SRE de Coronel Fabriciano abre inscrições para cursos do Programa Formação pela Escola


O Programa Formação pela Escola oferece cursos a distância de programas e ações educacionais financiados pelo FNDE.

No período de março a abril de 2020 serão oferecidos os cursos:

“Censo Escolar (Educacenso)”, para Assistentes Técnicos da Educação Básica (ATB), principalmente aos profissionais que trabalham diretamente com o programa.

“Controle Social de Conselheiros”, para membros do Colegiado Escolar.

Atenção!

Para ambos os cursos, todos os servidores e membros da comunidade interessados poderão se inscrever. Sugere-se que as Equipes Diretiva e Pedagógica das escolas também participem.

Para a inscrição, os interessados deverão preencher o formulário acessando o link abaixo até o dia 25/02/2020; deverão aguardar contato para confirmação de matrícula, que será feito posteriormente no e-mail pessoal informado.

Tutora responsável pelo programa na Superintendência Regional de Ensino de Coronel Fabriciano: Flávia Nunes Peron

Superintendência Regional de Ensino de Coronel Fabriciano
Rua Guarapari, 1.163, Bairro Belvedere – Coronel Fabriciano/MG – CEP: 35170-102  

(31) 3841 9486  e  3841 9474

SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DE MINAS GERAIS ABRE INSCRIÇÕES PARA DESIGNAÇÃO DE PROFESSORES DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL TÉCNICA DE NÍVEL MÉDIO


Candidatos podem se inscrever nas Escolas Estaduais que ofertam Educação Profissional Técnica de Nível Médio 

Confira a Resolução:

RESOLUÇÃO SEE Nº 4.278 DE 23 DE JANEIRO DE 2020 – Designação PEB Cursos Técnicos

Fonte: Diário do Executivo Minas Gerais – Caderno 1, p. 10, sexta-feira, 24 de Janeiro de 2020

Professores da rede estadual de ensino de Minas Gerais têm até o dia 27 para realizar inscrição no curso “O Planejamento no Contexto Escolar”


Iniciativa é realizada por meio da Escola de Formação e Desenvolvimento Profissional de Educadores de Minas Gerais

A Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG), por meio da Escola de Formação e Desenvolvimento Profissional de Educadores de Minas Gerais, está divulgando nova turma para o curso “O Planejamento no Contexto Escolar”. A ação faz parte de atividades ofertadas pela SEE/MG para implementar o Currículo Referência de Minas Gerais da Educação Infantil e Fundamental.

O curso pretende refletir sobre a importância do planejamento na prática docente de forma participativa e reflexiva, buscando a promoção do ensino e aprendizagem dos estudantes em sua integralidade. Também favorece a organização das ações pedagógicas, bem como estabelece uma metodologia de sequência lógica, que influi nos futuros resultados de ensino aprendizagem.

O período de inscrição começou no dia 27 de dezembro e prossegue até o dia 27 de janeiro. São 10 mil vagas para todos os professores da Educação Básica e Coordenadores Pedagógicos da rede estadual de ensino de Minas Gerais. O curso está previsto para ser iniciado no dia 4 de fevereiro com término em 05 de março.

Os interessados devem se inscrever no site www.escoladeformacao.educacao.mg.gov.br. No momento da inscrição, os candidatos precisam informar seus dados de forma correta, principalmente o e-mail e CPF para a matrícula ser aceita. Também é possível acompanhar o processo através do site www.escoladeformacao.educacao.mg.gov.br.

Fonte: http://www.educacao.mg.gov.br

Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais publica classificação do processo seletivo para atuar pelo Pronatec em cursos técnicos da rede estadual


Classificados para as vagas devem procurar a sede das Superintendências Regionais de Ensino (SREs) para entregar a documentação

A Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG), por meio da Coordenação Geral do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), divulgou nesta quarta-feira (22/01) a classificação dos candidatos inscritos para atuar, pelo programa, nos cursos técnicos do Ensino Médio de Tempo Integral profissionalizante em escolas de oito municípios do estado.

A ordem foi definida conforme os critérios estabelecidos no edital Pronatec/Mediotec número 01/2020 para as funções de professor bolsista, supervisor de curso e orientador. Clique aqui para acessar a lista com a classificação.

Nesta quinta (23/01) e sexta (24/01) os selecionados devem fazer a entrega do requerimento e da documentação na sede da Superintendência Regional de Ensino (SER) responsável pela escola.

As vagas previstas no edital são para escolas da rede estadual localizadas em Belo Horizonte, Governador Valadares, Ipatinga, Itajubá, Juiz de Fora, Uberlândia, Sacramento e Tupaciguara. No caso dos professores bolsistas, a maioria dos postos são para dar aulas no curso de desenvolvimento de sistemas, mas há oportunidades também para química, análises químicas, alimentos, açúcar e álcool, além de celulose e papel.

Clique aqui para acessar o edital completo do processo seletivo.

Fonte: http://www.educacao.mg.gov.br

Capes disponibiliza plataforma para cadastro de professores interessados em cursar licenciatura


A Plataforma Capes de Educação Básica estará aberta até o dia 31 de janeiro de 2020, para que os docentes em exercício nas redes públicas manifestem seu interesse em cursar licenciatura na área em que atuam. Continuar lendo Capes disponibiliza plataforma para cadastro de professores interessados em cursar licenciatura

Abertas as inscrições para os interessados em atuar como professor bolsista pelo Pronatec em cursos técnicos da Rede Estadual de Ensino de Minas Gerais


Vagas estão disponibilizadas em duas escolas da capital e outras de sete municípios do interior do estado; a SRE de Coronel Fabriciano ofertará o Curso Técnico de Desenvolvimento de Sistemas na EE Selim José de Salles em Ipatinga

A Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG), por meio da Coordenação Geral do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), está com inscrições abertas para vagas de professor bolsista, orientador e supervisor de cursos técnicos. As vagas são para atuação, pelo programa, nos cursos técnicos do Ensino Médio de Tempo Integral profissionalizante em escolas de oito municípios do estado. As inscrições começaram nessa terça-feira (14/01) e vão até a próxima segunda-feira (20/01). Continuar lendo Abertas as inscrições para os interessados em atuar como professor bolsista pelo Pronatec em cursos técnicos da Rede Estadual de Ensino de Minas Gerais

Divulgação dos resultados do Enem 2019 sai na próxima sexta-feira, 17


Os estudantes que prestaram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 podem começar a contagem regressiva. A nota individual poderá ser acessada pela Página do Participante, no portal ou no aplicativo do Enem em 17 de janeiro. Continuar lendo Divulgação dos resultados do Enem 2019 sai na próxima sexta-feira, 17

MEC REGULAMENTA REGISTRO E EMISSÃO DE DIPLOMA DIGITAL


O Ministério da Educação publicou em 12/03/2019 a Portaria nº 554, que regulamenta o registro e a emissão de diploma digital pelas instituições de ensino superior que compõem o Sistema Federal de Ensino. Esta é a segunda portaria que trata sobre o diploma digital e visa proporcionar às mais de 2,4 mil instituições o passo a passo para implementar o novo formato. Continuar lendo MEC REGULAMENTA REGISTRO E EMISSÃO DE DIPLOMA DIGITAL

Curso “Currículo Referência de Minas Gerais: conhecê-lo para implementá-lo” está com inscrições abertas


Interessados podem se inscrever até o próximo dia 20/01

A Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG), por meio da Escola de Formação e Desenvolvimento Profissional de Educadores de Minas Gerais, está divulgando nova turma para o curso “Currículo Referência de Minas Gerais: conhecê-lo para implementá-lo ”. Continuar lendo Curso “Currículo Referência de Minas Gerais: conhecê-lo para implementá-lo” está com inscrições abertas

SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO DE MINAS GERIAS CONFIRMA MATRÍCULA DE ESTUDANTES AMANHÃ, 14 DE JANEIRO


Matrícula deverá ser realizada entre os dias 15 e 22 de janeiro

A Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG) esclarece que a primeira chamada de encaminhamento de alunos da rede estadual está passando por ajustes finais para melhor atender a comunidade escolar do estado e alocar os alunos em sua primeira opção de escolha. Por isso, o calendário da matrícula 2020 irá passar por alterações. Dessa forma, a data de divulgação da primeira chamada será nesta terça-feira (14/01). Para maior conforto das famílias, a secretaria transferiu o prazo de confirmação da matrícula para o período de quarta-feira (15/01) a quarta-feira (22/01).

A secretaria informa que o processo informatizado de matrícula implantado na rede de Minas Gerais gera benefícios para toda a comunidade escolar. Como por exemplo, segurança administrativa para o diretor, fim da superlotação nas salas de aula entre outros. A SEE garante que todos os alunos interessados em ingressar da rede estadual de ensino serão atendidos e afirma que data do início do ano letivo está mantida.

Fonte: http://www2.educacao.mg.gov.br

Educação Especial ganha novas diretrizes na rede pública estadual de Minas Gerais


Pela primeira vez, as orientações para normatização e organização da Educação Especial na Perspectiva Inclusiva nas escolas estaduais foram publicadas por meio de resolução

A Educação Especial ofertada pela Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG) ganhou mais força este ano. É que nesta sexta-feira (10/1) foi publicada, no Diário Oficial Minas Gerais, a Resolução SEE n 4.256/2020, que institui as diretrizes para normatização e organização da Educação Especial na rede estadual de ensino. Continuar lendo Educação Especial ganha novas diretrizes na rede pública estadual de Minas Gerais

Capes oferta mais de 60 mil bolsas para formação de professores da educação básica


Maior parte das vagas é voltada para alfabetização, biologia, ciências, física, língua portuguesa, matemática e química

Para melhorar a qualidade da educação brasileira, uma das prioridades do Ministério da Educação (MEC) neste ano é a capacitação de docentes. Por este motivo, a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) publicou nesta segunda-feira, 6 de janeiro, no Diário Oficial da União (DOU), dois editais que ofertam mais de 60 mil bolsas para a formação de professores da educação básica.

O primeiro edital oferece bolsas para o programa Residência Pedagógica, ação que integra a Política Nacional de Formação de Professores e promove a vivência prática dos formandos dentro da sala de aula na segunda metade do curso de licenciatura. Já o segundo edital refere-se ao Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID), direcionado à primeira metade do curso.

Cada programa oferecerá 30.096 bolsas para até 250 instituições de ensino superior, com duração de até 18 meses, sendo um mínimo de 60% delas voltadas para as áreas consideradas prioritárias: alfabetização, biologia, ciências, física, língua portuguesa, matemática e química.

O prazo para cadastro dos projetos cada instituição de ensino superior se encerra em 2 de março e pode ser feito por meio da plataforma da Capes. O resultado final da seleção será divulgado até 10 de abril e o início das atividades se dará no dia 14 do mesmo mês.

Na avaliação do presidente da Capes, Anderson Correia, a medida visa à melhoria significativa do desempenho dos estudantes nas avaliações dos próximos anos. “O professor é o elo vital da formação das crianças e adolescentes no país. Um professor bem formado, motivado, capacitado, qualificado, certamente terá um impacto muito grande na vida dos estudantes brasileiros”, disse.

O investimento na formação de professores deve contribuir para a melhoria do desempenho dos estudantes no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), calculado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). O indicador é produzido com base nas informações de duas fontes, o Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), por meio de prova e questionário aplicados a cada dois anos, e o Censo Escolar, respondido anualmente por todas as escolas do país.

A oferta das vagas foi anunciada pelo presidente da Capes, em 12 de dezembro do ano passado, na sede da Coordenação, em Brasília.

Assessoria de Comunicação, com informações da Capes

http://portal.mec.gov.br

Publicada resolução que apresenta critérios e diretrizes para a designação 2020 nas escolas estaduais de Minas Gerais


Designação será realizada em duas modalidades: de 18 a 21 de janeiro acontece a designação on-line. Já a presencial será de 22 a 31 do mesmo mês

A Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE) publicou no Diário Oficial desta terça-feira (7/1) a Resolução nº 4.257, que estabelece os critérios e diretrizes para a designação 2020. De acordo com o documento, a designação on-line acontecerá no período de 18 a 21 de janeiro. Já a presencial será de 22 a 31 do mesmo mês.

Participam da designação on-line candidatos às seguintes funções: Professor de Educação Básica – PEB Anos Iniciais Regente de Turma/Eventual e Professor para o Ensino do Uso da Biblioteca; Analista de Educação Básica – AEB; Assistente Técnico de Educação Básica – ATB; Especialista em Educação Básica – EEB e Inspetor Escolar.

A escolha de vagas para a designação on-line será em processo único com a atribuição de vagas realizada em duas etapas. Na primeira, ocorrerá a disponibilização e preenchimento das vagas, de acordo com o Comporta da escola e a manifestação de preferência do candidato. O resultado da primeira rodada será divulgado no dia 28 de janeiro.

Já a segunda etapa ocorrerá quando a vaga ofertada na primeira rodada não for preenchida, em decorrência da não comprovação das informações pelo candidato ou não comparecimento em tempo hábil. Ao servidor designado no processo de designação on-line e dispensado da função, em decorrência de provimento da vaga, será assegurada nova participação na segunda etapa de atribuição de vagas. O resultado da segunda etapa será divulgado no dia 04 de fevereiro.

Designação presencial

A designação presencial será realizada no período de 22 a 31 de janeiro em polos ou micropolos. É responsabilidade das Superintendências Regionais de Ensino (SREs) organizar e gerenciar a designação presencial. Essas vagas serão destinadas para os candidatos às seguintes funções: Professor de Educação Básica – PEB Regente de Aulas e para o Auxiliar de Serviços de Educação Básica – ASB.

As vagas destinadas à designação presencial deverão ser divulgadas, por meio do site controlequadropessoal.educacao.mg.gov.br/divulgacao, de editais afixados na própria escola, na SRE e em locais públicos previamente definidos, com a antecedência mínima de 48 horas do horário previsto para seleção dos candidatos na chamada inicial para designação.

A orientação da Secretaria é que as SREs organizem as designações de modo que um mesmo componente curricular aconteça em horários distintos para que mais candidatos possam participar do processo.

Listagens com a classificação definitiva

As listagens com a classificação definitiva dos candidatos inscritos para participar do processo de designação 2020 podem ser consultadas no site www.designaeducacao.mg.gov.br. A relação com todos os nomes será utilizada para as designações, na modalidade on-line e na modalidade presencial, ao longo de todo ano letivo de 2020.

Fonte: http://www2.educacao.mg.gov.br/ (editado)

Resultados finais do Censo Escolar 2019 estão disponíveis


Há dados do ensino regular, da educação de jovens e adultos e da educação especial

Já estão disponíveis os resultados finais do Censo Escolar 2019. Os dados foram divulgados na edição desta segunda-feira, 30 de dezembro, do Diário Oficial da União (DOU). Constam na portaria os números referentes às matrículas da rede pública na educação infantil, no ensino fundamental e médio do ensino regular e do fundamental e médio da educação de jovens e adultos (EJA).

O quantitativo de matrículas na rede pública serve como base para o cálculo dos coeficientes de distribuição dos recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Para fins de distribuição dos recursos do Fundeb, são consideradas exclusivamente as matrículas presenciais das escolas públicas das redes municipais e estaduais, urbanas e rurais, em tempo parcial e integral.

A publicação traz ainda o número de matrículas exclusivas da educação especial (alunos de escolas especiais, classes especiais e incluídos) na rede pública de ensino. As informações também podem ser acessadas pelo site do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), vinculado ao Ministério da Educação (MEC) e responsável pelo levantamento.

A divulgação completa dos resultados do Censo Escolar, que inclui as sinopses estatísticas e os microdados para todas as redes de ensino, está prevista para o final de janeiro de 2020.

Censo Escolar – O Censo Escolar é uma pesquisa estatística que tem por objetivo oferecer um diagnóstico sobre a educação básica brasileira. Coordenado pelo Inep, é realizado em regime de colaboração entre a União, os estados, o Distrito Federal e os municípios. A pesquisa é declaratória, de abrangência nacional e coleta informações de todas as escolas públicas e privadas, suas respectivas turmas, gestores, profissionais escolares e alunos de todas as etapas e modalidades de ensino: ensino regular, educação especial, EJA e educação profissional.

Assessoria de Comunicação Social, com informações do Inep

MEC investe mais de R$ 300 milhões em escolas com vulnerabilidade social


Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) atende demandas de instituições com carências no abastecimento de água, em acessibilidade e localizadas no campo

Garantia de qualidade de vida a estudantes em vulnerabilidade social. Esse é o objetivo da parte do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) sob o guarda-chuva da Secretaria de Modalidades Especializadas de Educação (Semesp) do Ministério da Educação (MEC). Neste ano, mais de R$ 300 milhões foram destinados para levar água, melhorar a estrutura e a acessibilidade em escolas urbanas e rurais que participam da iniciativa.

Como o próprio nome revela, o programa destina dinheiro diretamente às escolas, sem intermediários. O objetivo da iniciativa é dar assistência financeira às escolas da educação básica das redes estaduais, municipais e do Distrito Federal e às escolas privadas de educação especial mantidas por entidades sem fins lucrativos. Os recursos são investidos em melhoria da infraestrutura física e pedagógica, em reforço da autogestão escolar e em elevação dos índices de desempenho da educação básica.

Cabe à Semesp três modalidades das chamadas ações agregadas do PDDE. A primeira repassa dinheiro a escolas com problemas no abastecimento de água. Neste ano, o governo federal, por meio do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), liberou R$ 32,04 milhões, dinheiro para atender 1.206 escolas, o que representa cerca de 86 mil alunos.

Direcionado às instituições localizadas em áreas rurais, o PDDE Campo teve aporte de R$ 203,89 milhões. Os recursos vão para 19.210 escolas, beneficiando cerca de 2 milhões de alunos.

A terceira modalidade visa tornar as escolas mais acessíveis a pessoas com deficiências físicas. Foram investidos R$ 109,2 milhões neste ano para atender 4.252.915 estudantes.

Na avaliação da secretária de Modalidades Especializadas de Educação, Ilda Peliz, o programa diminui burocracias ao repassar recursos diretamente para a escola. “A dinâmica da iniciativa agiliza o processo. Além disso, proporciona qualidade de vida e dignidade aos alunos”, frisou.

As escolas são escolhidas pelo MEC com base nas informações fornecidas no Censo Escolar, base de dados oficial da educação coordenada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). As instituições precisam se cadastrar no Sistema do PDDE Interativo e, após serem escolhidas, devem fazer um plano de ação em que indiquem quais são melhorias, reparos e reformas necessárias.

É feita uma análise da viabilidade de cada pedido e, assim, o valor é repassado de acordo com o número de alunos. Para que as necessidades sejam atendidas, a escola precisa estar regularizada e possuir prédio próprio.

PDDE Água na Escola – A modalidade prevê a garantia de abastecimento contínuo de água adequada ao consumo. Entre as ações previstas, estão a aquisição de equipamentos, instalações hidráulicas e contratação de mão de obra voltada à construção de poços, cisternas ou outras formas e meios de abastecimento de água.

PDDE Campo – Estes recursos devem ser utilizados na adequação e na benfeitoria da estrutura física das escolas rurais, por meio da contratação de mão de obra para realização de reparos ou pequenas ampliações e cobertura de outras despesas. A escola pode solicitar, por exemplo, consertos no sistema elétrico, paredes, portas, calçamento e telhado.

PDDE Acessibilidade – As escolas participantes utilizam o recurso para tornar mais acessíveis a estrutura física e pedagógica da escola. Com o repasse, é possível solicitar cadeira de rodas, rampas, sanitários, vias de acesso, corrimão, recursos de tecnologia assistida, e sinalização tátil e sonora, por exemplo.

Larissa Lima, do Portal MEC

http://portal.mec.gov.br

Ano letivo na rede estadual de ensino de Minas Gerais começa no dia 10 de fevereiro


A Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG) publicou no Diário Oficial em 19/12 a Resolução nº 4.254/2019 que estabelece o Calendário Escolar 2020. O documento define os procedimentos de ensino, diretrizes administrativas e pedagógicas para a rede estadual de ensino no próximo ano. O Calendário Escolar prevê o mínimo de 200 dias letivos e a carga horária legalmente estabelecida.

De acordo com o documento, o ano escolar na rede estadual, que é quando os professores e demais servidores retomam as atividades, terá início no dia 03 de fevereiro. O ano letivo, que é marcado pelo retorno dos alunos às unidades de ensino, começará no dia 10 de fevereiro. Já o recesso escolar do mês de julho será de 13 a 25. O fim do ano letivo está previsto para o dia 16 de dezembro e do ano escolar para o dia 18 do mesmo mês.

Datas importantes para a organização e gestão das unidades escolares também constam no calendário, como período de duração dos bimestres, de realização dos conselhos de classe e reuniões com os responsáveis, além de datas para lançamento de resultados bimestrais pelos diretores e professores, por exemplo.

Confira aqui o Calendário Escolar 

Continuar lendo Ano letivo na rede estadual de ensino de Minas Gerais começa no dia 10 de fevereiro

Estudantes da rede estadual de Minas têm até 06 de janeiro para fazer a pré-matrícula no ensino médio de tempo integral


Prazo foi ampliado e o estudante terá mais tempo para optar pela modalidade que deseja cursar a partir de 2020

Os estudantes que querem entrar no ensino médio de tempo integral no próximo ano têm mais tempo para fazer sua pré-matrícula. O processo foi prorrogado até o dia 06 de janeiro de 2020, ampliando as possibilidades de o aluno aderir à modalidade que vai lhe garantir mais chances no mercado de trabalho e maior possibilidade de ingressar no ensino superior. Para o próximo ano, a Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG) ampliou a quantidade de vagas para cerca de 40 mil, em 281 escolas, em todas as 47 Superintendências Regionais de Ensino (SREs).

Nos últimos meses, as escolas que vão receber a modalidade, a partir do próximo ano, estão sendo preparadas e um trabalho, junto aos pais e aos alunos, está sendo feito para apresentar o ensino médio de tempo integral e seus benefícios.

De acordo com a diretora da Escola Estadual Presidente Artur Bernardes, Márcia Cristine, a possibilidade de a unidade de ensino ofertar a modalidade em tempo integral foi considerada como uma grande vitória pelos professores e pela comunidade de Bom Jesus do Galho, no Vale do Rio Doce, onde fica a unidade de ensino. “Eu mostrei para eles o lado bom dessa proposta e ressaltando a importância de a gente ter sido contemplado. Os pais saíram satisfeitos”, conta.

Da mesma forma, a diretora da Escola Estadual Tancredo de Almeida Neves, Cristiane de Castro Moreira Lana, ressaltou que o fato de a unidade de ensino, que fica em Coronel Fabriciano, receber o ensino médio de tempo integral profissionalizante já chamou a atenção dos estudantes. A unidade de ensino vai ofertar o curso de logística. Segundo ela, a comparação feita com escolas particulares, que cobram pela formação, fez o interesse crescer ainda mais. “É uma grande oportunidade de crescimento, principalmente profissional, além de ser um ganho para a comunidade ter essa modalidade”, destaca a diretora.

Ensino Médio Integral na Superintendência Regional de Ensino de Coronel Fabriciano

Em 2020, são 9 escolas da circunscrição da SRE que ofertarão o Ensino Médio Integral e Educação Profissional:

EE ALBERTO GIOVANNINI – Coronel Fabriciano – Ensino Médio Integral

EE ENGENHEIRO AMARO LANARI JÚNIOR – Ipatinga – Ensino Médio Integral

EE PROFESSORA HAYDÉE DE SOUZA ABREU – Timóteo – Ensino Médio Integral
EE MANOEL IZÍDIO – Ipatinga – Ensino Médio Integral
EE ROTILDINO AVELINO – Coronel Fabriciano – Ensino Médio Integral
EE MAURÍLIO ALBANESE NOVAES – Ipatinga – Ensino Médio Integral
EE PRESIDENTE TANCREDO NEVES – Belo Oriente – Ensino Médio Integral Profissional/Curso Técnico em Eletroeletrônica
EE SELIM JOSÉ DE SALLES – Ipatinga – Ensino Médio Integral Profissional/Curso Técnico em Desenvolvimento de Sistemas
EE TANCREDO DE ALMEIDA NEVES – Coronel Fabriciano – Ensino Médio Integral Profissional/Curso Técnico em Logística
Oportunidade

Para o subsecretário de Articulação Educacional da SEE/MG, Igor de Alvarenga, os pais ou responsáveis, ou o aluno maior de 18 anos, devem ficar atentos ao período de pré-matrícula para conseguir viabilizar a vaga na modalidade em tempo integral. O interessados em realizar a pré-matrícula devem acessar o site matricula.educacao.mg.gov.br.

Continuar lendo Estudantes da rede estadual de Minas têm até 06 de janeiro para fazer a pré-matrícula no ensino médio de tempo integral

Calendário Escolar 2020: ano letivo na rede estadual de ensino de Minas Gerais começa no dia 10 de fevereiro


Resolução que estabelece os procedimentos de ensino, diretrizes administrativas e pedagógicas do Calendário Escolar 2020 foi publicado nesta quinta-feira (19/12)

A Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG) publicou no Diário Oficial, desta quinta-feira (19/12), a Resolução nº 4.254/2019 que estabelece o Calendário Escolar 2020. O documento define os procedimentos de ensino, diretrizes administrativas e pedagógicas para a rede estadual de ensino no próximo ano. O Calendário Escolar prevê o mínimo de 200 dias letivos e a carga horária legalmente estabelecida.

De acordo com o documento, o ano escolar na rede estadual, que é quando os professores e demais servidores retomam as atividades, terá início no dia 03 de fevereiro. O ano letivo, que é marcado pelo retorno dos alunos às unidades de ensino, começará no dia 10 de fevereiro. Já o recesso escolar do mês de julho será de 13 a 25. O fim do ano letivo está previsto para o dia 16 de dezembro e do ano escolar para o dia 18 do mesmo mês.

Datas importantes para a organização e gestão das unidades escolares também constam no calendário, como período de duração dos bimestres, de realização dos conselhos de classe e reuniões com os responsáveis, além de datas para lançamento de resultados bimestrais pelos diretores e professores, por exemplo.

Confira aqui o Calendário Escolar 

Avaliações externas

No início do ano letivo, entre os dias 10 e 28 de fevereiro, as escolas deverão realizar a aplicação da Avaliação Diagnóstica. Já as provas do Programa de Avaliação da Alfabetização (Proalfa) e do Programa de Avaliação da Rede Pública de Educação Básica (Proeb) serão realizadas nos dias 11 e 12 de novembro.

Semanas de conscientização

O Calendário Escolar também traz os períodos para realização de atividades previstas em lei, como a “Semana Estadual de Prevenção às Drogas”, instituída pela Lei nº 12.615, de 1997, que deverá acontecer de 19 a 26 de junho. A “Semana Estadual das Juventudes”, instituída pela Lei nº 22.413 de 2016, será realizada de 12 a 18 de agosto. Já a “Semana de Educação para a Vida”, instituída pela Lei Federal nº 11.988/2009, acontecerá de 16 a 20 de novembro.

Sábados letivos

Em 2020, a rede pública estadual terá quatro sábados destinados às atividades escolares em seu calendário. O primeiro acontecerá no dia 01 de agosto. Em setembro será o dia 19 e em outubro será no dia 24. O quarto sábado letivo será no dia 05 de dezembro. Esses dias serão considerados letivos destinados à composição dos dias letivos e da carga horária legalmente estabelecida.

Calendário harmonizado

Foi a partir desta gestão que a SEE/MG passou a publicar um calendário unificado e harmonizado da rede. Por trazer prazos de lançamentos de notas e frequências, por exemplo, além de datas de realização dos conselhos de classe, o calendário escolar harmonizado contribuiu para o fortalecimento da visão de rede, além de promover as condições de avaliação centralizada e possibilitar as possíveis correções de rota. A partir de um calendário comum, a SEE e as Superintendências Regionais de Ensino (SREs) puderam acompanhar e contribuir de forma mais efetiva com as escolas.

Fonte: http://www2.educacao.mg.gov.br

SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL DE ENSINO DE CORONEL FABRICIANO DIVULGA OFERTA DE ENSINO MÉDIO INTEGRAL EM 2020


Novo ensino medioCapturar

A partir do próximo ano, 282 escolas estaduais mineiras estarão ofertando o Ensino Médio Integral para seus alunos. Todas as 47 Superintendências Regionais de Ensino (SREs) contarão com escolas ofertando a iniciativa.

Do total de escolas, 48 unidades de ensino ofertarão a educação em ensino médio integrado à educação profissional. Pela primeira vez, a disponibilização dos cursos foi determinada pela demanda de empregabilidade regional.

Em outras 167 escolas estaduais que iniciarão a oferta da educação integral, o protagonismo juvenil e a elaboração do projeto de vida nortearão as ações. Nesse outro modelo de Ensino Médio Integral, além do aprofundamento acadêmico, o principal objetivo é dar ao estudante os instrumentos para que ele possa pensar, planejar e se preparar para o futuro. Nessas instituições, os jovens serão estimulados a encontrar qual é sua vocação para os próximos passos ao finalizar a educação básica.

Confira aqui a lista completa de escolas que ofertarão a educação integral para o ensino médio

Confira as escolas e oferta de cursos na SRE de Coronel Fabriciano:

………………………………………………………………

EE ALBERTO GIOVANNINI – Coronel Fabriciano

Oferta: Ensino Médio Integral

EndereçoR. Itaparica, 394 – Giovanini, Cel. Fabriciano – MG, 35170-101

Telefone(31) 3842-1570
………………………………………………………………
EE ENGENHEIRO AMARO LANARI JÚNIOR – Ipatinga
Oferta: Ensino Médio Integral

EndereçoAv. Pedro Nolasco, 700 – Ideal, Ipatinga – MG, 35162-216

Telefone(31) 3824-1808
……………………………………………………………..
EE PROFESSORA HAYDÉE DE SOUZA ABREU – Timóteo
Oferta: Ensino Médio Integral

EndereçoRua das Tuias, 101 – Limoeiro, Timóteo – MG, 35180-000

Telefone(31) 3847-8646
………………………………………………………………
EE MANOEL IZÍDIO – Ipatinga
Oferta: Ensino Médio Integral

EndereçoAv. João Valentim Pascoal, 865 – Centro, Ipatinga – MG, 35160-003

Telefone(31) 3822-3638
………………………………………………………………
EE MAURÍLIO ALBANESE NOVAES – Ipatinga
Oferta: Ensino Médio Integral

EndereçoR. Itabirito, s/n – Bela Vista, Ipatinga – MG, 35160-192

Telefone(31) 3823-2510
…………………………………………………………….
EE PRESIDENTE TANCREDO NEVES – Belo Oriente
Oferta: Ensino Médio Integral Profissional/Curso Técnico em Eletroeletrônica

EndereçoR. Antônio Ambrósio, 49 – Perpétuo Socorro, Belo Oriente – MG, 35196-000

Telefone(31) 3240-1216
……………………………………………………………
EE ROTILDINO AVELINO – Coronel Fabriciano
Oferta: Ensino Médio Integral

EndereçoAvenida Um, 66 – Santa Cruz, Cel. Fabriciano – MG, 35170-120

Telefone(31) 3846-1164
……………………………………………………………
EE SELIM JOSÉ DE SALLES – Ipatinga
Oferta: Ensino Médio Integral Profissional/Curso Técnico em Desenvolvimento de Sistemas

EndereçoR. Filisteu, 41s/n – Bethania, Ipatinga – MG, 35164-053

Telefone(31) 3826-0104
……………………………………………………………
EE TANCREDO DE ALMEIDA NEVES – Coronel Fabriciano
Oferta: Ensino Médio Integral Profissional/Curso Técnico em Logística

EndereçoR. Magnólia, s/n – São Domingos, Cel. Fabriciano – MG, 35170-304

Telefone(31) 3846-0507

Confira os vencedores da 6ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa


12/12/2019

Vencedores da 6ª edição da
Olimpíada de Língua Portuguesa

Confira quem são os estudantes e professores vencedores nas cinco
categorias da Olimpíada: Poema, Memórias Literárias, Crônica, Documentário
e Artigo de opinião.

➜ Saiba mais


Experiência que vale ouro

Uma celebração na Sala São Paulo marcou a cerimônia final da 6ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa.

➜ Confira os destaques

Vamos planejar 2020 juntos?

Professora Olímpia organiza uma enquete para ouvir o que seus leitores gostariam de ver no próximo ano.

➜ Participe

WWW.ESCREVENDOOFUTURO.ORG.BR

Governador e secretária de Educação de Minas Gerais apresentam novo modelo do ensino médio integral


Serão criadas, no próximo ano, 16 mil novas vagas para a educação integral e profissional no estado, com investimentos de R$ 151 milhões

O governador Romeu Zema e a secretária de Educação Julia Sant’Anna presentaram nesta quinta-feira (21/11), no Palácio da Liberdade, o novo modelo do Ensino Médio Integral e Ensino Médio Integral Profissional em Minas Gerais para cerca de 220 alunos da rede estadual de ensino. Os estudantes do 9º ano do ensino fundamental tiveram a oportunidade de discutir sobre mercado de trabalho e o papel da educação integral na vida dos jovens, por meio do seminário “Construindo seu Futuro – Itinerários do Ensino Médio Integral em Minas Gerais”.

Em outubro deste ano, o Governo de Minas anunciou a criação de 16 mil novas vagas, a partir do próximo ano, para a educação integral e profissional no estado, alcançando 281 escolas de todas as regiões mineiras. Ao todo, serão investidos R$ 151 milhões em equipamentos, obras, alimentação e folha de pessoal.

seminario
Foto: Pedro Gontijo / Imprensa MG

Continuar lendo Governador e secretária de Educação de Minas Gerais apresentam novo modelo do ensino médio integral

Carteirinha estudantil digital será lançada na segunda-feira


O ministro da Educação, Abraham Weintraub, anunciou hoje que as novas carteirinhas estudantis digitais serão lançadas na próxima segunda-feira (25). Batizada de ID Estudantil, a iniciativa foi criada por meio de uma MP (Medida Provisória) publicada pelo governo de Jair Bolsonaro no início de setembro

Segundo o governo, o documento poderá ser baixado de forma gratuita pelo celular e o estudante poderá utilizá-lo para ter acesso a meia entrada em shows, teatros, cinemas e demais atividades culturais.

A medida se contrapõe à emissão de carteirinhas por entidades estudantis, como a UNE (União Nacional dos Estudantes), a Ubes (União Nacional dos Estudantes Secundaristas) e a ANPG (Associação Nacional de Pós-Graduandos). O documento é a principal fonte de renda dessas organizações, que cobram cerca de R$ 35 reais por sua expedição.

“Na segunda-feira, teremos o lançamento digital do ID Estudantil, que é o aplicativo de celular para ter a carteirinha digital. Os estudantes que tiverem sido cadastrados pela instituição de ensino já vão poder acessá-la a partir dessa data. Para quem não tiver sido cadastrado, o estudante só precisa pressionar a escola para efetuá-lo”, disse Weintraub.

O MEC informou que está trabalhando para firmar um acordo com a Caixa Econômica Federal para a emissão gratuita da ID Estudantil física para os estudantes que desejarem.

Fonte: UOL

MEC lança concurso de desenho da Bandeira Nacional para estudantes de escolas públicas


O “1º Concurso Sua Arte no Livro Didático” foi lançado nesta terça-feira, 19 de novembro, no Palácio do Planalto

Os livros didáticos do Ensino Médio de 2021 serão estampados com artes da Bandeira Nacional produzidas por estudantes de escolas públicas. As ilustrações serão escolhidas no “1º Concurso Sua Arte no Livro Didático”, lançado nesta terça-feira, 19 de novembro, no Palácio do Planalto, pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), vinculado ao Ministério da Educação (MEC) e principal financiador da educação básica do Brasil.

As melhores artes da Bandeira Nacional serão impressas na quarta capa dos livros didáticos, que fazem parte do Programa Nacional do Livro e Material Didático (PNLD), responsável pela distribuição de obras didáticas, literárias e pedagógicas para alunos e professores das escolas públicas de educação básica.

Durante a cerimônia de anúncio do concurso, com a presença do presidente da República, Jair Bolsonaro, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, lembrou que o lançamento do concurso coincidiu com a comemoração do Dia da Bandeira. “A bandeira não é um pedaço de pano. […] Ela é um pacto das gerações passadas para levarmos ao futuro e não existe futuro sem educação”, afirmou o ministro.

O presidente do FNDE, Rodrigo Dias, disse que a iniciativa faz parte de mudanças que o governo do presidente Jair Bolsonaro tem realizado por meio do MEC e seu braço executivo, o FNDE. “Esse é mais um motivo de orgulho e motivação para retomar a admiração pela nossa bandeira, a bandeira do Brasil”, afirmou.

Como vai funcionar — Os cinco primeiros colocados no concurso — um de cada região do país — vão ganhar um computador, uma viagem para a cidade de São Paulo para a premiação do concurso que será realizada na Bienal do Internacional do Livro e ainda a inserção da arte no Livro Didático de 2021. Já os cinco segundos colocados — também um de cada região — serão premiados com tablet e viagem para a capital paulista. Os diretores e escolas dos estudantes vencedores recebem uma placa de participação.

Os resultados serão divulgados em 30 de julho de 2020. A cerimônia de premiação será realizada na Bienal do Internacional do Livro.

Inscrição – Os diretores das escolas públicas devem indicar a participação dos alunos do ensino médio, pelo site do FNDE, de 1° de dezembro de 2019 a 17 de abril de 2020.

A Comissão de Avaliação será composta por um aluno da rede pública maior de 12 anos que não esteja participando do concurso, um ilustrador profissional e três representantes do FNDE. Entre os critérios que serão considerados estão criatividade, contemporaneidade, harmonia estética, autenticidade e expressividade.

Larissa Lima e Dyelle Menezes, do Portal MEC

Educadores destacam a importância da participação na consulta pública para a construção do Currículo Referência do Ensino Médio


Versão preliminar do documento foi elaborada em consonância com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e recebe contribuições até 17 de novembro

Até o próximo domingo (17/11), toda a sociedade civil pode participar da construção do Currículo Referência do Ensino Médio de Minas Gerais por meio de uma consulta pública à versão preliminar. O documento foi elaborado por uma equipe de educadores a partir de estudos de currículos vigentes e está em consonância com a Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

Professor de sociologia há 13 anos, Uriel Mortimer, destaca a importância da participação dos educadores na construção do documento. “Eu vi nessa consulta pública uma oportunidade de apresentar minhas considerações no que se refere à disciplina. Nós, como educadores, precisamos aproveitar esse momento para participar e contribuir”, destaca o educador que dá aula na Escola Estadual Interventor Alcides Lins e na Escola Estadual Padre Augusto Horta, no município de Curvelo.

A professora de Língua Portuguesa e supervisora da Escola Estadual José Caetano Ribeiro, em São Gotardo, Keny de Melo Souza, fala sobre a mobilização que está sendo feita em sua escola para que os professores participem da consulta. “Se queremos mudança temos que colaborar. Não adianta criticar sem contribuir. Já falei com todos os professores da escola sobre a importância de participar. Encaminhei o link e também vamos discutir na nossa reunião de módulo”. A educadora participou na área de Linguagens e suas tecnologias e destacou que “o documento está muito relevante e traz novidades muito interessantes para área”, ressalta Keny.

O professor de sociologia da Escola Estadual Cônego Joaquim Monteiro, em Matias Barbosa, Claudinei dos Santos Lima, pontuou que é importante que os educadores conheçam bem o documento já que, futuramente, estará em sala de aula. “Conhecer o documento é fundamental para que possamos concordar ou sugerir contribuições. É dever de ofício participar dessa construção”.

Consulta Pública

Para participar da consulta pública é necessário realizar um cadastro na plataforma e acessar os links para cada área de conhecimento: Matemática e suas tecnologiasLinguagens e suas tecnologiasCiências Humanas e Sociais Aplicadas e Ciências da Natureza e suas tecnologias.

Os participantes da consulta pública poderão sugerir retirada ou acréscimo de conteúdo. As indicações aditivas deverão ter como objetivo o acréscimo de novas habilidades ou de modificações nos descritores das habilidades. Já as supressivas (parciais ou totais) terão como objetivo sugerir a exclusão de habilidades ou descritores de habilidades, desde que não estejam previstos na BNCC.

A partir das novas contribuições coletadas, será elaborada a versão final a ser encaminhada para validação e normatização no Conselho Estadual de Educação (CEE).

Fonte: http://www2.educacao.mg.gov.br

GUILHERME INFANTE HOJE (13/11) NA ESCOLA ESTADUAL ALBERTO GIOVANNINI


Cartunista mineiro Guilherme Infante fará apresentação aos alunos do ensino médio; evento faz parte do projeto cultural da escola

guilherme infante
Guilherme Infante apresenta na EE Alberto Giovannini. Hoje (13/11), a partir das 8h.               Foto: divulgação escola

 

 

ESCOLA ESTADUAL ALBERTO GIOVANNINI

EndereçoR. Itaparica, 394 – Giovanini, Cel. Fabriciano – MG, 35170-101

Provas do Proeb e Proalfa são aplicadas hoje e amanhã para os alunos da rede pública de ensino de Minas Gerais


Estudantes farão avaliações de português e matemática. Provas fazem parte do Sistema Mineiro de Avaliação e Equidade da Educação Pública (Simave)

Alunos do 2º, 5º e 9º anos do ensino fundamental e do 3º ano do ensino médio das escolas públicas mineiras fazem as provas do Programa de Avaliação da Rede Pública de Educação Básica (Proeb) e Programa de Avaliação da Alfabetização (Proalfa). As avaliações estão sendo aplicadas hoje (12/11) e se encerram amanhã.

O Proeb e o Proalfa são avaliações externas do Sistema Mineiro de Avaliação e Equidade da Educação Pública (Simave) e buscam avaliar as competências e habilidades que estão sendo desenvolvidas dentro do currículo dos anos de escolaridade avaliados. Além dos alunos das escolas estaduais, estudantes das redes municipais também realizam as avaliações.

A subsecretária de Desenvolvimento de Educação Básica da Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG), Geniana Guimarães Faria, destaca a importância da participação dos estudantes na avaliação. “As avaliações conseguem nos dar um panorama de como estão os alunos no final de cada etapa da educação básica e de como estão chegando na etapa seguinte. Desta forma, podemos ter um diagnóstico mais preciso de cada escola, cada Superintendência Regional de Ensino (SRE) e da rede estadual como um todo. Os resultados destas provas nos auxiliam e nos subsidiam na proposição de iniciativas direcionadas para as propostas pedagógicas necessárias”, destacou.

Simave

O Sistema Mineiro de Avaliação e Equidade da Educação Pública (Simave) é uma política pública da SEE e tem o propósito de fomentar mudanças em busca da melhoria da qualidade e equidade da educação. Os resultados dos testes indicam quais são os avanços e os desafios da educação pública no Estado.

Fonte: http://www2.educacao.mg.gov.br

Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais inicia consulta pública para a construção do Currículo Referência do Ensino Médio


Currículo referencia minas ensino medio

É chegado o momento de contribuir para a construção do novo Currículo Referência do Ensino Médio de Minas Gerais. Está aberta a Consulta Pública da Versão Preliminar do Currículo, disponível do dia 01/11/2019 a 17/11/2019 por meio dos links:

Matemática e suas Tecnologias:

http://consulta.basenacionalcomum.mec.gov.br/#/responder/750

Linguagens e suas Tecnologias:

http://consulta.basenacionalcomum.mec.gov.br/#/responder/757

Ciências Humanas e Sociais Aplicadas:

http://consulta.basenacionalcomum.mec.gov.br/#/responder/755

Ciências da Natureza e suas Tecnologias:

 http://consulta.basenacionalcomum.mec.gov.br/#/responder/756

Antes de acessar a plataforma da Consulta Pública os educadores devem consultar o Guia para a Participação (link abaixo), garantindo que sua participação seja efetiva.

A Versão Preliminar do Currículo Referência do Ensino Médio apresentada nessa consulta é apenas uma proposta iniciala ser discutida amplamente com a sociedade e com os profissionais da educação. Essa versão foi desenvolvida por uma equipe de educadores, que se basearam em estudos de diversos currículos vigentes, em consonância com o documento normativo da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), para elaborar uma proposta curricular que busque a qualidade e equidade na educação do estado.

A proposta inicial será aprimorada a partir das contribuições recebidas na Consulta Pública, a fim de proporcionar a construção coletiva de um Currículo que expresse o desejo da sociedade mineira.

Para mais esclarecimentos sobre a Consulta Pública do Currículo Referência do Ensino Médio entre em contato pelo e-mail: diem.bncc@educacao.mg.gov.br.

GUIA PARA PARTICIPAÇÃO_CURRÍCULO REFERÊNCIA DO ENSINO MÉDIO

Fonte: http://www2.educacao.mg.gov.br/

MEC lança Sistema Educacional Brasileiro, banco de dados nacional de estudantes


Dispositivo reunirá informações a serem utilizadas para a emissão da carteira ID Estudantil

O Ministério da Educação (MEC) lançou nesta segunda-feira, 21 de outubro, o Sistema Educacional Brasileiro (SEB). Inédita, a iniciativa cria um banco de dados nacional dos estudantes. As informações vão subsidiar a emissão da ID Estudantil, a carteirinha digital ou física gratuita.

A criação do SEB foi formalizada por meio da portaria publicada na edição de hoje do Diário Oficial da União (DOU).

Agora, é a vez das instituições de ensino — da educação básica, profissional e tecnológica e superior — indicarem um representante para abastecer o sistema. Eles prestarão as seguintes informações:

  • dados pessoais do corpo docente e discente dos estabelecimentos de ensino;
  • matrícula e a frequência do aluno;
  • histórico escolar do estudante;
  • e outras informações relacionadas com a formulação, a implementação, a execução, a avaliação e o monitoramento de políticas públicas.

O MEC será o gestor dos dados e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o custodiante.

ID Estudantil – A ID Estudantil deverá conter nome completo, foto recente, número do CPF, data de nascimento do aluno, nível e modalidade de educação e ensino, além do prazo de validade — este, para as carteiras físicas.

As carteiras digitais do MEC, que serão disponibilizadas em lojas virtuais pelo celular, vão valer enquanto o estudante tiver vínculo com a instituição de ensino. As físicas, de outras entidades, serão válidas até 31 de março do ano seguinte.

Manuais – A portaria também cria dois manuais operacionais: um do Sistema Educacional Brasileiro e outro da ID Estudantil. Ambos terão portais na internet com todas as informações.

Guilherme Pera, do Portal MEC

http://portal.mec.gov.br

 

Ensino Médio Integral da rede estadual de Minas Gerais será ampliado e educação profissional ganhará cerca de 13 mil novas vagas


Mais 203 escolas estaduais mineiras terão o ensino médio integral. Em 36 delas será integrado à educação profissional. Secretaria também vai ofertar vagas para cursos técnicos e profissionalizantes

Coletiva-EM-Integral 2
A Secretária de Estado de Educação, Julia Sant’Anna, concedeu entrevista coletiva na tarde desta quarta-feira. Foto: Eric Abreu

No próximo ano, a rede estadual de ensino mineira ampliará a oferta da educação integral para o ensino médio e contará com cerca de 16 mil novas vagas nessa modalidade de ensino. A partir do constante esforço de gestão e organização financeira realizados pela Secretaria de Estado de Educação (SEE/MG), a iniciativa, que até este ano contempla 78 unidades de ensino, será expandida para mais 203 escolas estaduais.

Atualmente, o Ensino Médio Integral atende a cerca de 12 mil alunos de 78 escolas que integram o programa. Com a ampliação, a rede estadual contará, em 2020, com aproximadamente 28 mil estudantes do ensino médio na educação integral, em 281 escolas, contemplando todas as 47 Superintendências Regionais de Ensino (SRE).

“Estamos muito felizes em conseguir fazer esse anúncio de que, efetivamente, agora o estado cria uma política de atenção ao ensino médio, iniciando também uma expressiva expansão do ensino médio de tempo integral. Fortalecendo o aprofundamento pedagógico do aluno e viabilizando escolhas para esse estudante”, afirmou a secretária de Estado de Educação, Julia Sant’Anna.

Com a ampliação de escolas em tempo integral e o aumento da carga horária desses estudantes para 9 horas diárias, Minas Gerais dá mais um importante passo em direção ao que dispõe a legislação do novo ensino médio, determinada pelo governo federal. “O aluno agora, tendo mais tempo de estudar, poderá fazer as escolhas dele que o deixarão mais seguro para o seu futuro imediato. Gerará, também, condições para uma maior empregabilidade com essa expansão das vagas da educação de tempo integral ou integrada à educação profissional”, completou a secretária.

A SEE também reestruturou a Política de Educação Profissional no Estado com a ampliação de vagas e de cursos oferecidos. Serão 13.300 vagas para Cursos Técnicos, de Formação Inicial e Continuada (FIC) e o Normal de Nível Médio.

O investimento total é de, aproximadamente, R$303 milhões, sendo que 50% deste é referente a recursos que estavam parados e não foram utilizados nas gestões passadas. Deste total, R$80 milhões são referentes ao Programa de Fomento às Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral do Ministério da Educação (MEC) que estavam parados no caixa do Estado desde 2017 e outros R$72 milhões, aproximadamente, referentes ao Pronatec. Já R$ 151 milhões são recursos do Governo de Minas.

Ensino Médio Integral Profissional

Do total de escolas contempladas na expansão, 36 ofertarão o ensino médio integrado à educação profissional. Para a definição das escolas, foram priorizadas unidades de ensino com maior vulnerabilidade e municípios sem oferta da educação integral para estudantes do ensino médio. Entre as 78 escolas que já ofertam a educação integral, 7 contam com cursos técnicos no contraturno. Com a ampliação, em 2020 serão 43 escolas com a oferta de Ensino Médio Integral Profissional, com cerca de 5 mil novas vagas. Continuar lendo Ensino Médio Integral da rede estadual de Minas Gerais será ampliado e educação profissional ganhará cerca de 13 mil novas vagas

BOLETIM SEMANAL – OLIMPÍADA DE LÍNGUA PORTUGUESA


18/10/2019

Etapa Semifinal

Com o fim das Comissões Julgadoras Estaduais, chegamos à Etapa Semifinal! Confira a lista com os nomes dos semifinalistas da 6ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa!

➜ Saiba mais


Blog da Olimpíada | Crônica

Veja as novidades em tempo real do primeiro encontro da Etapa Semifinal da Olimpíada, no Blog da Categoria Crônica!

Literatura indígena: outros livros, outras histórias do Brasil

Literatura indígena, tradição, diversidade de povos e outras narrativas são destacadas em reportagem da seção “Literatura em Movimento”.

Olimpíada é apresentada em simpósio em Córdoba, Argentina

A experiência da Olimpíada com sequências didáticas foi tema de um grupo de trabalho no Simpósio Internacional de Estudos de Gêneros Textuais.

Relato de prática: exemplos inspiradores

Para inspirar e incentivar a escrita dos relatos de prática, Olímpia traz trechos de relatos vencedores em edições anteriores.

WWW.ESCREVENDOOFUTURO.ORG.BR

Minas Gerais apresenta proposta para qualificação profissional


Cerca de R$ 550 milhões do Bolsa Formação estão parados nas contas dos estados

Minas Gerais é a primeira unidade da Federação a propor uma maneira de utilizar recursos do Bolsa Formação sob os moldes do Novos Caminhos. A unidade da Federação será uma das beneficiárias da repactuação de R$ 550 milhões do Bolsa Formação parados nas contas estaduais, um dos principais pontos do programa para educação profissional e tecnológica.

A proposta foi apresentada nesta quinta-feira, 17 de outubro, para o secretário de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação (MEC), Ariosto Culau. Ele reuniu-se com a secretária de Educação de Minas Gerais, Julia Sant’Anna, na sede do MEC, em Brasília.

“Foi feito um trabalho, uma oficina anterior em Minas Gerais, no qual foram identificados os principais setores que demandam a formação profissional e técnica. A ideia é que nós possamos analisar essa proposta que Minas Gerais está nos trazendo e possamos ter, dentro dos prazos que estão previstos para a repactuação, a análise mais rápida possível para que essa oferta possa ser materializada”, afirmou Culau.

Com esse dinheiro, o Ministério da Educação (MEC) prevê a criação de 100 mil vagas em todo o país para a qualificação profissional de jovens e adultos. No lançamento do programa, em 8 de outubro, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, assinou portaria para liberar a repactuação dos recursos.

Segundo a secretária mineira, a medida será importante para alavancar a educação profissional e tecnológica no estado. “Conseguimos organizar esses recursos financeiros dentro da lógica de criação dos cursos de acordo com as perspectivas econômicas dos setores produtivos locais, o que está totalmente em consonância com o programa Novos Caminhos “, disse.

Novos Caminhos – Mais recente programa lançado pelo MEC, o Novos Caminhos visa ao aumento de 80% nas matrículas na educação profissional e tecnológica. O objetivo é aumentar, até 2023, do atual 1,9 milhão para 3,4 milhões — crescimento de 1,5 milhão.

Para isso estão previstas uma série de ações divididas em três eixos: Gestão e Resultados, Articulação e Fortalecimento, e Inovação e Empreendedorismo. As iniciativas vão desde melhorias na regulação da oferta de cursos técnicos, formação de professores bem como a ampliação da oferta de cursos profissionais e técnicos.

Giulliano Fernandes, do Portal MEC

SEMINÁRIO DE PROFESSORES E GESTORES DE ESCOLAS PÚBLICAS DO VALE DO AÇO – “TROCA DE SABERES”


A Gestão Ambiental da BR-381/MG convida os educadores do Vale do Aço para o seminário TROCA DE SABERES, que será será realizado no dia 25 de outubro no Centro Digital de Antônio Dias.

O seminário tem o objetivo de discutir, entre profissionais da educação, a Educação Ambiental dentro das escolas.

Mais informações pelo site: https://www.br381mg.com.br/trocadesaberes ou através do telefone: 0800 591 0813.

image001 (2)

 

 

ABERTAS AS INSCRIÇÕES PARA O PROGRAMA DE ESTÁGIO APERAM 2020


IEL recebe inscrições até dia 31 de outubro

São 68 vagas de estágio de nível superior e técnico na Aperam. O município de Timóteo está entre as cidades contempladas pelas vagas, que são extensivas para Pessoas Com Deficiência (PCD).

As vagas em Timóteo são para os cursos superiores em Administração, Ciência da Computação, Ciências Contábeis, Engenharia da Computação, Engenharia de Controle e Automação, Engenharia de Produção, Engenharia Elétrica, Engenharia Mecânica, Engenharia Metalúrgica, Engenharia Química, Psicologia e Sistemas de Informação. 

Já para os cursos técnicos, estudantes de Administração, Automação Industrial, Eletrotécnica, Informática, Mecânica, Metalurgia, Química e Segurança do Trabalho podem se candidatar.

As inscrições podem ser realizadas pelo site: http://www.estagioiel.com.br/aperam/

unnamed

PRODUÇÃO TEXTUAL DE ESTUDANTE DO MUNICÍPIO DE ANTÔNIO DIAS É SEMIFINALISTA DA OLIMPÍADA DE LÍNGUA PORTUGUESA


Artigo de Opinião do estudante Jhonata Lima Roque foi classificado na etapa estadual da Olimpíada de Língua Portuguesa (OLP); professora Elga Christiany Amarante Rangel Campos conduziu os trabalhos na Escola Estadual Vicente Inácio Bispo
Número da Olimpíada de Língua Portuguesa em Minas Gerais:
607 Secretarias Municipais aderiram;
3.563 escolas públicas de Minas Gerais se inscreveram;
7.241 Professores inscritos;
15.431 inscrições nos diferentes gêneros.
Confira o resultado da Comissão Julgadora Estadual, os professores e estudantes que participaram dos textos selecionados para a etapa semifinal da Olimpíada:
Artigo de Opinião:
Professor(a) e Estudante Escola Munícipio
Professora: Alaide Maria de Castro Andrade Oliveira
Aluno: MATEUS GABRIEL CABRAL LOPES
EE LUIZ GONZAGA BASTOS Conselheiro Pena
Professora: Carolina Nassar Gouvêa
Estudante: Ana Paula Comuni
EE PROVEDOR THEOFILO TAVARES PAES Monte Sião
Professora: Elga Christiany Amarante Rangel Campos
Estudante:  JHONATA LIMA ROQUE
ESCOLA ESTADUAL VICENTE INÁCIO BISPO Antônio Dias
Professora: Paloma Carlean de Figueiredo Souza
Estudante: Tainan Gomes Xavier
EE PROFESSORA EDITE GOMES Turmalina
Professora: Rosana Cristina Ferreira Silva
Estudante: Pedro Henrique Oliveira Santos
EE VIRGÍNIO PERILLO Lagoa da Prata
Memórias Literárias
Professora: Lucimar Aparecida Pimenta
Estudante: LUDMILA GABRIELLE CORRÊA
ESCOLA ESTADUAL DOUTOR ADIRON GONCALVES BOAVENTURA Rio Paranaíba
Professora: Roberta Mara Resende
Aluno(a): Tiago Maia de Guadalupe
EE CORONEL XAVIER CHAVES Coronel Xavier Chaves
Professora: Rosa Maria Mendes de Lima
Estudante: LAVINIA SOARES CARDOSO BASTOS
EE DONA INDA Alpinópolis
Professora: SILVANIA PAULINA GOMES TEIXEIRA
Estudante: Daila Geralda Belmiro de Melo
EE Monsenhor Rocha Santa Bárbara do Leste
Professora: THÁBATTA RAMOS CÂNDIDO
Estudante: VALQUÍRIA APARECIDA VALENTIM
EE SEBASTIAO PEREIRA MACHADO Piranguinho
Crônica
Professor(a) e Estudante Escola Munícipio
Professora: Aline Cristina Robadel Nobre
Aluno (a ): Camila Lopes de Aguiar
EE CARLOS NOGUEIRA DA GAMA Reduto
Professora: Claudileny Augusta da Rosa
Estudante: Nathália Heloísa da Silva
EE SECRETARIO OLINTO ORSINI Bueno Brandão
Professora: Eliane Andrade Lage Alves
Estudante: ÁUREA ANDRADE LAGE ALVES
EE PONCIANO PEREIRA DA COSTA Ferros
Professor: José Adalberto de Moura
Estudante: LETÍCIA MACHADO DE OLIVEIRA
EE JOAQUIM NABUCO Divinópolis
Professora: Márcia Cristina de Oliveira Lourenço
Estudante: Miguel Augusto da Silva
EE PADRE JOSÉ ANTÔNIO PANUCCI Conceição da Aparecida
Professora: SILVANIA PAULINA GOMES TEIXEIRA
Estudante: Aytan Belmiro Melo
EE Monsenhor Rocha Santa Bárbara do Leste
Professora: Vanda Ferreira Borges
Estudante: AMANDA LARA SANTOS
EE DOUTOR ADIRON GONCALVES BOAVENTURA Rio Paranaíba
Documentário:
Professor(a) e Estudantes Escola Munícipio
Professora: Maria Cristina de Oliveira Ribeiro
Estudantes: Laura de Almeida Cândido Vargas, Maria Eduarda de Assis Campos e Ana Beatriz Ricardo Silva
EE Adalgisa de Paula Duque Lima Duarte
Professora: Shantynett Souza Ferreira Magalhães Alves
Estudantes:  Aluno(a): Davison Alves Rocha, Steffane Catherine Alves Santos e André Felipe Tolentino da Silva
EE BETANIA TOLENTINO SILVEIRA Espinosa
Professora: Simone de Araújo Valente Ferreira
Estudantes: Jamile Aparecida Santos Dornelas, Pedro Lucas Modesto e Sabrina Heloísa dos Santos
EE Monsenhor Rocha Santa Bárbara do Leste
Professor: WEBER LUIZ RIBEIRO
Estudantes:  HUGO EDUARDO NUNES DA COSTA, WEYDA PHIDELIS MORAES RIBEIRO e RAFAEL FERREIRA DOS SANTOS
EE PADRE CLEMENTE DE MALETO Campos Altos

Fonte: Portal Escrevendo o Futuro

DISPONÍVEL CONSULTA AOS LOCAIS DE PROVA


Exame Nacional do Ensino Médio será aplicado nos dias 3 e 10 de novembro em todo o país

Os mais de 5 milhões de candidatos inscritos para Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) poderão conferir os locais de prova a partir de hoje, 16. O endereço e o número da sala para realização da prova ficarão no sistema junto com a liberação do Cartão de Confirmação da inscrição. As provas serão aplicadas nos dias 3 e 10 de novembro.

O documento poderá ser acessado pela Página do Participante, na internet, ou pelo aplicativo do Enem para celular, disponível nas plataformas Apple Store e Google Play. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela realização do Enem, recomenda que os participantes levem o Cartão de Confirmação impresso nos dois dias de prova.

“Antes do exame, é importante que os candidatos avaliem o trajeto até o local da prova para verificar a distância, o tempo gasto e a melhor forma de chegar. O objetivo é evitar atrasos nos dias de aplicação”, pondera o presidente do Inep, Alexandre Lopes.

O Inep recomenda que os estudantes cheguem ao local do exame com antecedência. Os portões abrirão ao meio-dia (12h), pelo horário oficial de Brasília, e serão fechados às 13h. Para fazer as provas, é necessário utilizar caneta esferográfica de tinta preta, fabricada com material transparente.

Além do local de prova, com o Cartão de Confirmação da inscrição em mãos, os participantes poderão conferir: o número de inscrição; as datas e os horários do exame; a opção de língua estrangeira feita durante a inscrição; o tipo de atendimento específico e/ou especializado com recursos de acessibilidade, caso tenham sido solicitados e aprovados.

Enem

Os dados do Enem permitem uma autoavaliação do estudante e o desenvolvimento de estudos e indicadores educacionais. O exame tem quatro provas objetivas, com 180 questões, e uma redação.

Com informações da Assessoria de Comunicação do MEC

Fonte: http://www2.educacao.mg.gov.br

No Dia dos Professores, exemplos de dedicação e afeto de profissionais da rede estadual de Minas que trabalham em função do futuro de seus alunos


Iniciativas de alguns dos tantos educadores que desempenham sua função com foco no aprendizado e na formação dos estudantes

Professor Anderson 1
O professor Anderson Menezes acompanha a produção do conteúdo produzido pelos estudantes para a TV Filosofia. Foto: Arquivo Pessoal

Histórias de dedicação, superação e amor pela profissão de educar. Neste 15 de outubro, Dia dos Professores, a Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG) mostra parte da trajetória de alguns dos tantos educadores que se dedicam a ensinar e a trabalhar em função de um futuro melhor para os jovens estudantes das escolas públicas estaduais mineiras.

Na Escola Estadual João XXIII, em Ipatinga, no Vale do Aço, o professor de Filosofia, Anderson de Jesus Menezes, desenvolve, há oito anos, o projeto “TV Filosofia”. O objetivo, de acordo com ele, é fazer com que os alunos vejam a disciplina de uma forma mais leve para que o aprendizado seja mais interessante. A iniciativa lhe deu o prêmio Professores do Brasil em 2015.

“Sempre tento trazer a Filosofia para o cotidiano deles, com a linguagem deles. Com o projeto tive uma satisfação imensa em ver os resultados. Ver os estudantes conversando sobre temas densos em uma linguagem tão descomplicada e com tanta propriedade chega a me emocionar. Certamente, cumpri meu objetivo de dinamizar a aula sem banalizar o conteúdo. Mas não posso deixar de reconhecer que eles também me ensinaram muito”, disse Anderson.

O projeto consiste na escolha de um tema para ser trabalhado, de acordo com os conceitos da disciplina ensinados em sala de aula. A partir disso, ele é transformado em uma produção audiovisual que pode ser em diferentes formatos como, por exemplo, reportagem, documentário, programa de auditório, entre outros. Todos os trabalhos são reunidos no canal TV Filosofia, disponível em um site de vídeos. Clique aqui para conhecer.

Professor Anderson 2
O professor de Filosofia Anderson Menezes em sua premiação na edição de 2015 do Professores do Brasil. Foto: Arquivo Pessoal

Continuar lendo No Dia dos Professores, exemplos de dedicação e afeto de profissionais da rede estadual de Minas que trabalham em função do futuro de seus alunos

Inscrições para Edital Doce, que apoiará iniciativas nas áreas de cultura, esporte, turismo e lazer, podem ser feitas até o dia 8/11


Iniciativa da Fundação Renova vai investir R$9 milhões em projetos que impactem positivamente a população de municípios atingidos pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana

edital doce

Com o objetivo de fomentar e apoiar iniciativas sociais nas regiões atingidas pelo rompimento da barragem de Fundão, no município de Mariana, a Fundação Renova apoiará projetos nas áreas de cultura, turismo, esporte e lazer por meio do Edital Doce MG. O edital distribuirá até R$9 milhões para projetos inéditos ou já existentes que impactem de forma positiva a vida da população dos 36 municípios atingidos em Minas. As inscrições já estão abertas e vão até o dia 08/11.

Poderão participar projetos apresentados por pessoas físicas, microempreendedores, coletivos e grupos informais, organizações sem fins lucrativos e empresas, cujo representante principal tenha atuação, sede ou residência em um dos municípios previstos no edital.

No edital estão descritas as linhas de atuação dos projetos dentro de cada área, que incluem algumas ações no âmbito da educação. Na cultura, por exemplo, projetos que incentivem o hábito à leitura, a produção literária local e criação ou fortalecimento de bibliotecas itinerantes e centros de leitura. Já na área de esportes, um dos eixos de atuação é o de projetos direcionados para a iniciação de crianças e adolescentes, por meio de atividades desportivas direcionadas, e para a prática desportiva como atividade extracurricular.

Comitê Pro-Rio Doce

A iniciativa está inserida no âmbito das medidas de reparação e compensação do rompimento da barragem de Fundão, da Samarco, em Mariana, monitoradas pela Câmara Técnica de Educação, Cultura, Lazer, Esporte e Turismo. A Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais faz parte do Comitê Gestor Pró-Rio Doce, juntamente com outras instituições do Estado de Minas Gerais, e participa das ações promovidas pelo Comitê Interfederativo, presidido pelo Ibama, para a revitalização dos municípios atingidos.

O Comitê Gestor Pró-Rio Doce foi instituído pelo governador Romeu Zema com o objetivo de planejar, coordenar e executar as ações no âmbito estadual referentes à recuperação socioeconômica e socioambiental de Mariana e dos municípios da Bacia do Rio Doce que foram afetados, incluindo ações compensatórias.

Clique para acessar o edital completo: https://www.fundacaorenova.org/paineis/edital-doce-mg/

ABRANGÊNCIA DO EDITAL

O Edital Doce abrange 36 municípios do estado de Minas Gerais. São eles: Aimorés, Alpercata, Barra Longa, Belo Oriente (*), Bom Jesus do Galho, Bugre, Caratinga, Conselheiro Pena, Córrego Novo, Dionísio, Fernandes Tourinho, Galiléia, Governador Valadares, Iapu, Ipaba, Ipatinga, Itueta, Mariana, Marliéria, Naque, Periquito, Pingo d’Água, Ponte Nova, Raul Soares, Resplendor, Rio Casca, Rio Doce, Santa Cruz do Escalvado, Santana do Paraíso, São Domingos do Prata, São José do Goiabal, São Pedro dos Ferros, Sem Peixe, Sobrália, Timóteo, Tumiritinga.

(*) Municípios sob circunscrição da SRE de Coronel Fabriciano

CRONOGRAMA

Continuar lendo Inscrições para Edital Doce, que apoiará iniciativas nas áreas de cultura, esporte, turismo e lazer, podem ser feitas até o dia 8/11

15 DE OUTUBRO – FELIZ DIA DO PROFESSOR!


images

Um pouco da história

O dia 5 de outubro foi proclamado pela UNESCO como Dia Mundial dos Professores em 1994, para celebrar a aprovação, em 5 de outubro de 1966, a Recomendação da UNESCO / OIT sobre o Estatuto dos Professores, em cooperação com OIT, numa conferência intergovernamental especial convocada pela UNESCO e realizada em Paris.

No dia 5 de outubro celebra-se também a adoção, pela Conferência Geral da UNESCO, em 1997, da Recomendação da UNESCO sobre o Estatuto do Pessoal Docente do Ensino Superior.

Em alguns países há um dia especial para os professores. Em alguns deles é feriado enquanto em outros são realizadas apenas comemorações em dias úteis.

Brasil

No Brasil, o Dia do Professor é comemorado em 15 de outubro.

No dia 15 de outubro de 1827Dom Pedro I, Imperador do Brasil baixou um Decreto Imperial que criou o Ensino Elementar no Brasil. Pelo decreto, “todas as cidades, vilas e lugarejos tivessem suas escolas de primeiras letras”. Esse decreto falava de bastante coisa: descentralização do ensino, o salário dos professores, as matérias básicas que todos os alunos deveriam aprender e até como os professores deveriam ser contratados. A ideia, inovadora e revolucionária, teria sido ótima – caso tivesse sido cumprida. O primeiro Dia do Professor seria criado apenas 4 anos depois. Mas foi somente em 1947, 120 anos após o referido decreto, que ocorreu a primeira comemoração de um dia efetivamente dedicado ao professor.

Começou em São Paulo, em uma pequena escola no número 1520 da Rua Augusta, onde existia o Ginásio Caetano de Campos, conhecido como “Caetaninho”. O longo período letivo do segundo semestre ia de 1 de junho a 15 de dezembro, com apenas dez dias de férias em todo este período. Quatro professores tiveram a ideia de organizar um dia de parada para se evitar a estafa – e também de congraçamento e análise de rumos para o restante do ano.

O professor Salomão Becker sugeriu que o encontro se desse no dia de 15 de outubro, data em que, na sua cidade natal, Piracicaba, professores e alunos traziam doces de casa para uma pequena confraternização. A sugestão foi aceita e a comemoração teve presença maciça – inclusive dos pais. O discurso do professor Becker, além de ratificar a ideia de se manter na data um encontro anual, ficou famoso pelas frases ” Professor é profissão. Educador é missão” e “Em Educação, não avançar já é retroceder”. Com a participação dos professores Alfredo GomesAntônio Pereira e Claudino Busko, a ideia estava lançada.

A celebração, que se mostrou um sucesso, espalhou-se pela cidade e pelo país nos anos seguintes, até ser oficializada nacionalmente como feriado escolar pelo Decreto Federal 52.682, de 14 de outubro de 1963. O Decreto definia a essência e razão do feriado: “Para comemorar condignamente o Dia do Professor, os estabelecimentos de ensino farão promover solenidades, em que se enalteça a função do mestre na sociedade moderna, fazendo participar os alunos e as famílias”.

Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Dia_do_professor

BOLETIM SEMANAL – CERTIFICAÇÃO NOS PERCURSOS FORMATIVOS


10/10/2019

Certificação nos Percursos Formativos

Para auxiliar no planejamento de suas aulas e incentivar a navegação na ferramenta, os Percursos Formativos passam a emitir certificado de 8 horas pelo estudo on-line.

➜ Saiba mais


5º webinário da Olimpíada de Língua Portuguesa

Para retomar o percurso realizado e falar sobre a Etapa Semifinal, a Olimpíada realizará o seu quinto webinário, no dia 17/10.

Curso on-line Nas Tramas do Texto

Inscrições para o curso on-line, gratuito e certificado Nas Tramas do Texto estão abertas. Programe-se e participe!

Relato de Prática: já pegou sua lupa?

Olímpia convida os professores a aprofundarem o olhar acerca das práticas em sala de aula que “merecem lupa”.

WWW.ESCREVENDOOFUTURO.ORG.BR

SRE DE CORONEL FABRICIANO ABRE MATRÍCULA PARA CURSOS DO PROGRAMA FORMAÇÃO PELA ESCOLA


O Programa Formação pela Escola oferecido pelo FNDE está com matrículas abertas para os cursos FUNDEB e Programa Nacional da Alimentação Escolar (PNAE) com turmas em novembro e dezembro de 2019.
Os cursos são totalmente à distância e todos os interessados podem se inscrever através do formulário disponibilizado pelo link abaixo até o dia 20/10/2019.
Leia mais:

FORMAÇÃO PELA ESCOLA

O que é?

O Formação pela Escola (FPE) é um programa de formação continuada, na modalidade a distância, que tem por objetivo contribuir para o fortalecimento da atuação dos agentes e parceiros envolvidos com a execução, o monitoramento, a avaliação, a prestação de contas e o controle social dos programas e ações educacionais financiados pelo FNDE.

A quem se destina?

Destina-se a cidadãos que exerçam funções de gestão, execução, monitoramento, prestação de contas e controle social de recursos orçamentários dos programas e ações financiados pelo FNDE, como profissionais de educação da rede pública de ensino, técnicos, gestores públicos estaduais, municipais e escolares, membros do comitê local do Plano de Ações Articuladas (PAR) e dos conselhos de controle social da educação (Conselho Municipal de Educação – CMM; Conselho Escolar – CE; Conselho de Alimentação Escolar – CAE; Conselho de Acompanhamento e Controle Social do Fundeb – CACS/Fundeb) que atuem no segmento da educação básica e qualquer cidadão que tenha interesse em conhecer as ações e os programas do FNDE.

Fonte: FNDE

PRÊMIOS E CONCURSOS


Capturar 2

CONCURSO DE REDAÇÃO DA DEFENSORIA PÚBLICA DA UNIÃO

concurso

Inscrições deverão ser feitas no site www.concursoderedacao.dpu.def.br.

Confira aqui o edital completo

Capturar 2

EDITAL DOCE – PROJETOS DE TURISMO, CULTURA, ESPORTE E LAZER EM MINAS GERAIS

edital doce

O Edital Doce MG abrange 36 municípios de Minas Gerais: Aimorés, Alpercata, Barra Longa, Belo Oriente, Bom Jesus do Galho, Bugre, Caratinga, Conselheiro Pena, Córrego Novo, Dionísio, Fernandes Tourinho, Galiléia, Governador Valadares, Iapu, Ipaba, Ipatinga, Itueta, Mariana, Marliéria, Naque, Periquito, Pingo d’água, Ponte Nova, Raul Soares, Resplendor, Rio Casca, Rio Doce, Santa Cruz do Escalvado, Santana do Paraíso, São Domingos do Prata, São José do Goiabal, São Pedro dos Ferros, Sem Peixe, Sobrália, Timóteo, Tumiritinga.

Inscrições podem ser feitas até o dia 8/11.

Clique para acessar o edital completo: https://www.fundacaorenova.org/paineis/edital-doce-mg/

Capturar 2

PRÊMIO PROFESSOR TRANSFORMADOR

PREMIO PROFESSOR TRANSFORMADOR

Inscrições vão até o dia 22 de novembro e podem ser feitas neste link.

Informações: https://base2edu.com/premiobett/

Capturar 2

PRÊMIO “AMOR PELO BRASIL”

Capturar

Inscrições podem ser feitas neste link até o dia 12 de novembro de 2019.

Para outras informações, clique aqui.

Capturar 2

 

PORTAL ESCREVENDO O FUTURO – BANCO ACADÊMICO


 

Banco Acadêmico

Banco Acadêmico é uma seção do Portal que reúne trabalhos elaborados por pesquisadores de todo o país, com foco no acervo do Programa Escrevendo o Futuro.

➜ Saiba mais


Mia Couto: contar histórias para tomar posse do mundo

O escritor moçambicano fala sobre sua escrita, movimentos de resistência e a importância dos jovens contarem suas próprias histórias.

“Tatuagem para todos”

Leia a crônica “Tatuagem para todos”, publicada no livro Uma estranha na cidade, da escritora gaúcha Carol Bensimon.

Relato de Prática: hora dos escritos docentes!

Nesta semana, Olímpia dá destaque ao gênero que anuncia e valoriza a “voz docente”: o relato de prática!

WWW.ESCREVENDOOFUTURO.ORG.BR

Este Blog é destinado a todos os educadores envolvidos no trabalho pedagógico em escolas de educação básica: analistas educacionais, pesquisadores, diretores, pedagogos, professores e estudantes. A intenção é utilizar este espaço para disseminação de notícias, artigos, textos, experiências e discussão de temas relevantes relacionados à prática educativa.