Educadores destacam a importância da participação na consulta pública para a construção do Currículo Referência do Ensino Médio


Versão preliminar do documento foi elaborada em consonância com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e recebe contribuições até 17 de novembro

Até o próximo domingo (17/11), toda a sociedade civil pode participar da construção do Currículo Referência do Ensino Médio de Minas Gerais por meio de uma consulta pública à versão preliminar. O documento foi elaborado por uma equipe de educadores a partir de estudos de currículos vigentes e está em consonância com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

Professor de sociologia há 13 anos, Uriel Mortimer, destaca a importância da participação dos educadores na construção do documento. “Eu vi nessa consulta pública uma oportunidade de apresentar minhas considerações no que se refere à disciplina. Nós, como educadores, precisamos aproveitar esse momento para participar e contribuir”, destaca o educador que dá aula na Escola Estadual Interventor Alcides Lins e na Escola Estadual Padre Augusto Horta, no município de Curvelo.

A professora de Língua Portuguesa e supervisora da Escola Estadual José Caetano Ribeiro, em São Gotardo, Keny de Melo Souza, fala sobre a mobilização que está sendo feita em sua escola para que os professores participem da consulta. “Se queremos mudança temos que colaborar. Não adianta criticar sem contribuir. Já falei com todos os professores da escola sobre a importância de participar. Encaminhei o link e também vamos discutir na nossa reunião de módulo”. A educadora participou na área de Linguagens e suas tecnologias e destacou que “o documento está muito relevante e traz novidades muito interessantes para área”, ressalta Keny.

O professor de sociologia da Escola Estadual Cônego Joaquim Monteiro, em Matias Barbosa, Claudinei dos Santos Lima, pontuou que é importante que os educadores conheçam bem o documento já que, futuramente, estará em sala de aula. “Conhecer o documento é fundamental para que possamos concordar ou sugerir contribuições. É dever de ofício participar dessa construção”.

Consulta Pública

Para participar da consulta pública é necessário realizar um cadastro na plataforma e acessar os links para cada área de conhecimento: Matemática e suas tecnologiasLinguagens e suas tecnologiasCiências Humanas e Sociais Aplicadas e Ciências da Natureza e suas tecnologias.

Os participantes da consulta pública poderão sugerir retirada ou acréscimo de conteúdo. As indicações aditivas deverão ter como objetivo o acréscimo de novas habilidades ou de modificações nos descritores das habilidades. Já as supressivas (parciais ou totais) terão como objetivo sugerir a exclusão de habilidades ou descritores de habilidades, desde que não estejam previstos na BNCC.

A partir das novas contribuições coletadas, será elaborada a versão final a ser encaminhada para validação e normatização no Conselho Estadual de Educação (CEE).

Fonte: http://www2.educacao.mg.gov.br

GUILHERME INFANTE HOJE (13/11) NA ESCOLA ESTADUAL ALBERTO GIOVANNINI


Cartunista mineiro Guilherme Infante fará apresentação aos alunos do ensino médio; evento faz parte do projeto cultural da escola

guilherme infante
Guilherme Infante apresenta na EE Alberto Giovannini. Hoje (13/11), a partir das 8h.               Foto: divulgação escola

 

 

ESCOLA ESTADUAL ALBERTO GIOVANNINI

EndereçoR. Itaparica, 394 – Giovanini, Cel. Fabriciano – MG, 35170-101

Provas do Proeb e Proalfa são aplicadas hoje e amanhã para os alunos da rede pública de ensino de Minas Gerais


Estudantes farão avaliações de português e matemática. Provas fazem parte do Sistema Mineiro de Avaliação e Equidade da Educação Pública (Simave)

Alunos do 2º, 5º e 9º anos do ensino fundamental e do 3º ano do ensino médio das escolas públicas mineiras fazem as provas do Programa de Avaliação da Rede Pública de Educação Básica (Proeb) e Programa de Avaliação da Alfabetização (Proalfa). As avaliações estão sendo aplicadas hoje (12/11) e se encerram amanhã.

O Proeb e o Proalfa são avaliações externas do Sistema Mineiro de Avaliação e Equidade da Educação Pública (Simave) e buscam avaliar as competências e habilidades que estão sendo desenvolvidas dentro do currículo dos anos de escolaridade avaliados. Além dos alunos das escolas estaduais, estudantes das redes municipais também realizam as avaliações.

A subsecretária de Desenvolvimento de Educação Básica da Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG), Geniana Guimarães Faria, destaca a importância da participação dos estudantes na avaliação. “As avaliações conseguem nos dar um panorama de como estão os alunos no final de cada etapa da educação básica e de como estão chegando na etapa seguinte. Desta forma, podemos ter um diagnóstico mais preciso de cada escola, cada Superintendência Regional de Ensino (SRE) e da rede estadual como um todo. Os resultados destas provas nos auxiliam e nos subsidiam na proposição de iniciativas direcionadas para as propostas pedagógicas necessárias”, destacou.

Simave

O Sistema Mineiro de Avaliação e Equidade da Educação Pública (Simave) é uma política pública da SEE e tem o propósito de fomentar mudanças em busca da melhoria da qualidade e equidade da educação. Os resultados dos testes indicam quais são os avanços e os desafios da educação pública no Estado.

Fonte: http://www2.educacao.mg.gov.br

Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais inicia consulta pública para a construção do Currículo Referência do Ensino Médio


Currículo referencia minas ensino medio

É chegado o momento de contribuir para a construção do novo Currículo Referência do Ensino Médio de Minas Gerais. Está aberta a Consulta Pública da Versão Preliminar do Currículo, disponível do dia 01/11/2019 a 17/11/2019 por meio dos links:

Matemática e suas Tecnologias:

http://consulta.basenacionalcomum.mec.gov.br/#/responder/750

Linguagens e suas Tecnologias:

http://consulta.basenacionalcomum.mec.gov.br/#/responder/757

Ciências Humanas e Sociais Aplicadas:

http://consulta.basenacionalcomum.mec.gov.br/#/responder/755

Ciências da Natureza e suas Tecnologias:

 http://consulta.basenacionalcomum.mec.gov.br/#/responder/756

Antes de acessar a plataforma da Consulta Pública os educadores devem consultar o Guia para a Participação (link abaixo), garantindo que sua participação seja efetiva.

A Versão Preliminar do Currículo Referência do Ensino Médio apresentada nessa consulta é apenas uma proposta iniciala ser discutida amplamente com a sociedade e com os profissionais da educação. Essa versão foi desenvolvida por uma equipe de educadores, que se basearam em estudos de diversos currículos vigentes, em consonância com o documento normativo da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), para elaborar uma proposta curricular que busque a qualidade e equidade na educação do estado.

A proposta inicial será aprimorada a partir das contribuições recebidas na Consulta Pública, a fim de proporcionar a construção coletiva de um Currículo que expresse o desejo da sociedade mineira.

Para mais esclarecimentos sobre a Consulta Pública do Currículo Referência do Ensino Médio entre em contato pelo e-mail: diem.bncc@educacao.mg.gov.br.

GUIA PARA PARTICIPAÇÃO_CURRÍCULO REFERÊNCIA DO ENSINO MÉDIO

Fonte: http://www2.educacao.mg.gov.br/

MEC lança Sistema Educacional Brasileiro, banco de dados nacional de estudantes


Dispositivo reunirá informações a serem utilizadas para a emissão da carteira ID Estudantil

O Ministério da Educação (MEC) lançou nesta segunda-feira, 21 de outubro, o Sistema Educacional Brasileiro (SEB). Inédita, a iniciativa cria um banco de dados nacional dos estudantes. As informações vão subsidiar a emissão da ID Estudantil, a carteirinha digital ou física gratuita.

A criação do SEB foi formalizada por meio da portaria publicada na edição de hoje do Diário Oficial da União (DOU).

Agora, é a vez das instituições de ensino — da educação básica, profissional e tecnológica e superior — indicarem um representante para abastecer o sistema. Eles prestarão as seguintes informações:

  • dados pessoais do corpo docente e discente dos estabelecimentos de ensino;
  • matrícula e a frequência do aluno;
  • histórico escolar do estudante;
  • e outras informações relacionadas com a formulação, a implementação, a execução, a avaliação e o monitoramento de políticas públicas.

O MEC será o gestor dos dados e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o custodiante.

ID Estudantil – A ID Estudantil deverá conter nome completo, foto recente, número do CPF, data de nascimento do aluno, nível e modalidade de educação e ensino, além do prazo de validade — este, para as carteiras físicas.

As carteiras digitais do MEC, que serão disponibilizadas em lojas virtuais pelo celular, vão valer enquanto o estudante tiver vínculo com a instituição de ensino. As físicas, de outras entidades, serão válidas até 31 de março do ano seguinte.

Manuais – A portaria também cria dois manuais operacionais: um do Sistema Educacional Brasileiro e outro da ID Estudantil. Ambos terão portais na internet com todas as informações.

Guilherme Pera, do Portal MEC

http://portal.mec.gov.br

 

Ensino Médio Integral da rede estadual de Minas Gerais será ampliado e educação profissional ganhará cerca de 13 mil novas vagas


Mais 203 escolas estaduais mineiras terão o ensino médio integral. Em 36 delas será integrado à educação profissional. Secretaria também vai ofertar vagas para cursos técnicos e profissionalizantes

Coletiva-EM-Integral 2
A Secretária de Estado de Educação, Julia Sant’Anna, concedeu entrevista coletiva na tarde desta quarta-feira. Foto: Eric Abreu

No próximo ano, a rede estadual de ensino mineira ampliará a oferta da educação integral para o ensino médio e contará com cerca de 16 mil novas vagas nessa modalidade de ensino. A partir do constante esforço de gestão e organização financeira realizados pela Secretaria de Estado de Educação (SEE/MG), a iniciativa, que até este ano contempla 78 unidades de ensino, será expandida para mais 203 escolas estaduais.

Atualmente, o Ensino Médio Integral atende a cerca de 12 mil alunos de 78 escolas que integram o programa. Com a ampliação, a rede estadual contará, em 2020, com aproximadamente 28 mil estudantes do ensino médio na educação integral, em 281 escolas, contemplando todas as 47 Superintendências Regionais de Ensino (SRE).

“Estamos muito felizes em conseguir fazer esse anúncio de que, efetivamente, agora o estado cria uma política de atenção ao ensino médio, iniciando também uma expressiva expansão do ensino médio de tempo integral. Fortalecendo o aprofundamento pedagógico do aluno e viabilizando escolhas para esse estudante”, afirmou a secretária de Estado de Educação, Julia Sant’Anna.

Com a ampliação de escolas em tempo integral e o aumento da carga horária desses estudantes para 9 horas diárias, Minas Gerais dá mais um importante passo em direção ao que dispõe a legislação do novo ensino médio, determinada pelo governo federal. “O aluno agora, tendo mais tempo de estudar, poderá fazer as escolhas dele que o deixarão mais seguro para o seu futuro imediato. Gerará, também, condições para uma maior empregabilidade com essa expansão das vagas da educação de tempo integral ou integrada à educação profissional”, completou a secretária.

A SEE também reestruturou a Política de Educação Profissional no Estado com a ampliação de vagas e de cursos oferecidos. Serão 13.300 vagas para Cursos Técnicos, de Formação Inicial e Continuada (FIC) e o Normal de Nível Médio.

O investimento total é de, aproximadamente, R$303 milhões, sendo que 50% deste é referente a recursos que estavam parados e não foram utilizados nas gestões passadas. Deste total, R$80 milhões são referentes ao Programa de Fomento às Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral do Ministério da Educação (MEC) que estavam parados no caixa do Estado desde 2017 e outros R$72 milhões, aproximadamente, referentes ao Pronatec. Já R$ 151 milhões são recursos do Governo de Minas.

Ensino Médio Integral Profissional

Do total de escolas contempladas na expansão, 36 ofertarão o ensino médio integrado à educação profissional. Para a definição das escolas, foram priorizadas unidades de ensino com maior vulnerabilidade e municípios sem oferta da educação integral para estudantes do ensino médio. Entre as 78 escolas que já ofertam a educação integral, 7 contam com cursos técnicos no contraturno. Com a ampliação, em 2020 serão 43 escolas com a oferta de Ensino Médio Integral Profissional, com cerca de 5 mil novas vagas. Continuar lendo Ensino Médio Integral da rede estadual de Minas Gerais será ampliado e educação profissional ganhará cerca de 13 mil novas vagas

BOLETIM SEMANAL – OLIMPÍADA DE LÍNGUA PORTUGUESA


18/10/2019

Etapa Semifinal

Com o fim das Comissões Julgadoras Estaduais, chegamos à Etapa Semifinal! Confira a lista com os nomes dos semifinalistas da 6ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa!

➜ Saiba mais


Blog da Olimpíada | Crônica

Veja as novidades em tempo real do primeiro encontro da Etapa Semifinal da Olimpíada, no Blog da Categoria Crônica!

Literatura indígena: outros livros, outras histórias do Brasil

Literatura indígena, tradição, diversidade de povos e outras narrativas são destacadas em reportagem da seção “Literatura em Movimento”.

Olimpíada é apresentada em simpósio em Córdoba, Argentina

A experiência da Olimpíada com sequências didáticas foi tema de um grupo de trabalho no Simpósio Internacional de Estudos de Gêneros Textuais.

Relato de prática: exemplos inspiradores

Para inspirar e incentivar a escrita dos relatos de prática, Olímpia traz trechos de relatos vencedores em edições anteriores.

WWW.ESCREVENDOOFUTURO.ORG.BR

Minas Gerais apresenta proposta para qualificação profissional


Cerca de R$ 550 milhões do Bolsa Formação estão parados nas contas dos estados

Minas Gerais é a primeira unidade da Federação a propor uma maneira de utilizar recursos do Bolsa Formação sob os moldes do Novos Caminhos. A unidade da Federação será uma das beneficiárias da repactuação de R$ 550 milhões do Bolsa Formação parados nas contas estaduais, um dos principais pontos do programa para educação profissional e tecnológica.

A proposta foi apresentada nesta quinta-feira, 17 de outubro, para o secretário de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação (MEC), Ariosto Culau. Ele reuniu-se com a secretária de Educação de Minas Gerais, Julia Sant’Anna, na sede do MEC, em Brasília.

“Foi feito um trabalho, uma oficina anterior em Minas Gerais, no qual foram identificados os principais setores que demandam a formação profissional e técnica. A ideia é que nós possamos analisar essa proposta que Minas Gerais está nos trazendo e possamos ter, dentro dos prazos que estão previstos para a repactuação, a análise mais rápida possível para que essa oferta possa ser materializada”, afirmou Culau.

Com esse dinheiro, o Ministério da Educação (MEC) prevê a criação de 100 mil vagas em todo o país para a qualificação profissional de jovens e adultos. No lançamento do programa, em 8 de outubro, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, assinou portaria para liberar a repactuação dos recursos.

Segundo a secretária mineira, a medida será importante para alavancar a educação profissional e tecnológica no estado. “Conseguimos organizar esses recursos financeiros dentro da lógica de criação dos cursos de acordo com as perspectivas econômicas dos setores produtivos locais, o que está totalmente em consonância com o programa Novos Caminhos “, disse.

Novos Caminhos – Mais recente programa lançado pelo MEC, o Novos Caminhos visa ao aumento de 80% nas matrículas na educação profissional e tecnológica. O objetivo é aumentar, até 2023, do atual 1,9 milhão para 3,4 milhões — crescimento de 1,5 milhão.

Para isso estão previstas uma série de ações divididas em três eixos: Gestão e Resultados, Articulação e Fortalecimento, e Inovação e Empreendedorismo. As iniciativas vão desde melhorias na regulação da oferta de cursos técnicos, formação de professores bem como a ampliação da oferta de cursos profissionais e técnicos.

Giulliano Fernandes, do Portal MEC

SEMINÁRIO DE PROFESSORES E GESTORES DE ESCOLAS PÚBLICAS DO VALE DO AÇO – “TROCA DE SABERES”


A Gestão Ambiental da BR-381/MG convida os educadores do Vale do Aço para o seminário TROCA DE SABERES, que será será realizado no dia 25 de outubro no Centro Digital de Antônio Dias.

O seminário tem o objetivo de discutir, entre profissionais da educação, a Educação Ambiental dentro das escolas.

Mais informações pelo site: https://www.br381mg.com.br/trocadesaberes ou através do telefone: 0800 591 0813.

image001 (2)

 

 

ABERTAS AS INSCRIÇÕES PARA O PROGRAMA DE ESTÁGIO APERAM 2020


IEL recebe inscrições até dia 31 de outubro

São 68 vagas de estágio de nível superior e técnico na Aperam. O município de Timóteo está entre as cidades contempladas pelas vagas, que são extensivas para Pessoas Com Deficiência (PCD).

As vagas em Timóteo são para os cursos superiores em Administração, Ciência da Computação, Ciências Contábeis, Engenharia da Computação, Engenharia de Controle e Automação, Engenharia de Produção, Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica, Engenharia Metalúrgica, Engenharia Química, Psicologia e Sistemas de Informação. 

Já para os cursos técnicos, estudantes de Administração, Automação Industrial, Eletrotécnica, Informática, Mecânica, Metalurgia, Química e Segurança do Trabalho podem se candidatar.

As inscrições podem ser realizadas pelo site: http://www.estagioiel.com.br/aperam/

unnamed

PRODUÇÃO TEXTUAL DE ESTUDANTE DO MUNICÍPIO DE ANTÔNIO DIAS É SEMIFINALISTA DA OLIMPÍADA DE LÍNGUA PORTUGUESA


Artigo de Opinião do estudante Jhonata Lima Roque foi classificado na etapa estadual da Olimpíada de Língua Portuguesa (OLP); professora Elga Christiany Amarante Rangel Campos conduziu os trabalhos na Escola Estadual Vicente Inácio Bispo
Número da Olimpíada de Língua Portuguesa em Minas Gerais:
607 Secretarias Municipais aderiram;
3.563 escolas públicas de Minas Gerais se inscreveram;
7.241 Professores inscritos;
15.431 inscrições nos diferentes gêneros.
Confira o resultado da Comissão Julgadora Estadual, os professores e estudantes que participaram dos textos selecionados para a etapa semifinal da Olimpíada:
Artigo de Opinião:
Professor(a) e Estudante Escola Munícipio
Professora: Alaide Maria de Castro Andrade Oliveira
Aluno: MATEUS GABRIEL CABRAL LOPES
EE LUIZ GONZAGA BASTOS Conselheiro Pena
Professora: Carolina Nassar Gouvêa
Estudante: Ana Paula Comuni
EE PROVEDOR THEOFILO TAVARES PAES Monte Sião
Professora: Elga Christiany Amarante Rangel Campos
Estudante:  JHONATA LIMA ROQUE
ESCOLA ESTADUAL VICENTE INÁCIO BISPO Antônio Dias
Professora: Paloma Carlean de Figueiredo Souza
Estudante: Tainan Gomes Xavier
EE PROFESSORA EDITE GOMES Turmalina
Professora: Rosana Cristina Ferreira Silva
Estudante: Pedro Henrique Oliveira Santos
EE VIRGÍNIO PERILLO Lagoa da Prata
Memórias Literárias
Professora: Lucimar Aparecida Pimenta
Estudante: LUDMILA GABRIELLE CORRÊA
ESCOLA ESTADUAL DOUTOR ADIRON GONCALVES BOAVENTURA Rio Paranaíba
Professora: Roberta Mara Resende
Aluno(a): Tiago Maia de Guadalupe
EE CORONEL XAVIER CHAVES Coronel Xavier Chaves
Professora: Rosa Maria Mendes de Lima
Estudante: LAVINIA SOARES CARDOSO BASTOS
EE DONA INDA Alpinópolis
Professora: SILVANIA PAULINA GOMES TEIXEIRA
Estudante: Daila Geralda Belmiro de Melo
EE Monsenhor Rocha Santa Bárbara do Leste
Professora: THÁBATTA RAMOS CÂNDIDO
Estudante: VALQUÍRIA APARECIDA VALENTIM
EE SEBASTIAO PEREIRA MACHADO Piranguinho
Crônica
Professor(a) e Estudante Escola Munícipio
Professora: Aline Cristina Robadel Nobre
Aluno (a ): Camila Lopes de Aguiar
EE CARLOS NOGUEIRA DA GAMA Reduto
Professora: Claudileny Augusta da Rosa
Estudante: Nathália Heloísa da Silva
EE SECRETARIO OLINTO ORSINI Bueno Brandão
Professora: Eliane Andrade Lage Alves
Estudante: ÁUREA ANDRADE LAGE ALVES
EE PONCIANO PEREIRA DA COSTA Ferros
Professor: José Adalberto de Moura
Estudante: LETÍCIA MACHADO DE OLIVEIRA
EE JOAQUIM NABUCO Divinópolis
Professora: Márcia Cristina de Oliveira Lourenço
Estudante: Miguel Augusto da Silva
EE PADRE JOSÉ ANTÔNIO PANUCCI Conceição da Aparecida
Professora: SILVANIA PAULINA GOMES TEIXEIRA
Estudante: Aytan Belmiro Melo
EE Monsenhor Rocha Santa Bárbara do Leste
Professora: Vanda Ferreira Borges
Estudante: AMANDA LARA SANTOS
EE DOUTOR ADIRON GONCALVES BOAVENTURA Rio Paranaíba
Documentário:
Professor(a) e Estudantes Escola Munícipio
Professora: Maria Cristina de Oliveira Ribeiro
Estudantes: Laura de Almeida Cândido Vargas, Maria Eduarda de Assis Campos e Ana Beatriz Ricardo Silva
EE Adalgisa de Paula Duque Lima Duarte
Professora: Shantynett Souza Ferreira Magalhães Alves
Estudantes:  Aluno(a): Davison Alves Rocha, Steffane Catherine Alves Santos e André Felipe Tolentino da Silva
EE BETANIA TOLENTINO SILVEIRA Espinosa
Professora: Simone de Araújo Valente Ferreira
Estudantes: Jamile Aparecida Santos Dornelas, Pedro Lucas Modesto e Sabrina Heloísa dos Santos
EE Monsenhor Rocha Santa Bárbara do Leste
Professor: WEBER LUIZ RIBEIRO
Estudantes:  HUGO EDUARDO NUNES DA COSTA, WEYDA PHIDELIS MORAES RIBEIRO e RAFAEL FERREIRA DOS SANTOS
EE PADRE CLEMENTE DE MALETO Campos Altos

Fonte: Portal Escrevendo o Futuro

DISPONÍVEL CONSULTA AOS LOCAIS DE PROVA


Exame Nacional do Ensino Médio será aplicado nos dias 3 e 10 de novembro em todo o país

Os mais de 5 milhões de candidatos inscritos para Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) poderão conferir os locais de prova a partir de hoje, 16. O endereço e o número da sala para realização da prova ficarão no sistema junto com a liberação do Cartão de Confirmação da inscrição. As provas serão aplicadas nos dias 3 e 10 de novembro.

O documento poderá ser acessado pela Página do Participante, na internet, ou pelo aplicativo do Enem para celular, disponível nas plataformas Apple Store e Google Play. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela realização do Enem, recomenda que os participantes levem o Cartão de Confirmação impresso nos dois dias de prova.

“Antes do exame, é importante que os candidatos avaliem o trajeto até o local da prova para verificar a distância, o tempo gasto e a melhor forma de chegar. O objetivo é evitar atrasos nos dias de aplicação”, pondera o presidente do Inep, Alexandre Lopes.

O Inep recomenda que os estudantes cheguem ao local do exame com antecedência. Os portões abrirão ao meio-dia (12h), pelo horário oficial de Brasília, e serão fechados às 13h. Para fazer as provas, é necessário utilizar caneta esferográfica de tinta preta, fabricada com material transparente.

Além do local de prova, com o Cartão de Confirmação da inscrição em mãos, os participantes poderão conferir: o número de inscrição; as datas e os horários do exame; a opção de língua estrangeira feita durante a inscrição; o tipo de atendimento específico e/ou especializado com recursos de acessibilidade, caso tenham sido solicitados e aprovados.

Enem

Os dados do Enem permitem uma autoavaliação do estudante e o desenvolvimento de estudos e indicadores educacionais. O exame tem quatro provas objetivas, com 180 questões, e uma redação.

Com informações da Assessoria de Comunicação do MEC

Fonte: http://www2.educacao.mg.gov.br

No Dia dos Professores, exemplos de dedicação e afeto de profissionais da rede estadual de Minas que trabalham em função do futuro de seus alunos


Iniciativas de alguns dos tantos educadores que desempenham sua função com foco no aprendizado e na formação dos estudantes

Professor Anderson 1
O professor Anderson Menezes acompanha a produção do conteúdo produzido pelos estudantes para a TV Filosofia. Foto: Arquivo Pessoal

Histórias de dedicação, superação e amor pela profissão de educar. Neste 15 de outubro, Dia dos Professores, a Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG) mostra parte da trajetória de alguns dos tantos educadores que se dedicam a ensinar e a trabalhar em função de um futuro melhor para os jovens estudantes das escolas públicas estaduais mineiras.

Na Escola Estadual João XXIII, em Ipatinga, no Vale do Aço, o professor de Filosofia, Anderson de Jesus Menezes, desenvolve, há oito anos, o projeto “TV Filosofia”. O objetivo, de acordo com ele, é fazer com que os alunos vejam a disciplina de uma forma mais leve para que o aprendizado seja mais interessante. A iniciativa lhe deu o prêmio Professores do Brasil em 2015.

“Sempre tento trazer a Filosofia para o cotidiano deles, com a linguagem deles. Com o projeto tive uma satisfação imensa em ver os resultados. Ver os estudantes conversando sobre temas densos em uma linguagem tão descomplicada e com tanta propriedade chega a me emocionar. Certamente, cumpri meu objetivo de dinamizar a aula sem banalizar o conteúdo. Mas não posso deixar de reconhecer que eles também me ensinaram muito”, disse Anderson.

O projeto consiste na escolha de um tema para ser trabalhado, de acordo com os conceitos da disciplina ensinados em sala de aula. A partir disso, ele é transformado em uma produção audiovisual que pode ser em diferentes formatos como, por exemplo, reportagem, documentário, programa de auditório, entre outros. Todos os trabalhos são reunidos no canal TV Filosofia, disponível em um site de vídeos. Clique aqui para conhecer.

Professor Anderson 2
O professor de Filosofia Anderson Menezes em sua premiação na edição de 2015 do Professores do Brasil. Foto: Arquivo Pessoal

Continuar lendo No Dia dos Professores, exemplos de dedicação e afeto de profissionais da rede estadual de Minas que trabalham em função do futuro de seus alunos

Inscrições para Edital Doce, que apoiará iniciativas nas áreas de cultura, esporte, turismo e lazer, podem ser feitas até o dia 8/11


Iniciativa da Fundação Renova vai investir R$9 milhões em projetos que impactem positivamente a população de municípios atingidos pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana

edital doce

Com o objetivo de fomentar e apoiar iniciativas sociais nas regiões atingidas pelo rompimento da barragem de Fundão, no município de Mariana, a Fundação Renova apoiará projetos nas áreas de cultura, turismo, esporte e lazer por meio do Edital Doce MG. O edital distribuirá até R$9 milhões para projetos inéditos ou já existentes que impactem de forma positiva a vida da população dos 36 municípios atingidos em Minas. As inscrições já estão abertas e vão até o dia 08/11.

Poderão participar projetos apresentados por pessoas físicas, microempreendedores, coletivos e grupos informais, organizações sem fins lucrativos e empresas, cujo representante principal tenha atuação, sede ou residência em um dos municípios previstos no edital.

No edital estão descritas as linhas de atuação dos projetos dentro de cada área, que incluem algumas ações no âmbito da educação. Na cultura, por exemplo, projetos que incentivem o hábito à leitura, a produção literária local e criação ou fortalecimento de bibliotecas itinerantes e centros de leitura. Já na área de esportes, um dos eixos de atuação é o de projetos direcionados para a iniciação de crianças e adolescentes, por meio de atividades desportivas direcionadas, e para a prática desportiva como atividade extracurricular.

Comitê Pro-Rio Doce

A iniciativa está inserida no âmbito das medidas de reparação e compensação do rompimento da barragem de Fundão, da Samarco, em Mariana, monitoradas pela Câmara Técnica de Educação, Cultura, Lazer, Esporte e Turismo. A Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais faz parte do Comitê Gestor Pró-Rio Doce, juntamente com outras instituições do Estado de Minas Gerais, e participa das ações promovidas pelo Comitê Interfederativo, presidido pelo Ibama, para a revitalização dos municípios atingidos.

O Comitê Gestor Pró-Rio Doce foi instituído pelo governador Romeu Zema com o objetivo de planejar, coordenar e executar as ações no âmbito estadual referentes à recuperação socioeconômica e socioambiental de Mariana e dos municípios da Bacia do Rio Doce que foram afetados, incluindo ações compensatórias.

Clique para acessar o edital completo: https://www.fundacaorenova.org/paineis/edital-doce-mg/

ABRANGÊNCIA DO EDITAL

O Edital Doce abrange 36 municípios do estado de Minas Gerais. São eles: Aimorés, Alpercata, Barra Longa, Belo Oriente (*), Bom Jesus do Galho, Bugre, Caratinga, Conselheiro Pena, Córrego Novo, Dionísio, Fernandes Tourinho, Galiléia, Governador Valadares, Iapu, Ipaba, Ipatinga, Itueta, Mariana, Marliéria, Naque, Periquito, Pingo d’Água, Ponte Nova, Raul Soares, Resplendor, Rio Casca, Rio Doce, Santa Cruz do Escalvado, Santana do Paraíso, São Domingos do Prata, São José do Goiabal, São Pedro dos Ferros, Sem Peixe, Sobrália, Timóteo, Tumiritinga.

(*) Municípios sob circunscrição da SRE de Coronel Fabriciano

CRONOGRAMA

Continuar lendo Inscrições para Edital Doce, que apoiará iniciativas nas áreas de cultura, esporte, turismo e lazer, podem ser feitas até o dia 8/11

15 DE OUTUBRO – FELIZ DIA DO PROFESSOR!


images

Um pouco da história

O dia 5 de outubro foi proclamado pela UNESCO como Dia Mundial dos Professores em 1994, para celebrar a aprovação, em 5 de outubro de 1966, a Recomendação da UNESCO / OIT sobre o Estatuto dos Professores, em cooperação com OIT, numa conferência intergovernamental especial convocada pela UNESCO e realizada em Paris.

No dia 5 de outubro celebra-se também a adoção, pela Conferência Geral da UNESCO, em 1997, da Recomendação da UNESCO sobre o Estatuto do Pessoal Docente do Ensino Superior.

Em alguns países há um dia especial para os professores. Em alguns deles é feriado enquanto em outros são realizadas apenas comemorações em dias úteis.

Brasil

No Brasil, o Dia do Professor é comemorado em 15 de outubro.

No dia 15 de outubro de 1827Dom Pedro I, Imperador do Brasil baixou um Decreto Imperial que criou o Ensino Elementar no Brasil. Pelo decreto, “todas as cidades, vilas e lugarejos tivessem suas escolas de primeiras letras”. Esse decreto falava de bastante coisa: descentralização do ensino, o salário dos professores, as matérias básicas que todos os alunos deveriam aprender e até como os professores deveriam ser contratados. A ideia, inovadora e revolucionária, teria sido ótima – caso tivesse sido cumprida. O primeiro Dia do Professor seria criado apenas 4 anos depois. Mas foi somente em 1947, 120 anos após o referido decreto, que ocorreu a primeira comemoração de um dia efetivamente dedicado ao professor.

Começou em São Paulo, em uma pequena escola no número 1520 da Rua Augusta, onde existia o Ginásio Caetano de Campos, conhecido como “Caetaninho”. O longo período letivo do segundo semestre ia de 1 de junho a 15 de dezembro, com apenas dez dias de férias em todo este período. Quatro professores tiveram a ideia de organizar um dia de parada para se evitar a estafa – e também de congraçamento e análise de rumos para o restante do ano.

O professor Salomão Becker sugeriu que o encontro se desse no dia de 15 de outubro, data em que, na sua cidade natal, Piracicaba, professores e alunos traziam doces de casa para uma pequena confraternização. A sugestão foi aceita e a comemoração teve presença maciça – inclusive dos pais. O discurso do professor Becker, além de ratificar a ideia de se manter na data um encontro anual, ficou famoso pelas frases ” Professor é profissão. Educador é missão” e “Em Educação, não avançar já é retroceder”. Com a participação dos professores Alfredo GomesAntônio Pereira e Claudino Busko, a ideia estava lançada.

A celebração, que se mostrou um sucesso, espalhou-se pela cidade e pelo país nos anos seguintes, até ser oficializada nacionalmente como feriado escolar pelo Decreto Federal 52.682, de 14 de outubro de 1963. O Decreto definia a essência e razão do feriado: “Para comemorar condignamente o Dia do Professor, os estabelecimentos de ensino farão promover solenidades, em que se enalteça a função do mestre na sociedade moderna, fazendo participar os alunos e as famílias”.

Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Dia_do_professor

BOLETIM SEMANAL – CERTIFICAÇÃO NOS PERCURSOS FORMATIVOS


10/10/2019

Certificação nos Percursos Formativos

Para auxiliar no planejamento de suas aulas e incentivar a navegação na ferramenta, os Percursos Formativos passam a emitir certificado de 8 horas pelo estudo on-line.

➜ Saiba mais


5º webinário da Olimpíada de Língua Portuguesa

Para retomar o percurso realizado e falar sobre a Etapa Semifinal, a Olimpíada realizará o seu quinto webinário, no dia 17/10.

Curso on-line Nas Tramas do Texto

Inscrições para o curso on-line, gratuito e certificado Nas Tramas do Texto estão abertas. Programe-se e participe!

Relato de Prática: já pegou sua lupa?

Olímpia convida os professores a aprofundarem o olhar acerca das práticas em sala de aula que “merecem lupa”.

WWW.ESCREVENDOOFUTURO.ORG.BR

SRE DE CORONEL FABRICIANO ABRE MATRÍCULA PARA CURSOS DO PROGRAMA FORMAÇÃO PELA ESCOLA


O Programa Formação pela Escola oferecido pelo FNDE está com matrículas abertas para os cursos FUNDEB e Programa Nacional da Alimentação Escolar (PNAE) com turmas em novembro e dezembro de 2019.
Os cursos são totalmente à distância e todos os interessados podem se inscrever através do formulário disponibilizado pelo link abaixo até o dia 20/10/2019.
Leia mais:

FORMAÇÃO PELA ESCOLA

O que é?

O Formação pela Escola (FPE) é um programa de formação continuada, na modalidade a distância, que tem por objetivo contribuir para o fortalecimento da atuação dos agentes e parceiros envolvidos com a execução, o monitoramento, a avaliação, a prestação de contas e o controle social dos programas e ações educacionais financiados pelo FNDE.

A quem se destina?

Destina-se a cidadãos que exerçam funções de gestão, execução, monitoramento, prestação de contas e controle social de recursos orçamentários dos programas e ações financiados pelo FNDE, como profissionais de educação da rede pública de ensino, técnicos, gestores públicos estaduais, municipais e escolares, membros do comitê local do Plano de Ações Articuladas (PAR) e dos conselhos de controle social da educação (Conselho Municipal de Educação – CMM; Conselho Escolar – CE; Conselho de Alimentação Escolar – CAE; Conselho de Acompanhamento e Controle Social do Fundeb – CACS/Fundeb) que atuem no segmento da educação básica e qualquer cidadão que tenha interesse em conhecer as ações e os programas do FNDE.

Fonte: FNDE

PRÊMIOS E CONCURSOS


Capturar 2

CONCURSO DE REDAÇÃO DA DEFENSORIA PÚBLICA DA UNIÃO

concurso

Inscrições deverão ser feitas no site www.concursoderedacao.dpu.def.br.

Confira aqui o edital completo

Capturar 2

EDITAL DOCE – PROJETOS DE TURISMO, CULTURA, ESPORTE E LAZER EM MINAS GERAIS

edital doce

O Edital Doce MG abrange 36 municípios de Minas Gerais: Aimorés, Alpercata, Barra Longa, Belo Oriente, Bom Jesus do Galho, Bugre, Caratinga, Conselheiro Pena, Córrego Novo, Dionísio, Fernandes Tourinho, Galiléia, Governador Valadares, Iapu, Ipaba, Ipatinga, Itueta, Mariana, Marliéria, Naque, Periquito, Pingo d’água, Ponte Nova, Raul Soares, Resplendor, Rio Casca, Rio Doce, Santa Cruz do Escalvado, Santana do Paraíso, São Domingos do Prata, São José do Goiabal, São Pedro dos Ferros, Sem Peixe, Sobrália, Timóteo, Tumiritinga.

Inscrições podem ser feitas até o dia 8/11.

Clique para acessar o edital completo: https://www.fundacaorenova.org/paineis/edital-doce-mg/

Capturar 2

PRÊMIO PROFESSOR TRANSFORMADOR

PREMIO PROFESSOR TRANSFORMADOR

Inscrições vão até o dia 22 de novembro e podem ser feitas neste link.

Informações: https://base2edu.com/premiobett/

Capturar 2

PRÊMIO “AMOR PELO BRASIL”

Capturar

Inscrições podem ser feitas neste link até o dia 12 de novembro de 2019.

Para outras informações, clique aqui.

Capturar 2

 

PORTAL ESCREVENDO O FUTURO – BANCO ACADÊMICO


 

Banco Acadêmico

Banco Acadêmico é uma seção do Portal que reúne trabalhos elaborados por pesquisadores de todo o país, com foco no acervo do Programa Escrevendo o Futuro.

➜ Saiba mais


Mia Couto: contar histórias para tomar posse do mundo

O escritor moçambicano fala sobre sua escrita, movimentos de resistência e a importância dos jovens contarem suas próprias histórias.

“Tatuagem para todos”

Leia a crônica “Tatuagem para todos”, publicada no livro Uma estranha na cidade, da escritora gaúcha Carol Bensimon.

Relato de Prática: hora dos escritos docentes!

Nesta semana, Olímpia dá destaque ao gênero que anuncia e valoriza a “voz docente”: o relato de prática!

WWW.ESCREVENDOOFUTURO.ORG.BR

OLIMPÍADA DE LÍNGUA PORTUGUESA – ETAPA DAS COMISSÕES JULGADORAS ESTADUAIS (CJE)


Comissões Julgadoras Estaduais (CJE)

A 6ª edição da Olimpíada chegou à sua próxima etapa: agora é hora das Comissões Julgadoras Estaduais selecionarem os textos e documentários semifinalistas!

➜ Saiba mais


Relatos de Prática : A escrita da vez é a do professor!

Professores semifinalistas são convidados a escrever um relato de prática e contar suas experiências na participação da Olimpíada.

➜ Saiba mais

Ler, escrever e compartilhar crônicas para construir-se como autor

Margarete Schlatter fala sobre leitura, produção e compartilhamento de crônicas como processo de afirmar-se enquanto autor.

➜ Saiba mais

O trabalho da Comissão Julgadora Estadual

Olímpia dá algumas pistas sobre as Comissões Julgadoras Estaduais, que acontecerão no período de 26 de setembro a 11 de outubro.

➜ Saiba mais

WWW.ESCREVENDOOFUTURO.ORG.BR

SRE DE CORONEL FABRICIANO E PARCEIROS REALIZAM CERIMÔNIA DE PREMIAÇÃO DOS ESTUDANTES CLASSIFICADOS NO CONCURSO “SEGURANÇA NO TRÂNSITO É DAR SENTIDO À VIDA”


Evento foi realizado nas dependências da Faculdade Doctum em Ipatinga; concurso integra atividades do Movimento Maio Amarelo

3.PNG

Confira a lista de classificados por categoria:

classificação concurso maio amarelo

O concurso literário “Segurança no trânsito é dar sentido à vida” é uma realização da Superintendência Regional de Ensino de Coronel Fabriciano. Participam professores e estudantes das escolas públicas e privadas da circunscrição.

São parceiros:

Faculdades Doctum

Fundação Aperam Acesita

Movimento Trânsito Mais Seguro

Polícia Militar de Minas Gerais – PMMG

Superintendência Regional de Saúde de Coronel Fabriciano – SRS

Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais – DEER/MG

Veja mais fotos:

Continuar lendo SRE DE CORONEL FABRICIANO E PARCEIROS REALIZAM CERIMÔNIA DE PREMIAÇÃO DOS ESTUDANTES CLASSIFICADOS NO CONCURSO “SEGURANÇA NO TRÂNSITO É DAR SENTIDO À VIDA”

Últimos dias para a realização das Comissões Julgadoras Municipais da OLP 2019


Comissão Julgadora Municipal (CJM)

Últimos dias para a realização das CJM’s. As comissões têm até o dia 9 de setembro (segunda-feira) para selecionar as produções que irão para a próxima etapa. Antecipe-se!

➜ Saiba mais


Cursos on-line do Escrevendo o Futuro abrem inscrições

Novas vagas dos cursos “Leitura vai, escrita vem” e “Nas tramas do texto” serão abertas no dia 09/09, segunda-feira.

Entrevista: O que pode o documentário?

Amaranta César, curadora do Festival CachoeiraDoc e professora da UFRB defende o potencial e a importância do documentário.

Os cadernos de meu avô

Leia o relato da professora Karina Vicelli, sobre sua relação com a leitura e o desejo de desvendar os segredos de seu avô.

Quiz: análise de dificuldades e avanços na aprendizagem

Enquanto aguardamos as próximas etapas do concurso, Olímpia preparou um quiz para refletirmos sobre os caminhos percorridos até aqui.

WWW.ESCREVENDOOFUTURO.ORG.BR

SRE DE CORONEL FABRICIANO ORIENTA ESCOLAS PARA ESCOLHA DO LIVRO DIDÁTICO 2020


Processo de escolha dos livros foi iniciado no dia 04 de setembro e se encerra no dia 16 

Nesse momento, serão escolhidas apenas obras didáticas destinadas aos anos finais do ensino fundamental (6º ao 9º ano). A escolha das obras literárias do PNLD Literário 2020 não será realizada agora e a previsão é que ocorra no primeiro semestre de 2020.

O processo de escolha do livro didático envolve duas etapas: a análise das obras, disponíveis no Guia do PNLD, e o registro das coleções escolhidas pelo corpo docente, feito pelo diretor da escola por meio de sua senha de acesso ao Sistema PDDE Interativo/SIMEC, através do endereço eletrônico: http://pddeinterativo.mec.gov.br/  (*) 

A Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE) optou pelo modelo de escolha Material único para cada escola, o que significa que cada instituição de ensino da rede estadual escolherá e registrará os materiais que deseja receber para realizar o trabalho em sala de aula, dando assim, maior autonomia às escolas.

O processo de escolha deverá ser realizado a partir de uma reflexão coletiva em função da realidade dos alunos e das escolas. Devem ser observados se o material atende as propostas pedagógicas e as especificidades da escola e rede de ensino, se respeita e valoriza a diversidade social e cultural, se a forma como trabalha a BNCC apoia o professor a desenvolver as competências e as habilidades de seus alunos, se as orientações do Manual do Professor contribuem para as práticas do dia a dia escolar, se as atividades propostas são adequadas e engajantes para os alunos, se os instrumentos de avaliação oferecidos ajudam a acompanhar o progresso dos alunos, dentre outros.

ATENÇÃO:

  1. é proibido o acesso de representantes das editoras nas dependências da escola durante o período de Registro da Escolha, bem como aceitar, a qualquer tempo, vantagens, presentes ou brindes em razão da escolha dos materiais do PNLD.
  2. está em curso a revisão dos marcos legais da educação nacional para atualização dos livros didáticos. Desse modo, não haverá em 2019 a escolha de novos materiais para atendimento do PNLD-EJA, destinado à Educação de Jovens e Adultos. Anexo Informe 08/2019 – COARE/FNDE: Reposição de livros EJA / EF e EM.

Também atenção para as seguintes informações referentes ao processo de escolha do PNLD 2020:

●  As resenhas de todas as obras aprovadas pelo MEC estão disponíveis para consulta no Guia do Livro Didático 2020 em:

http://www.fnde.gov.br/index.php/programas/programas-do-livro/pnld/escolha-pnld-2020

●   A escola que tem alunos e professores com deficiência deverá preencher todos os espaços da aba nº 4 “Acessibilidade” informando a quantidade de alunos e professores com deficiência;

●   Não haverá escolha para o componente Língua Estrangeira Espanhol no PNLD 2020;

●   Cada escola poderá escolher uma coleção de projeto integrador;

●   Para o componente curricular de Educação Física serão adquiridos somente o manual do professor impresso e digital;

●   É obrigatória a inclusão da ata de reunião da escolha dos livros didáticos no Sistema PDDE-Interativo no momento do registro;

●   As escolas deverão informar sobre a visita de representantes de editoras para divulgação de material do PNLD, caso tenha ocorrido.

As obras didáticas dos anos finais do ensino fundamental, avaliadas no PNLD 2020, terão ciclo de 4 anos. Além disso, os livros de todos os componentes curriculares são reutilizáveis, inclusive Língua Inglesa.

Necessária a leitura das Orientações Gerais, o Passo a Passo para escolha do PNLD 2020 e demais materiais anexos, antes de iniciar o registro da escolha do material didático, a fim esclarecer possíveis dúvidas durante o processo:

●      Passo a passo – Escolha do PNLD: informações sobre procedimentos de registro e escolha dos livros didáticos no sistema do PDDE Interativo;

●      Orientações Gerais – informações sobre o funcionamento do Programa Nacional do Livro e do Material Didático;

●      Compromissos da Escola – Escolha PNLD 2020: trata das obrigações da escola e vedações;

●      Perguntas frequentes – perguntas e respostas acerca da escolha do PNLD 2020;

●    RESOLUÇÃO Nº 15, DE 26 DE JULHO DE 2018: dispõe sobre as normas de conduta no âmbito da execução do Programa Nacional do Livro e do Material Didático.

●      Informe 39/2019 – COARE/FNDE: informações sobre a escolha do PNLD 2020;

●      Informe 37/2019 – COARE/FNDE: dispõe sobre a segurança no registro da escolha – PNLD 2020

●      Modelo de Ata.

(*) Recomenda-se que para melhor performance, a página do sistema do PDDE INTERATIVO seja acessada através do MOZILLA FIREFOX.

Com informações do MEC

29ª META e Mostra do CEFET – Campus Timóteo


cabecalho

CEFET informa que nos dias 10 e 11 de setembro serão realizadas a 29ª Mostra Específica de Trabalhos e Aplicações (META) e a Mostra dos Cursos Técnicos e de Graduação do campus Timóteo.

10/09: das 19h às 21h

11/09: das 08h às 12h e 14h às 16h

O evento é aberto ao público e uma excelente oportunidade para conhecer o trabalho realizado na instituição.

Para mais informações e agendamento de visitas em grupo, contatos podem sem feitos pelo número (31) 3845-4601.

Conheça mais:

http://www.timoteo.cefetmg.br/2019/08/07/29a-meta-e-mostra-do-campus-timoteo/

…………………………………………………………………………………………….

CEFET (Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais, Campus Timóteo)

EndereçoR. Dezenove de Novembro, 121 – Centro, Timóteo – MG, 35180-008

CEFET Timóteo realiza English Teaching Conference (EnTeCon) – Vale do Aço


Divulgação – CEFET Timóteo
“Diante de uma sociedade cada vez mais global, diversificada e atravessada por múltiplas construções de sentido, identidades e, por conseguinte, desafios crescentes e cambiantes, o 1º EnTeCon – Vale do Aço busca acolher os professores de Língua Inglesa das escolas públicas municipais e estaduais da região do Vale do Aço e das demais cidades ao redor, propondo um encontro que alinhe teorias e práticas que possibilitam e compõem o nosso fazer docente.
Esse interesse surge devido ao desejo de contribuir e fortalecer os processos de formação continuada desses professores, pois entendemos a importância desses profissionais para a educação pública, gratuita e de qualidade. Fazemos questão, também, da participação de professores de cursos livres e da rede particular para o enriquecimento do diálogo e a expansão das redes de informação conhecimento e compartilhamento.
Nesse evento, serão apresentadas, por meio de palestras e minicursos, atividades práticas embasadas em pesquisas desenvolvidas na área da Linguística Aplicada com o intuito de compartilhar experiências que têm dado certo, discutir novas propostas e oportunizar um espaço para a reflexão crítica, aplicação e (co)criação de novos instrumentos e saberes.
O evento nasce da parceria entre professores pesquisadores das seguintes universidades: Universidade Federal de Lavras (UFLA), Universidade Federal de São João Del Rey (UFSJ), Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Instituto Federal de Minas Gerais (IFMG), Instituto Federal de São Paulo (IFSP) e Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET MG – Timóteo), anfitrião que sediará o encontro. 
As inscrições gratuitas são limitadas e estão disponíveis até o dia 15 de Outubro.”
Link do evento: 
Link das inscrições: 
Assista:

Inep divulga gabarito do Encceja 2019


Os participantes do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) já podem conferir os gabaritos oficiais da edição de 2019. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou em seu portal os cadernos com as respostas na tarde desta terça-feira, 3 de setembro.

A edição de 2019 do Encceja teve recorde de participantes presentes: 1.185.945, aumento de 45% em comparação com 2018. O objetivo do exame é facilitar a obtenção do diploma de ensino fundamental e ensino médio a jovens e adultos que não se formaram na idade adequada. A prova foi aplicada em 25 de agosto, em 613 municípios brasileiros.

A novidade desta edição foi a adição, no caderno de provas, de uma folha destacável para anotar as respostas. Com o acesso ao gabarito, o participante pôde ter uma ideia de desempenho nas provas objetivas. O resultado oficial, incluindo a nota da redação, só será divulgado em dezembro.

Exame – Para participar do exame o candidato precisa ter 15 anos completos no dia da prova, no caso de querer o certificado do ensino fundamental. Para o médio, a idade mínima é de 18 anos. O exame é aplicado pelo Inep, também responsável por encaminhar os resultados individuais às instituições certificadoras.

Certificado – As 27 secretarias estaduais de educação são responsáveis por emitir os certificados de conclusão do ensino fundamental e do ensino médio. Se o participante não atingir a pontuação mínima em alguma área de conhecimento, pode requerer a Declaração Parcial de Proficiência, sempre junto aos certificadores. Alguns Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia também assinaram o Termo de Adesão ao Encceja para certificação apenas para o ensino médio.

Exterior e PPL – Para brasileiros que moram fora do Brasil há o Encceja Exterior. O exame está confirmado para 15 de setembro. Para residentes no exterior que estão privados de liberdade ou cumprem medidas socioeducativas, o Encceja Exterior Para Pessoas Privadas de Liberdade (PPL) será aplicado entre 16 e 27 de setembro. No Brasil, o Encceja PPL ocorrerá em 8 e 9 de outubro.

Leia o edital do Encceja 2019

Saiba mais sobre o Encceja

Assessoria de Comunicação Social do MEC, com informações do Inep

Disponível em:http://portal.mec.gov.br

MEC ABRE PROCESSO DE ESCOLHA DO LIVRO DIDÁTICO 2020


A escolha dos Livros Didáticos dos anos finais do ensino fundamental – PNLD 2020 teve início ontem,04 de setembro. O registro da escolha estará disponível no sistema PDDE Interativo até dia 16 de setembro de 2019. O sistema pode ser acessado em http://pddeinterativo.mec.gov.br/ e as resenhas de todas as obras aprovadas pelo MEC estão disponíveis para consulta no Guia do Livro Didático 2020 em: http://www.fnde.gov.br/index.php/programas/programas-do-livro/pnld/escolha-pnld-2020

Somente o diretor (a) da escola com seu CPF e senha de acesso ao PDDE receberá o código para acesso às obras na íntegra. Os diretores poderão repassar o código de acesso aos professores da sua escola. Para acessar o conteúdo completo dos Manuais do Professor das obras aprovadas, o professor deverá inserir a chave de acesso, única e exclusiva para cada escola.

Perguntas frequentes e orientações gerais sobre a escolha estão disponíveis para consulta em:

http://www.fnde.gov.br/index.php/programas/programas-do-livro/pnld/escolha-pnld-2020

As obras didáticas dos anos finais do ensino fundamental, avaliadas no PNLD 2020, terão ciclo de 4 anos. Além disso, os livros de todos os componentes curriculares são reutilizáveis, inclusive Língua Inglesa.

 

Professores de Projeto de Vida participam de formação


Entre os dias 26 e 30 de agosto, educadores participaram de um encontro e receberam orientações para a implementação do conteúdo nas escolas

Estimular o estudante a se autoconhecer e focar em aonde deseja chegar. É assim que os professores de Projeto de Vida irão atuar nas escolas estaduais que ofertam a educação integral de nível médio. Ao longo da semana, os educadores participaram de uma formação que teve por objetivo dar suporte e orientações para o desenvolvimento do conteúdo nas salas de aula. O encontro foi realizado nas dependências do Hotel Tauá.

“Entregamos para os educadores cadernos que vão auxiliar no desenvolvimento das atividades. Esses educadores vão ajudar os estudantes, por exemplo, no processo inicial de construção dos seus sonhos e a estruturar os caminhos para conseguir realiza-los. Sempre mostrando as diferentes perspectivas”, destaca o coordenador geral das escolas de ensino médio integral da Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG), Bruno Rozenberg.

projetodevida
Formação foi realizada ao longo dessa semana. Foto: Geanine Nogueira

O professor de Projeto de Vida da Escola Estadual Dona Berenice de Magalhães Pinto, em Arcos, Humberto de Lima Rocha, falou sobre a importância da formação para a implementação do conteúdo nas escolas. “A capacitação foi muito importante para que nós possamos ter um direcionamento para trabalhar com o aluno. O objetivo é que ele possa sair da escola como alguém que vai realmente modificar a sociedade. Sempre respeitando a sua individualidade”.

Já o professor da Escola Estadual Paulina Aluotto Ferreira, em Brumadinho, Márcio Roberto Lopes de Sousa, acredita que a proposta vai diminuir a evasão na escola e que a ideia da construção do projeto de vida irá incluir toda comunidade. “Esse conteúdo vai dar autonomia para os alunos e, do mesmo jeito que vamos ajuda-los a construir seus projetos, eles também poderão repassar para seus familiares, dentro de novas perspectivas”, pontua o professor.

A formação está sendo realizada a partir de uma parceria metodológica com o Instituto de Corresponsabilidade pela Educação (ICE), idealizador do Modelo Escola da Escolha, que serviu como base para a reestruturação da proposta pedagógica mineira. Participaram do encontro, realizado de 28 e 30/8, coordenadores e professores das 71 escolas estaduais mineiras que ofertam o ensino médio integral; analistas educacionais de 40 Superintendências Regionais de Ensino; e redatores da ProBNCC .

Fonte: http://www2.educacao.mg.gov.br (editado)

OLIMPÍADA DE LÍNGUA PORTUGUESA – Comissão Julgadora Municipal


22/08/2019

Comissão Julgadora Municipal

A 6ª edição da Olimpíada chegou à sua próxima etapa: agora é hora de organizar as CJM’s para selecionar os textos e documentários para a Etapa Estadual!

➜ Saiba mais


Curso on-line Sequência didática: aprendendo por meio de resenhas

As inscrições serão abertas no dia 26/08, segunda-feira, a partir das 10h (horário de Brasília), no Portal Escrevendo o Futuro.

➜ Saiba mais

Critérios de avaliação

Confira o texto “Critérios de avaliação: elementos imprescindíveis no ensino-aprendizagem da escrita”, de Lívia Suassuna.

➜ Saiba mais

Dicas para a Comissão Julgadora Municipal

Pensando no próximo passo da 6ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa, Olímpia dá algumas dicas para a realização das CJM’s.

➜ Saiba mais

WWW.ESCREVENDOOFUTURO.ORG.BR

Desafio Inova Escola anuncia prorrogação das inscrições


Ótima notícia para os educadores que desejam repensar a prática, o currículo, os tempos, os espaços e/ou as relações em sua escola. O Desafio Inova Escola prorrogou as inscrições até o dia 26 de agosto.

Significa que ainda há tempo para você formar e inscrever a sua equipe com 02 a 08 educadores para participar de uma Trilha Formativa on-line e gratuita. Nesta formação, serão apresentadas ferramentas que o auxiliarão a construir um plano de inovação para a sua escola. O processo formativo inclui elementos como a escuta e a participação da comunidade escolar, entre outros conteúdos relevantes.

E mais: os melhores planos de inovação serão premiados em nível nacional!

Você participa do Desafio Inova Escola e quem ganha é a comunidade escolar!

Dúvidas sobre o Desafio?

Equipe Desafio Inova Escola

SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DE MINAS GERAIS PUBLICA “MANUAL DE CONDUTA NAS REDES SOCIAIS”


Elaborado pela Assessoria de Comunicação Social da Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE), o Manual de Conduta nas Redes Sociais orienta a conduta de gestores da educação, responsáveis por alimentar as redes sociais das escolas, superintendências regionais de ensino e demais instituições. Visa também o uso adequado de informações e posicionamentos no universo da internet, bem como os seus impactos no cotidiano da gestão pública.

Tudo o que é postado, comentado, curtido e compartilhado reflete a imagem institucional do governo e exige cuidados e esforços para dar o foco adequado ao que é positivo, além de evitar exposições desnecessárias. O entendimento de que cada escola/superintendência faz parte de uma estrutura maior (SEE), com eixos estratégicos, missão e valores próprios, é fundamental para a construção de uma imagem sólida da educação pública mineira.

Fonte: Manual de Conduta nas Redes Sociais SEEMG 2019

Acesse o documento:

MANUAL DE CONDUTA NAS REDES SOCIAIS – SEEMG – 2019

 

Prorrogado para hoje, 20/08, o prazo para envio das produções dos estudantes no portal da Olimpíada de Língua Portuguesa


ATENÇÃO

As escolas que se inscreveram para participar da 6ª Olimpíada de Língua Portuguesa (OLP) têm até hoje (20/8) para indicar os melhores textos e documentários produzidos pelos estudantes. O envio do material pelos diretores deve ser feito pelo site do Programa Escrevendo o Futuro.

Para informações ou esclarecimento de dúvidas: 0800 7719310

Olimpíada de Língua Portuguesa: escolas têm até hoje,19 de agosto, para enviar textos escritos pelos alunos


Em Minas Geras 3.563 escolas públicas se inscreveram para a competição

As escolas que se inscreveram para participar da 6ª Olimpíada de Língua Portuguesa (OLP) têm até hoje, segunda-feira (19/8), para indicar os melhores textos e documentários produzidos pelos estudantes. O envio do material pelos diretores deve ser feito pelo site do Programa Escrevendo o Futuro. Para sanar as dúvidas de como enviar as produções dos alunos, o site do Programa fez um vídeo tutorial mostrando todos os passos.

Em todo o país, 42 mil escolas públicas se inscreveram para participar da Olimpíada. Deste total, 3.563 são mineiras. A edição desde ano da competição teve como tema “O lugar onde vivo”. Os estudantes tiveram a oportunidade de escrever redações nas categorias: poema, memórias, crônica, artigo de opinião e documentário.

As melhores redações selecionadas por estado participam dos cinco encontros regionais – um para cada categoria. Este ano, os encontros serão realizados em São Paulo.

Olimpíada de Língua Portuguesa

A Olimpíada é fruto de parceria entre o Itaú Social e o Ministério da Educação (MEC), sob a coordenação técnica do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec). A ideia é apoiar os professores da rede pública no aprimoramento das práticas de ensino de leitura e escrita. A partir da metodologia do Programa Escrevendo o Futuro, os professores realizam oficinas de produção de texto com os alunos do 5º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio.

Fonte: http://www2.educacao.mg.gov.br/ Educação Minas

 

Produções podem ser enviadas para Olimpíada de Língua Portuguesa a partir desta segunda, 12


A partir de hoje, 12 de agosto, diretores de escolas públicas vão poder indicar os melhores textos e documentários produzidos por estudantes para a 6ª Olimpíada de Língua Portuguesa (OLP). A edição deste ano conta com mais de 170 mil inscrições.

O tema da competição é “O Lugar Onde Vivo”. Além das categorias poema, memórias, crônica e artigo de opinião, a novidade de 2019 é a categoria documentário para alunos do 1º e 2º anos do ensino médio.

O envio do material pelos diretores deve ser feito pelo site do programa Escrevendo o Futuro até 19 de agosto. Estão representadas mais de 42 mil escolas — com alunos do 5º ano do ensino fundamental à 3ª série do ensino médio — em quase 4.900 municípios espalhados pelo Brasil.

Os diretores das escolas são, agora, responsáveis por darem continuidade a essa representatividade na próxima fase. “Os diretores devem formar a comissão julgadora e também cadastrar os selecionados. Os professores envolvidos também podem engajar os diretores para que a escola não deixe de ser representada na próxima etapa”, explica Esdras Soares, da equipe organizadora da Olimpíada.

Para sanar as dúvidas de como enviar o material dos alunos, o site do programa fez um vídeo tutorial mostrando todos os passos. “O vídeo explica bem quem deve entrar no sistema, como faz para cadastrar os avaliadores, selecionar os textos e vídeos, enfim, todas as orientações bem detalhadas”, destaca Soares.

As melhores produções selecionadas por estado participam dos cinco encontros regionais – um para cada categoria, que neste ano serão realizados em São Paulo. “Eles [alunos das produções selecionadas] participam de atividades culturais e formativas, numa troca muito rica de experiências, uma diversidade regional e cultural muito bacana”, acrescenta Esdras Soares.

OLP – A Olimpíada é fruto de parceria entre o Itaú Social e o MEC, sob a coordenação técnica do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec). A ideia é apoiar os professores da rede pública no aprimoramento das práticas de ensino de leitura e escrita. A partir da metodologia do programa Escrevendo o Futuro, os professores realizam oficinas de produção de texto com os alunos do 5º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio.

Luciano Marques, do Portal MEC

 

Candidatos podem acessar cartão de confirmação


Prova será em 25 de agosto

Está disponível o cartão de confirmação do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) 2019, na Página do Participante da avaliação, do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

As provas serão aplicadas em 25 de agosto, em 611 municípios. A avaliação ocorre no período da manhã e à tarde, em todos os estados e no Distrito Federal, nos municípios indicados no edital.

No dia do exame, os portões de acesso aos locais do exame serão abertos às 8h e fechados às 8h45 para as provas aplicadas pela manhã. À tarde, os candidatos podem entrar as 14h30 até 15h15, de acordo com o horário oficial de Brasília. É proibida a entrada após o fechamento dos portões.

Encceja – A avaliação é destinada a brasileiros que não concluíram o ensino fundamental ou médio em idade adequada. Com os resultados da prova é possível adquirir essa certificação.

De forma gratuita e voluntária, podem participar jovens e adultos que moram no Brasil ou no exterior (que farão as provas em outra data), inclusive pessoas privadas de liberdade. No entanto, é preciso ter, no mínimo, 15 anos para certificação do fundamental e 18 anos para o médio.

Giulliano Fernandes, do Portal MEC (editado)

Escolas ainda podem se inscrever para participar do projeto Jovem Senador


Prazo termina no dia 16 de agosto

download

As escolas de ensino médio que desejam participar do projeto Jovem Senador devem ficar atentas ao período de cadastro da iniciativa. A inscrição do aluno é feita pela escola e é efetivada com o envio da redação, ficha de inscrição e documentação para a Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE). O prazo termina no dia 16 de agosto. Veja aqui as informações para envio.

O projeto Jovem Senador é uma iniciativa do Senado Federal que selecionará, por meio de um concurso de redação, 27 estudantes do ensino médio de escolas públicas estaduais de todo o país, com idade até 19 anos, para vivenciarem o trabalho dos senadores em Brasília. O tema deste ano da iniciativa é “Cidadão que acompanha o orçamento público dá valor ao Brasil”.

Reflexão sobre o tema

No intuito de envolver a comunidade escolar e proporcionar a reflexão sobre o tema anual, a equipe organizadora do projeto propõe que o tema seja trabalhado em sala de aula e uma redação, que segue os mesmos moldes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), seja feita como parte dos estudos. Depois de produzidas, a escola deve escolher o texto que representará a unidade de ensino. Somente uma redação por escola pode ser inscrita.

As secretarias de educação realizam uma pré-seleção das redações. Cada secretaria escolhe três redações e as envia, sem classificar, para o Senado Federal, onde será feita a seleção final e definidos os três primeiros colocados no concurso. Todos os alunos classificados em primeiro lugar em suas unidades da Federação, e que viajarem a Brasília, serão diplomados “jovens senadores”. Além da viagem a Brasília, todos os finalistas recebem certificados e suas escolas são premiadas com kits de livros para compor o acervo da biblioteca.

De acordo com o cronograma da iniciativa, as secretarias de educação têm até setembro para encaminhar as redações ao Senado Federal. A divulgação do resultado do Jovem Senador 2019 está marcada para o mês de outubro. Já as atividades dos vencedores no Senado Federal acontecerão no mês de novembro.

Sobre o projeto

Durante o trabalho legislativo de uma semana, os jovens senadores vão propor três projetos de lei. Todo o processo será conduzido pela equipe de consultores legislativos do Senado Federal, os mesmos que assessoram os Senadores da República. Os projetos aprovados pelos jovens senadores são transformados em sugestões legislativas na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa do Senado Federal (CDH) e podem efetivar-se como leis em nosso país.

Confira o regulamento completo da iniciativa

Fonte: http://www2.educacao.mg.gov.br

Boletim Semanal – dúvidas frequentes sobre a 6ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa


07/08/2019

Dúvidas frequentes

Está com dúvidas em relação à Olimpíada de Língua Portuguesa? Confira aqui as respostas para as questões mais frequentes sobre a Etapa Escolar do concurso.

➜ Saiba mais


Especial Avaliação de Textos

Confira uma página especial com conteúdos que auxiliam na análise, aprimoramento e seleção das produções dos estudantes.

➜ Saiba mais

Inscrições para os cursos on-line “Avaliação textual” e “Caminhos da Escrita”

As inscrições serão abertas no dia 12 de agosto, a partir das 10h, no Portal Escrevendo o Futuro. Programe-se e participe!

➜ Saiba mais

Olimpíada: mais dicas sobre a Etapa Escolar

Visando as dúvidas relacionadas ao concurso, Olímpia deu mais algumas dicas para os momentos finais do trabalho em sala de aula.

➜ Saiba mais

WWW.ESCREVENDOOFUTURO.ORG.BR

GOVERNO DE MINAS GERAIS NOMEIA DIRETORA PARA A SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DE ENSINO DE CORONEL FABRICIANO


Edvania de Lana Morais Andrade permanece no cargo após ser aprovada em processo seletivo do Programa Transforma Minas; 52 aprovados da SEE e da Semad foram nomeados nesta quinta-feira (25/7)

Os candidatos selecionados por meio do Transforma Minas para atuarem em posições estratégicas do Governo de Minas Gerais no interior do estado começaram a ser nomeados nesta quinta-feira (25/7). Foram publicadas no Diário Oficial de Minas Gerais as nomeações de 43 aprovados para as vagas de Superintendentes Regionais de Ensino, da Secretaria de Estado de Educação (SEE), e de nove superintendentes Regionais de Meio Ambiente, da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad).

Os 637 profissionais da Educação aprovados no processo de certificação ocupacional puderam concorrer em um processo de pré-seleção com diferentes etapas, como avaliação curricular e entrevista por competências. No final, o Governo Estadual avaliou dossiês com todo o histórico dos finalistas para cada regional.

Na Semad, os nove profissionais selecionados assumirão cargos de liderança nas regionais de Belo Horizonte, Montes Claros, Diamantina, Governador Valadares, Ubá, Varginha, Divinópolis, Uberlândia e Unaí.

SRE de Coronel Fabriciano

Permanece no cargo para dirigir a SRE de Coronel Fabriciano, a professora Edvania de Lana Morais Andrade, servidora de carreira lotada nessa mesma instituição. Mestre em Educação, Edvania ocupa o cargo desde o ano de 2016.

foto edvania dia de nomeação 2019 blog divep
Analistas da DIVEP cumprimentam a diretora Edvania. Foto: Divulgação SRE de Coronel Fabriciano

Transforma Minas

O Transforma Minas, programa coordenado pela Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), está selecionando profissionais para posições de liderança do Governo do Estado. Desde o lançamento, em março deste ano, já foram disponibilizadas 138 vagas.

O programa possui uma metodologia baseada em competências e estabelece critérios objetivos e transparentes para seleção e preenchimento de cargos de liderança na administração pública. Mais informações sobre o Programa e sobre posições abertas estão disponíveis no https://www.mg.gov.br/transforma-minas

Fonte: http://www.educacao.mg.gov.br

Confira as nomeações:

http://www.iof.mg.gov.br (publicação do dia 25/07/2019 – Diário do Executivo)

Educadores do Vale do Aço participam de encontro para discutir o Currículo Referência Minas Gerais


Ação é promovida pela “Agenda de Convergência do Vale do Aço – Eixo Educação”, que conta com a participação SER de Coronel Fabriciano

Professores, gestores e especialistas dos 11 municípios que compõem a Superintendência Regional de Ensino (SRE) de Coronel Fabriciano participaram, nesta quarta-feira (10/7), de encontro promovido pela “Agenda de Convergência do Vale do Aço – Eixo Educação”.

Com o tema “Currículo Na Prática”, o encontro é uma das iniciativas para formação de professores para implementação do Currículo Referência de Minas Gerais. Ele reúne a SRE, a Secretaria de Governança Educacional de Coronel Fabriciano, Secretaria Municipal de Educação de Ipatinga, Secretaria Municipal de Educação de Timóteo e a Faculdade Unileste.

“Estamos trabalhando para instrumentalizar nossos educadores para a implementação do currículo. É uma ação articulada entre as diferentes redes e que está em consonância com o que é proposto pela Secretaria de Estado de Educação”, destaca a Superintendente Regional de Ensino, Edvânia de Lana Morais de Andrade. A reunião aconteceu em Timóteo, no Vale do Aço.

coronelfabriciano
Foto: Divulgação SRE Coronel Fabriciano

Vice-diretora da Escola Estadual Dom Helvécio, no município de Itatinga, Rachel da Silva Ramalho, foi uma das participantes do encontro e conta como sua escola está se apropriando do Currículo Referência Minas Gerais. “Estamos estudando o conteúdo a fundo. O Currículo trouxe a inovação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), mas muitas coisas já existiam e outras foram aprimoradas. O nosso objetivo é compreendê-lo e torná-lo ativo na nossa escola”, conta. A unidade atende 780 alunos dos anos iniciais e finais do ensino fundamental.

Currículo
Currículo Referência de Minas Gerais é resultado de um ano de intenso trabalho em regime de colaboração entre a SEE e a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação, Seccional Minas Gerais (Undime-MG). Ele foi homologado no final do ano passado.

O documento foi elaborado a partir da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e é o resultado da revisão dos currículos de todas as redes educacionais mineiras. O ano de 2019 será de transição e dedicado à formação dos profissionais da educação e estudo do Currículo Referência. Já em 2020 ele estará efetivamente nas escolas.

Fonte: http://www.educacao.mg.gov.br

 

IFMG abre processo seletivo de estagiários para o campus de Ipatinga


foto ifmg

IFMG Campus Avançado Ipatinga está com o processo seletivo aberto para seleção de estagiário na área Administrativa. A seleção está regida pelo Edital nº 003/2019. O período de inscrições vai até 01/07/2019. 

Os candidatos deverão estar matriculados e frequentes no curso de Graduação, referentes as áreas de conhecimento abaixo:

Sistemas de informação: Graduação em Sistemas de Informação, Licenciatura em Computação, Engenharia da Computação, Ciência da Computação ou cursos de graduação em áreas afins. (a partir do 2º período).

Administração:  Graduação em Administração, Tecnologia em Processos Gerenciais, Tecnologia em Gestão Pública, Engenharia de Produção, Administração Pública, Ciências Contábeis ou cursos de graduação em áreas afins. (a partir do 2º período).

Mais informações podem ser consultadas na página da Instituição:

www.ifmg.edu.br/portal/concursos

DIVEP ENCERRA 1º CICLO DE ESTUDOS SOBRE O CURRÍCULO REFERÊNCIA DE MINAS GERAIS


Analistas da Divep discutem os vídeos do I Ciclo de Webconferências do Currículo Referência de Minas Gerais, com ênfase no conjunto de competências e habilidades dos componentes curriculares do ensino fundamental e da educação infantil. Os trabalhos se encerraram nessa segunda-feira, 17/6 (veja fotos).

Dando prosseguimento às Trilhas Formativas, a equipe já se mobiliza para iniciar as discussões do II Ciclo de Webconferências iniciado no dia 13.

O objetivo das webconferências é introduzir o Currículo Referência de Minas aos profissionais da educação, entender as principais demandas das redes e oferecer um panorama de como se dará a frente de formação continuada ao longo do ano de 2019, considerado o ano de transição para implantação do novo currículo. O ProBNCC prevê um percurso formativo aos profissionais que atuam na educação infantil e no ensino fundamental, também preparando-os para a reelaboração do Projeto Político Pedagógico da escola e formulação de planos de aula para 2020.

As Webconferências ficarão gravadas e poderão ser assistidas novamente através dos links e do nosso novo site:

https://curriculoreferencia.educacao.mg.gov.br

LOGOTIPO CURRÍCULO REFERENCIA

I CICLO DE ESTUDOS – DIVEP (fotos de encerramento)

 

Educação profissional terá mais de 5,4 mil novas vagas no segundo semestre de 2019 em Minas Gerais


Secretaria de Estado de Educação ofertará as oportunidades em 106 escolas estaduais distribuídas pelas 47 Superintendências Regionais de Ensino; na regional de Coronel Fabriciano são mais 80 vagas 

A Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE) vai ofertar, a partir do mês de julho, 5.480 novas vagas na Rede Estadual de Educação Profissional. Para concorrer às vagas, o candidato deverá realizar sua inscrição na escola estadual onde será ofertado o curso de seu interesse. Podem participar estudantes ou demais membros da comunidade escolar. As aulas terão início no dia 29 de julho.

Podem participar estudantes que estão matriculados a partir do 1° ano do ensino médio, incluindo a Educação de Jovens e Adultos (EJA) na rede pública estadual ou, ainda, os estudantes que concluíram essa modalidade de ensino ou equivalente. Continuar lendo Educação profissional terá mais de 5,4 mil novas vagas no segundo semestre de 2019 em Minas Gerais

SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DE MINAS GERAIS RETIFICA CRONOGRAMA DE DESIGNAÇÕES PARA CURSOS TÉCNICOS


Confira o novo cronograma de designações de professores para exercício nas escolas que ofertam cursos técnicos da REDE:

Data / Período

Horário Atividade

Local

de 17/06/2019 a 28/06/2019

das 08 horas às 20h

 

– Inscrição de candidatos para função pública de Professor de Educação Básica

 

– Correção de informações no Formulário de Inscrição

– Escolas da Rede Estadual de Ensino que ofertam Educação Profissional Técnica de Nível Médio, conforme listagem disponível no site da SEE
 

de 17/06/2019 a 28/06/2019

 

 

das 08h às 17h

 

– Entrega do requerimento e documentação para expedição de Autorização para Lecionar (CAT) – Superintendências Regionais de Ensino

de 02/07/2019 a 05/07/2019

_

– Classificação dos candidatos inscritos – Na própria escola onde o candidato fez a inscrição

15/07/2019

a partir das 14h

– Divulgação das listas de classificação dos candidatos inscritos

– Na própria escola onde o candidato fez a inscrição, SRE e site da SEE.

de 17/07/2019 a 22/07/2019

das 08h às 17h

– Entrega da Autorização para Lecionar (CAT) – Na SRE onde o candidato requereu Autorização para Lecionar (CAT)

de 22/07/2019 a 23/07/2019

 

das 08h às 18h

 

– Designação com vigência a contar de 29/07/2019 – Na própria escola onde o candidato fez a inscrição.

29/07/2019

-Início das aulas – Escolas Estaduais que ofertam o curso

Na SRE de Coronel Fabriciano:

Escolas com turmas de cursos técnicos em continuidade: EE Presidente Tancredo Neves, Belo Oriente (Administração); EE Dona Canuta Rosa de Oliveira Barbosa, Ipatinga (Secretaria Escolar); EE Professora Ana Letro Staacks, Timóteo (Informática); EE Professora Hilda de Araújo Ozório Zauza, Timóteo (Administração).

Escolas com novas turmas autorizadas: EE Tancredo de Almeida Neves, Coronel Fabriciano (Logística); EE Professora Hilda de Araújo Ozório Zauza, Timóteo (Recursos Humanos)

Confira os documentos:

Ofício Circular SEEDIEP nº 3 de 13 de junho de 2019

Ofício Circular SEE DIEP nº. 3 de 2019 (versão word) 1 – Anexo I – Retificação do Cronograma

 

Este Blog é destinado a todos os educadores envolvidos no trabalho pedagógico em escolas de educação básica: analistas educacionais, pesquisadores, diretores, pedagogos, professores e estudantes. A intenção é utilizar este espaço para disseminação de notícias, artigos, textos, experiências e discussão de temas relevantes relacionados à prática educativa.