Blog é destinado a todos os educadores envolvidos no trabalho pedagógico em escolas de educação básica: analistas educacionais, pesquisadores, diretores, pedagogos, professores e estudantes. A intenção é utilizar este espaço para disseminação de notícias, artigos, textos, experiências e discussão de temas relevantes relacionados à prática educativa.