Arquivo da tag: Ensino Superior

Capes disponibiliza plataforma para cadastro de professores interessados em cursar licenciatura


A Plataforma Capes de Educação Básica estará aberta até o dia 31 de janeiro de 2020, para que os docentes em exercício nas redes públicas manifestem seu interesse em cursar licenciatura na área em que atuam. Continuar lendo Capes disponibiliza plataforma para cadastro de professores interessados em cursar licenciatura

MEC REGULAMENTA REGISTRO E EMISSÃO DE DIPLOMA DIGITAL


O Ministério da Educação publicou em 12/03/2019 a Portaria nº 554, que regulamenta o registro e a emissão de diploma digital pelas instituições de ensino superior que compõem o Sistema Federal de Ensino. Esta é a segunda portaria que trata sobre o diploma digital e visa proporcionar às mais de 2,4 mil instituições o passo a passo para implementar o novo formato. Continuar lendo MEC REGULAMENTA REGISTRO E EMISSÃO DE DIPLOMA DIGITAL

Capes oferta mais de 60 mil bolsas para formação de professores da educação básica


Maior parte das vagas é voltada para alfabetização, biologia, ciências, física, língua portuguesa, matemática e química

Para melhorar a qualidade da educação brasileira, uma das prioridades do Ministério da Educação (MEC) neste ano é a capacitação de docentes. Por este motivo, a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) publicou nesta segunda-feira, 6 de janeiro, no Diário Oficial da União (DOU), dois editais que ofertam mais de 60 mil bolsas para a formação de professores da educação básica.

O primeiro edital oferece bolsas para o programa Residência Pedagógica, ação que integra a Política Nacional de Formação de Professores e promove a vivência prática dos formandos dentro da sala de aula na segunda metade do curso de licenciatura. Já o segundo edital refere-se ao Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID), direcionado à primeira metade do curso.

Cada programa oferecerá 30.096 bolsas para até 250 instituições de ensino superior, com duração de até 18 meses, sendo um mínimo de 60% delas voltadas para as áreas consideradas prioritárias: alfabetização, biologia, ciências, física, língua portuguesa, matemática e química.

O prazo para cadastro dos projetos cada instituição de ensino superior se encerra em 2 de março e pode ser feito por meio da plataforma da Capes. O resultado final da seleção será divulgado até 10 de abril e o início das atividades se dará no dia 14 do mesmo mês.

Na avaliação do presidente da Capes, Anderson Correia, a medida visa à melhoria significativa do desempenho dos estudantes nas avaliações dos próximos anos. “O professor é o elo vital da formação das crianças e adolescentes no país. Um professor bem formado, motivado, capacitado, qualificado, certamente terá um impacto muito grande na vida dos estudantes brasileiros”, disse.

O investimento na formação de professores deve contribuir para a melhoria do desempenho dos estudantes no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), calculado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). O indicador é produzido com base nas informações de duas fontes, o Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb), por meio de prova e questionário aplicados a cada dois anos, e o Censo Escolar, respondido anualmente por todas as escolas do país.

A oferta das vagas foi anunciada pelo presidente da Capes, em 12 de dezembro do ano passado, na sede da Coordenação, em Brasília.

Assessoria de Comunicação, com informações da Capes

http://portal.mec.gov.br

Prazo para recurso à negativa de isenção da taxa é sexta-feira, 26


Quem teve a solicitação de isenção da taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 reprovada terá uma segunda chance, prevista no Edital do Enem. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) recebe até 23h59 (horário de Brasília) desta sexta-feira, 26, recursos relacionados à isenção. Quem fez a solicitação e ainda não conferiu o resultado deve acessar a Página do Participante.

Os recursos devem ser feitos pelo Sistema Enem. É necessário incluir os documentos listados no anexo 3 do edital. Os documentos são aceitos nos formatos PDF, PNG ou JPG, com o tamanho máximo de 2Mb. Os resultados dos recursos serão divulgados em 2 de maio. O Inep alerta que todos os interessados em participar do Enem 2019, isentos ou não, devem voltar ao Sistema Enem entre 6 e 17 de maio para fazer a inscrição. As provas serão aplicadas em 3 e 10 de novembro. Continuar lendo Prazo para recurso à negativa de isenção da taxa é sexta-feira, 26

Solicitação de isenção e justificativa de ausência abertas hoje


Quem tem direito à gratuidade no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) precisa ficar atento ao cronograma porque a solicitação de isenção da taxa de inscrição já começa hoje, 1 de abril. Para ter direito à gratuidade é preciso cumprir os requisitos e formalizar a solicitação no Sistema Enem, entre 1 e 10 de abril.

Três perfis não pagam a taxa de inscrição. São eles:

  • quem está cursando a última série do ensino médio, em 2019, em escola da rede pública declarada ao Censo Escolar;
  • quem cursou todo o ensino médio na rede pública ou como bolsista integral na rede privada e, concomitantemente, tem renda igual ou menor que um salário mínimo e meio, por pessoa;
  • quem está em situação de vulnerabilidade socioeconômica por ser membro de família de baixa renda que tenha Número de Identificação Social (NIS), único e válido, além de ter renda familiar por pessoa de até meio salário mínimo ou renda familiar mensal de até três salários mínimos.

Justificativa de ausência – Quem estava isento no Enem 2018, faltou aos dois dias de prova e quer isenção também em 2019 precisa cumprir uma etapa a mais. Além da solicitação de isenção é preciso fazer a justificativa de ausência, também pelo Sistema Enem. O período é o mesmo: 1 a 10 de abril. Os documentos aceitos para justificativa de ausência variam de acordo com a causa: acidentes, mortes na família, internação, trabalho, entre outros. A relação dos  documentos aceitos para justificativa de ausência é o anexo II do Edital do Enem. Não serão aceitos documentos autodeclaratórios, emitidos pelo, pais ou responsáveis.

Fonte: INEP (editado)

Campus do IFMG em Ipatinga será inaugurado em julho


A instituição vai abrigar cursos técnicos e superiores gratuitos O campus avançado do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais (IFMG), em Ipatinga, será inaugurado no início de julho. A instituição vai abrigar cursos técnicos e superiores gratuitos. A informação foi confirmada em um encontro na tarde dessa terça-feira (26) entre o prefeito de Ipatinga, Nardyello Rocha (MDB) e o diretor e o vice da instituição no município, Alex de Andrade Fernandes e Márcio Takeshi, respectivamente. A data exata para a cerimônia ainda será confirmada.

Funcionando provisoriamente nas dependências da Estação Qualifica, no centro, o IFMG vai funcionar em definitivo na antiga Escola Getúlio Vargas, no Morro do Sossego, entre os bairros Veneza I e Veneza II. O prédio foi reformado com verbas viabilizadas por meio de emendas do deputado federal, Leonardo Quintão, e conta com dois pavimentos com capacidade para abrigar até 1.400 alunos. No primeiro piso, são 14 salas administrativas, oito salas de laboratório, uma biblioteca, auditório, área de copa/cozinha, quatro banheiros e uma lanchonete. O segundo piso tem ainda três salas administrativas, 14 salas de aulas, cinco laboratórios e dois banheiros. A área externa do campus avançado, onde está implantada a subestação de energia, oferece ainda uma quadra poliesportiva e estacionamento para até 120 veículos.

Atualmente, já são 85 estudantes matriculados em Ipatinga no curso de graduação em Engenharia Elétrica, sendo mais de 80% deles originários do próprio município. Outros 150 alunos cursam gratuitamente a formação técnica em Mecânica, Segurança do Trabalho e Eletrotécnica, sendo que 80 deles estão sendo diplomados neste primeiro semestre.

Formas de ingresso

O ingresso nos cursos superiores do IFMG se dá por meio da nota do ENEM ou via Sistema de Seleção Unificado (Sisu). Para utilizar a nota do ENEM, o candidato deve ter feito o Exame em 2015, 2016 ou 2017. Os novos processos seletivos acontecem no segundo semestre, em datas ainda a serem definidas. Para os cursos técnicos – integrados ou subsequentes – há prova objetiva para acesso.

Fonte: Diário do Aço

 

Termina hoje o prazo de inscrições para o Sisu


Hoje (15) é o último dia para participar do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Nesta edição, o programa oferece 57.271 vagas em 68 instituições públicas de ensino superior em todo o país. Pode concorrer às vagas quem fez o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2017 e obteve nota acima de zero na redação.

As inscrições são feitas apenas pela internet. O sistema fica aberto até as 23 horas e 59 minutos, no horário de Brasília.

Ao entrar no sistema, o candidato deverá escolher, por ordem de preferência, até duas opções de curso entre as vagas ofertadas. É possível alterar essas opções durante todo o período de inscrição. A última modificação confirmada é a considerada válida.

Hoje também os estudantes podem consultar a última divulgação das notas de corte, ou seja, a nota mínima para ingressar no curso, na modalidade pleiteada. Para calcular a nota de corte dos cursos, por modalidade de concorrência, o Sisu considera o número de vagas disponíveis e o de inscritos até ontem (14). O Ministério da Educação alerta que a nota de corte é, portanto, apenas uma referência e não assegura a classificação final.

As vagas serão oferecidas em oito instituições públicas estaduais, uma faculdade pública municipal e 59 instituições públicas federais, com dois centros de Educação Tecnológica, 27 institutos federais de Educação, Ciência e Tecnologia e 30 universidades.

O resultado da chamada regular está previsto para o dia 18 de junho. O período de matrícula vai de 22 a 28 de junho e o prazo para participar da lista de espera é de 22 a 27 de junho.

Edição: Graça Adjuto
Agência Brasil

IFMG divulga edital para ingresso no curso de Engenharia Elétrica


A Comissão de Apoio à Organização do Exame de Seleção do Instituto Federal de Minas Gerais – IFMG – Campus Avançado Ipatinga, divulga o Processo de Seleção de alunos para o curso de Graduação em Engenharia Elétrica, 1º Semestre de 2018:
 
 

As inscrições para concorrer a uma vaga vão até 20 de outubro de 2017 e podem ser feitas, exclusivamente, pelo site: www.ifmg.edu.br. A taxa é de R$ 20 reais.

Curso superior ofertado em Ipatinga:

Engenharia Elétrica – 35 vagas – Integral

Rede IFMG

Somando as vagas de todos os campi do IFMG, estão sendo ofertadas 4,3 mil vagas, sendo cerca de 2,5 mil para cursos técnicos e 1,8 mil para graduação.

Confira todos os detalhes do processo seletivo 2018

A novidade desta seletiva é o lançamento de um edital geral, que dita as normas comuns ao processo como um todo, e dois editais complementares: um para cursos técnicos, outro para superiores.

Formas de ingresso

Assim como ocorreu no último processo seletivo, o ingresso nos cursos superiores se dará por meio da nota do ENEM ou via Sistema de Seleção Unificado (Sisu). Para utilizar a nota do ENEM, o candidato deverá ter feito o Exame em pelo menos um dos seguintes anos: 201720162015.

Para os cursos técnicos – integrados ou subsequentes – haverá prova objetiva, prevista para acontecer no dia 19 de novembro.

Veja informações completas nos editais: 

• Edital geral – nº 91/2017 (divulgado em 15/9/2017)
• Edital Cursos Técnicos – nº 92/2017 (divulgado em 20/9/2017)
 Edital Cursos Superiores – nº 93/2017 (divulgado em 20/9/2017)

Inep assina acordo com mais duas instituições de ensino portuguesas


Mais duas instituições de ensino superior portuguesas firmaram convênio com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) para uso dos resultados do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) na seleção de estudantes brasileiros. Por meio de correspondências oficiais remotas, o acordo foi assinado pela Universidade Portucalense e o Instituto Universitário da Maia (Ismai).

Com as novas instituições, o Inep completa 26 convênios firmados, 50% deles na atual gestão. Além da possibilidade de assinatura remota, inaugurada em 2016 –, ano até o qual só havia a oficialização presencial –, a permissão de acordos com instituições particulares de ensino superior também impulsionou as parcerias. O primeiro acordo interinstitucional foi celebrado em 2014, com a Universidade de Coimbra.

Como funciona – Em junho, o Inep participou de uma missão oficial a Portugal para visitar algumas instituições conveniadas. O próximo passo é um mapeamento dos estudantes brasileiros que estudam naquele país a partir das notas do Enem, já utilizadas por muitas instituições portuguesas de ensino superior.

O que vem ocorrendo é um movimento de oficialização e institucionalização dessas parcerias. Cada instituição de ensino superior define qual será a nota de corte para acesso aos seus cursos. Com o acordo, as instituições acionam o Inep para conferência dos resultados dos brasileiros que submetem suas avaliações do Enem com vistas à obtenção de uma vaga.

Veja, na página do Inep, a relação das instituições portuguesas conveniadas.

 Assessoria de Comunicação Social do MEC, com informações do Inep 

Divulgada lista de pré-selecionados para o segundo semestre, com 75 mil novas vagas


A relação dos pré-selecionados na chamada regular do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para o segundo semestre de 2017 já está disponível, podendo ser consultada pelos estudantes na página do Fies Seleção na internet. No total, são oferecidas 75 mil novas vagas àqueles que procuram um financiamento para cursar o ensino superior em instituições de ensino privadas.

A divulgação dos pré-selecionados ocorreu nesta segunda-feira, 31, quando também foi aberta a lista de espera para preenchimento de vagas remanescentes, na qual estão, automaticamente incluídos, os candidatos que não figurarem nesta primeira lista de pré-selecionados. Foram registradas 224.231 inscrições.

Os candidatos que tiverem o nome listado na chamada regular devem concluir a inscrição na página eletrônica do SisFies entre os dias 1º e 7 de agosto. Depois disso é necessário que ele valide as informações junto à Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) da instituição de ensino em até 10 dias, contados a partir do dia seguinte ao da conclusão da inscrição.

Também deve comparecer a um agente financeiro do Fies em até 10 dias, contados a partir do terceiro dia útil seguinte à data da validação das informações. Já a convocação dos alunos que manifestarem interesse em participar da lista de espera ocorrerá de 1º de agosto a 3 de setembro, e o período de inscrições para as vagas remanescentes começa em 11 de setembro.

Com a oferta desta edição do programa, o Fies atingiu 300 mil vagas abertas desde maio de 2016. A partir de 2018, o Novo Fies será dividido em três modalidades, garantindo, ao todo, 310 mil vagas, das quais 100 mil a juros zero, para estudantes com renda mensal familiar per capita de até três salários mínimos.

Os recursos serão alocados da União, de fundos constitucionais regionais e de recursos o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), além dos fundos regionais de desenvolvimento das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

Uma medida provisória foi enviada ao Congresso Nacional para garantir a alteração no modelo do Fies. O texto preza, principalmente, por evitar a descontinuidade do programa e riscos fiscais e operacionais, bem como garantir as medidas preparatórias para adesão dos bancos, constituir um novo fundo garantidor e criar novos sistemas de tecnologia da informação para a seleção e o financiamento.

Acesse a página do Fies Seleção para consultar a relação dos candidatos pré-selecionados.

Acesse a página do SisFies para concluir a inscrição.

Assessoria de Comunicação Social do MEC

UFJF recebe inscrições para especialização a distância em Mídias na Educação


São 210 vagas ofertadas e os interessados podem se inscrever até o dia 20/07

Os candidatos interessados em cursar a especialização em Mídias na Educação, na Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), por meio do Centro de Educação a Distância (CEAD), podem se inscrever para o processo seletivo até o dia 20 deste mês. O edital para o curso, na modalidade a distância, prevê 210 vagas, distribuídas nos polos da Universidade Aberta do Brasil (UAB), vinculados à UFJF, em Juiz de Fora (110), Governador Valadares (50), Lavras (25) e Cataguases (25).

O curso em pauta objetiva a formação continuada, prioritariamente para docentes, podendo atender outros profissionais ligados à educação, oportunizando o conhecimento e a aplicabilidade das mídias na educação. O candidato deve ter diploma de curso superior reconhecido pelo MEC, ser capaz de avaliar a contribuição de cada mídia para a aprendizagem autônoma e interessado em implantar, ampliar e fortalecer projetos de formação docente que tenham como alvo o uso articulado das mídias.

O candidato deverá obter o Formulário de Inscrição no site do CEAD/UFJF, seção Editais, clicando no link próprio referente ao Edital, e preencher todos os dados solicitados. Em seguida, deverá imprimir o formulário de inscrição, que é gerado a partir da conclusão da inscrição, datá-lo e assiná-lo. Com a documentação organizada de acordo com a orientação prevista no Formulário de Inscrição, o candidato deverá encaminhá-la pelos Correios ao CEAD, exclusivamente via SEDEX, com identificação elaborada conforme especificado no edital.

A seleção dos candidatos será realizada por uma banca, formada por três membros indicados pela Coordenação do Curso. O processo seletivo será desenvolvido por meio da análise curricular e da avaliação da Carta de Intenção, no valor de 40 e 60 pontos, respectivamente.

A divulgação do resultado parcial dos candidatos ao curso será feita pelo site do CEAD, no dia 7 de agosto, a partir das 17h.  No caso de recurso, deverá o mesmo ser encaminhado no dia 8, de 8h às 14h, para o e-mail da coordenação do curso (midiasnaeducacao.ufjfuab@gmail.com).

Edital: http://www.cead.ufjf.br/wp-content/uploads/2017/06/www.cead.ufjf.br-edital-16-2017-mi%CC%81dias-final.pdf

Inscrições: http://sistemascead.ufjf.br/proceg/inscricao/editaiscorrentes.zul

Link Cead/UFJF: http://www.cead.ufjf.br/edital/ceadufjf-publica-edital-de-selecao-de-alunos-para-especializacao-em-midias-na-educacao/

Fonte: http://www.educacao.mg.gov.br

UFJF abre seleção para 652 vagas em cursos gratuitos de graduação a distância; inscrições se encerram hoje (23)


As vagas são para os cursos de Licenciatura em Computação, Licenciatura em Educação Física, Licenciatura em Matemática e Licenciatura em Pedagogia da UFJF

A Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) está com inscrições abertas até hoje, 23 de junho, para o processo de seletivo dos cursos de graduação a distância. São oferecidas, no total, 652 vagas, distribuídas nos cursos de Licenciatura em Computação, Licenciatura em Educação Física, Licenciatura em Matemática e Licenciatura em Pedagogia. As atividades de apoio presencial serão realizadas em 13 polos da Universidade Aberta do Brasil (UAB).

Os interessados em participar do processo seletivo devem ler, com atenção, todas as informações do edital. Em seguida, inscrever-se, até às 15h do dia 23, por este link. Após o preenchimento do formulário, os candidatos deverão imprimir a Guia de Recolhimento da União (GRU) correspondente à taxa de inscrição, no valor de R$ 100,00, e efetuar o pagamento exclusivamente no Banco do Brasil. O comprovante definitivo de inscrição pode ser impresso a partir das 15 h do dia 11 de julho de 2017, no site da COPESE.

Os interessados poderão optar por duas modalidades de ingresso – processo seletivo de srovas, concorrendo a proporção de 70% do total das vagas ou, então, aproveitamento da pontuação obtida nas edições 2016/2015 do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), concorrendo a proporção de 30% do total das vagas.

De acordo com o edital, o candidato concorre apenas às vagas destinadas ao curso e ao polo para o qual originariamente tenha se cadastrado. Além disso, não é permitido se inscrever em ambas modalidades de seleção e em mais de um curso/polo. As aulas presenciais ocorrerão nos polos Bicas, Boa Esperança, Cataguases, Conselheiro Lafaiete, Governador Valadares, Ilicínea, Juiz de Fora, Lagoa Santa, Santa Rita de Caldas, Sete Lagoas, Timóteo, Tiradentes e Ubá.

O exame será realizado no dia 16 de julho, nas cidades de Juiz de Fora, Governador Valadares, Boa Esperança e Sete Lagoas. As provas serão realizadas em um único dia, nos horários de 9h às 12 h (primeira prova presencial) e de 14h às 18h (segunda prova presencial), exclusivamente na cidade para a qual o interessado se inscrever, em locais a serem divulgados no comprovante definitivo de inscrição.

Resultado

O gabarito das provas objetivas sai às 9h do dia 17 de julho, no endereço http://www.ufjf.br/copese. No dia 31 de julho, a partir das 15h, será divulgado no mesmo endereço, o resultado final da seleção. Mais informações pelos telefones (32) 2102-3738 ou (32) 2102-3755.

Fonte: http://www.educacao.mg.gov.br